Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
WMTI -Tecnologia da Informação



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

08/12/2010 | Voz da Arquibancada
Cruzeiro perdeu o título por ter ataque ruim

Por Álbano Silveira Machado

No campeonato brasileiro, que terminou neste domingo, o time do Cruzeiro mostrou ser um dos mais consistentes na defesa e no meio de campo. Porém, o ataque é uma lástima. Por falta de um ou dois atacantes para concluirem as jogadas o Cruzeiro perdeu o campeonato. A atuação das arbitragens atrapalhou, mas era o esperado. Este é um fator que está sempre presente.

O time terminou o Brasileirão como vice-campeão, com 69 pontos, 20 vitórias, 9 empates, 9 derrotas, 53 gols marcados contra 38 sofridos, com saldo de 15 gols. Teve um aproveitamento de 61% dos pontos em 38 jogos.

É a segunda defesa menos vazada, com 38 gols, perdendo apenas para o Fluminense que levou 36. Porém, é o 7º ataque mais positivo, com 53 gols, com 1,4 gol por partida, ficando atrás de todos os times no topo da tabela.

Nas estatísticas, mostra-se este principal defeito. É o time que marcou 15 gols de cabeça, estando em primeiro lugar. É também o primeiro em cruzamentos, com 24,9 por jogo, em média. Mas, temos poucos atacantes cabeceadores. Só de escanteio foram 9 gols, sendo a maioria de cabeça, porém muitos foram de zagueiros ou meiocampistas.

O Cruzeiro perdeu muitos gols, pois é o 3º em assistência, com 3,9 por jogo. Ocupa o 2º lugar em impedimentos por jogo 2,6. Isso mostra que cria-se muitas oportunidades de gols mas os atacantes pouco convertem.

Tem o Montillo como principal garçom com 1,3 por jogo. Como também é o argentino que mais cruza bolas na área. São 11,7 chuveirinhos por jogo. Quando Montillo cai de rendimento a equipe celeste tem dificuldades em marcar.

Os atacantes são ruins para marcar gols. São 13,2 finalizações por jogo. Mas a grande maioria dos resultados dos jogos foi de diferença mínima. De 20 vitórias, 14 foram por uma diferença de 1 gol; 5 por diferença de 2 gols; e apenas uma vitória por diferença de 3 gols. Somente em um jogo, contra o Guarani, marcou 4 gols; em quatro jogos marcou 3 gols; em 12 jogos marcou 2 gols; em 13 jogos marcou 1 gol apenas; e em 8 jogos não marcou nada.

Os principais artilheiros foram: Tiago Ribeiro com 8 gols: Montillo e Welington Paulista com 7; Henrique e Roger, com 4; Wallison, Farias e Robert, com 3. Os outros 14 gols foram de zagueiros ou jogadores do meiocampo.

O time do Cruzeiro teve pouca consistência em toda a disputa. Ficou poucas vezes na liderança. Quando a alcançou, caiu de rendimento, tendo perdido 3 partidas em 4 disputadas.

Não adianta dizer que perdeu-se o campeonato por perda do jogo contra o Corinthians ou Atlético Mineiro. Se merecia ganhar do nosso principal adversário no segundo turno, porque foi melhor, poderia não ter ganhado no primeiro turno, porque foi muito pior que o Atlético.

O Cruzeiro perdeu pontos preciosos para times rebaixados ou quase isso. Em casa, perdeu para o Vitória, em Ipatinga, e empatou com o Grêmio Prudente e Avaí.

Portanto, o Cruzeiro deixou de ser campeão porque não tem atacante nem mais ou menos. Tiago Ribeiro é mais criador de jogadas de gol do que artilheiro, mas cumpriu um papel de marcar gols que era tarefa principal de outros atacantes.

Para entrar na Taça Libertadores com condições de ganhá-la o Cruzeiro precisa manter a maioria de jogadores do elenco e contratar um ou dois goleadores. Senão, será mais um sonho em vão.

Álbano Silveira Machado

(*) Informações extraídas da Folha de S.Paulo e do site de estatísticas em futebol Infobola.

Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 JOAO COSTA | BRASILIA | 08-12-10 17h06min
Caro Álbano, contra números não há argumentos, portanto não campeonamos porque fizemos menos pontos que o Flu. Não adianta chorar sobre o leite derramado, etc,etc. Nosso ataque é ruim, não há dúvida, e isso no cômputo geral fez a diferença.Mas, na minha opinião, perdemos o campeonato no jogo contra as frangas, jogo em que fizemos 3 gols. Ocorre que levamos 4, e de um time, àquela altura, rebaixado, de moral baixa e em crise. Pior, levamos 3 gols de um pereba chamado Obina.
 Jorge Schulman | Belo Horizonte | 08-12-10 21h36min
João Costa:
Absolutamente de acordo com sua análise e acredito que Cuca, quando percebeu que W.Paulista estava PÉSSIMO DOS PÉSSIMOS, jogando com o apoio da mídia mais do que com suas virtudes, já era tarde demais. Acredito que um problema coadjuvante foi ter dado as oportunidades para o Robert, imagino que devido a pressões internas e de empresário, e deixar no banco a Farias (e confessemos que teve pouquíssimas chances)já que privilegiar o ex porco era verdadeira piada de mau gosto.
 BrunoBarros | Brasília | 09-12-10 09h10min
Albano, também acho que não exsite essa de perder o título em determinado jogo. Isso não existe. Perdemos pontos bobos, como todos os outros times, inclusive o campeão Flu, também perderam. Tenho a opinião que fomos muito prejudicados em jogos-chave, contra o Grêmio, contra o Corinthians, mas isso já é outra história. O mais importante desse levantamento é que ele aponta pra nossa principal carência, a de um goleador nato. E é nisso que a Diretoria tem que focar.
 TonyBSB | Brasília | 09-12-10 14h58min
Acho que o Rafael Moura poderia ser um desses dois atacantes que devem estar chegando.
 JOAO COSTA | BRASILIA | 09-12-10 17h01min
Caro hermano, Jorgito, concordo plenamente contigo que o Farias não teve sequência de jogos necessários para um entrosamento com o Montillo e WRibeiro, que o faria ganhar confiança e ritmo de campeonato. O WPaulista não conseguiu, neste ano, repetir suas melhores performançes do ano passado, se apresentando mal física e tecnicamente. Já o Robert é uma piada de muitíssimo mau gosto. Saudações Celestes!
 fireman | Rio de Janeiro | 10-12-10 21h37min
Caro colunista, acho injusto atribuir a não conquista do título apenas ao ataque (até porque na minha opinião temos um bom ataque). Portanto, para reflexão: 1) na reta final o Flunimed contou com a colaboração do São Paulo e do Palmeiras que entregaram seus jogos de forma vexatória; 2) o Cruzeiro começou o campeonato disputando a Libertadores (posso estar equivocado, mas acho que na era de pontos corridos só o Santos foi campeão brasileiro no mesmo ano em que disputou uma Libertadores); 3)...
 fireman | Rio de Janeiro | 10-12-10 21h50min
cont. 3) o Cruzeiro jogou fora da sua sede ao contrário dos demais; 4) arbitragens tendenciosas; 5) mudamos de técnico durante o campeonato e o Cuca pegou o navio em pleno naufrágio. Não sei o motivo (talvez a disputa simultânea da Libertadores/Brasileiro), mas nos últimos anos temos começado mal o brasileiro e recuperamos após o término da Libertadores. Contudo, os tropeços do início do campeonato estão dificultando a conquista do título.
 banu.jequitinhonha | Não definido | 14-12-10 22h46min
Amigos azul-celestes, esperei alguns comentários para fazer outras intervenções além das do artigo. Não há uma intenção em culpar um ou outro jogador. Futebol é jogo coletivo e assim deve ser entendido. Porém, os setores é que são destacados. Não é uma coisa estática, mas a organização do time em campo, segue a lógica de defesa, meio de campo e ataque, embora estas funções, a todo momento, se misturam, se confundem ou se integram. Afinal, quem ataca também marca e defende, e vice-versa.
 banu.jequitinhonha | Não definido | 14-12-10 22h53min
Elaborei e publiquei este artigo para demonstrar que temos um setor do campo bem fragilizado. Nominei os homens considerados do ataque e questionei se eles cumpriram seu papel. E isso é uma quase unanimidade entre ois cruzeirenses. Estão aí os números que não deixam margem para engano. Não pretendo culpabilizar o Welington Paulista, embora seja o nome mais salientado como atacante e matador. Ele jogou muitas partidas e marcou poucos gols. Perdeu chances de gols que goleador não costuma perder.
 banu.jequitinhonha | Não definido | 14-12-10 23h14min
Tiago Ribeiro, Welington Paulista,Wallison, Farias e Robert são nossos atacantes que têm atribuições, embora não exclusiva, de marcar gols. Juntando todos não marcaram a metade. E mais: perderam oportunidades muitas criadas pelo meio de campo e defesa. Comparando: acredito na defesa de Fábio três vezes mais em jogadas de grande perigo dos nossos adversários do que na conclusão de gol dos nossos atacantes, na situação de cara a car
 banu.jequitinhonha | Não definido | 14-12-10 23h19min
Tiago Ribeiro, Welington Paulista, Wallison, Farias e Robert, nossos atacantes, marcaram menos da metade dos gols do Cruzeiro, no Brasileirão. Não cumpriram com suas obrigações. Confio três vezes mais nas defesas do Fábio quando ele se encontra cara a cara com atacantes adversários. Queria ter uma confiança próxima disso com nossos atacantes. Infelizmente, é o inverso. A possibilidade de gol passa a ser uma sorte ou torcida para o zagueiro adversário não chegar junto ou o goleiro não pegar.
 banu.jequitinhonha | Não definido | 14-12-10 23h22min
É isso: o atual ataque do Cruzeiro deixa a torcida em um ataque de nervos. Não dá pra confiar quando depende dos atacantes para decidir uma partida. Repito: sem querer culpabilizar ninguém,mas todo um setor da equipe. Em tempo: sou o mesmo Álbano Silveira Machado, morador do Vale do Jequitinhonha, no nordeste de Minas.
 marcelomm | Não definido | 16-12-10 13h42min
Prezado Albano, porque ninguém para para analisar as incríveis falhas do nosso Goleiro Fábio, já que você gosta de estatisticas vamos analisar apenas uma: desde que o Fábio assuniu o gol do cruzeiro não ganhamos mais nada a não ser campeonato mineiro. Ele treme diante do Galo, tomamos 04 gols, fazemos 03 e a culpa é do nosso ataque que é fraco?!?!?! vamos ser justos!!! o Fábio não passa segurança para o time, nunca é decisivo... qual titulo importante ele já ganhou no Cruzeiro. Fora Fábio!!!!!!
 banu.jequitinhonha | Não definido | 16-12-10 16h27min
Fábio não ganhou nenhum título sozinho, mas deixou de ganhar muitos, inclusive o Brasileiro deste ano, por falta de competência de seus companheiros. Se Fábio é ruim assim, como ele conseguiu derrotar todos os seus concorrentes como o melhor goleiro do Brasileiro 2010? E olhe que tinha os concorrentes do eixo: Jeferson, Ceni e outros menos cotados.....
 JOAO COSTA | BRASILIA | 16-12-10 17h32min
Caro Marcelomm, me desculpe, mas vc deve ter comido cogumelo silvestre. Cara, o Fábio é uma das 3 ou 4 unanimidades desse atual elenco. È o atleta mais efetivo em termos de produção, nos salvou em N oportunidades e é, sem sombra de dúvidas, o melhor goleiro em atividade no Brasil. Ganhar títulos só fará dele um goleiro premiado, nada mais. O Adriano Gabirú fez o gol do título mundial do Inter, isso o tornou um craque? Claro que vc sabe a resposta.
 banu.jequitinhonha | Não definido | 17-12-10 13h11min
Lincoln, não é irresponsabilidade colocar opiniões a partir da análise de dados concretos. Analisei o setor ataque do time. Não acusei nenhum jogador como responsável pela perda do título. Nem nominei um jogo ou outro. Tanto o time quanto o campeonato é formado por um conjunto. Não procurei particularizar. É um processo que dá para apontar áreas deficitárias que, sem sombra, de dúvidas o ataque cruzeirense se destacou negativamente.
 banu.jequitinhonha | Não definido | 17-12-10 13h28min
Condordo com você, Lincoln, quando diz que o Cruzeiro disputou o campeonato cabeça a cabeça. É fato. Alíás, o time foi bem no campeonato, foi quase cheio na analogia do copo. Mas, para encher o copo não podemos tapar a chuva com a peneira porque os buracos do ataque vão vazar. Também é fato. Tanto é que a quase unanimidade dos torcedores e diretoria procuram alternativas para o setor ofensivo. Só busca defensores ou meiocampistas se for repor possíveis saídas.
 banu.jequitinhonha | Não definido | 17-12-10 13h28min
Condordo com você, Lincoln, quando diz que o Cruzeiro disputou o campeonato cabeça a cabeça. É fato. Alíás, o time foi bem no campeonato, foi quase cheio na analogia do copo. Mas, para encher o copo não podemos tapar a chuva com a peneira porque os buracos do ataque vão vazar. Também é fato. Tanto é que a quase unanimidade dos torcedores e diretoria procuram alternativas para o setor ofensivo. Só busca defensores ou meiocampistas se for repor possíveis saídas.
 banu.jequitinhonha | Não definido | 17-12-10 14h04min
Olha outros números da dupla de atacantes dos nossos principais adversários: Grêmio:Jonas 23 gols+André Lima 11 ou 34 gols. Santos: Neymar, 17 gols+Zé Eduardo 10 ou 27 gols. Corinthians: Bruno César 14 gols+Iarley 8 ou 22 gols. Atlético GO: Elias 12 gols+Juninho 9 ou 21 gols. Atlético MG: Obina 12 gols+Tardeli 10 ou 22 gols. Botafogo:Loco Abreu com 11 gols+Herrera 7 ou 18 gols. Fluminense: Washington com 10 gols+Emerson 8 gols ou 18 gols. Cruzeiro:Tiago Ribeiro 8 gols+W.Paulista 7 ou 15gols.
 banu.jequitinhonha | Não definido | 17-12-10 14h08min
Dá para comparar, amigos cruzeirenses? Percebe-se também que os jogadores que chegam de trás que mais marcaram foram Conca, do Flu, com 9 gols, e Motilho, do Cruzeiro, com 7 gols.
 Wanderley - Berilo | Não definido | 18-12-10 11h06min
Bom dia a toda nação sangue AZUL CRUZEIRENSE, não há o que cotestar, o cruzeiro têm hoje o PIOR MATADOR QUE JÁ VESTIU A CAMISA 9 CRUZEIRENSE, ESSE TAL PAULISTA... ELE É HORRORRIVÉL É DE MATAR QUALQUER CRUZEIRENSE DE RAIVA TANTO A SUA INCAPACIDADE, SE OS PERRELAS NÃO CONTRATAR ATACANTES DE VERDADE VAMOS FICAR SOFRENDO MAIS UM ANO COM ISSO QUE ELES CHAMAM DE MATADOR, SÓ SE FOR DE RAIVA, QUE NO MAIS ELE SÓ SABE FICAR DEITADO CURTINDO A GRAMA O TEMPO TODO. CHÔ PAULISTA...
 estrelado campeão | Ubá  | 20-12-10 14h43min
Albano, em momento algum considero sua coluna irresponsável. Simplesmente é um ponto de vista. E de certa forma com embasamento numéricos. E contra os números é dificil contrapormos. Conclusões podem ser tirados por insanos ou dotados de super QI. O que é lamentável é colegas se colocarem como donos da verdade e acharem que todos devemos perder o espírito crítico. Uma coisa é torcer para o Cruzeiro, outra coisa é distorcer os fatos. Temos o direito de termos bons atacantes. Acorda galera.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
23/11 - 21h14 [2 coment.]
Cruzeiro vence rival e é campeão da Supercopa Sub 20 do Brasil 

23/11 - 10h51 [7 coment.]
Blog denuncia Itair e Ângelo Pimentel por receber dinheiro de jogador 

22/11 - 20h26 [5 coment.]
Vicintin: As cobranças de conselheiros, contratações e dívida 

22/11 - 20h00 [1 coment.]
Conselheiros pedem comissão para investigar gestão de Gilvan Tavares 

21/11 - 20h54 [1 coment.]
Léo protagoniza lançamento do livro ´A Quinta Estrela` sobre CopaBr 

21/11 - 20h38 [2 coment.]
Ex-diretor diz que Gilvan sabia das negociações com Latorre 

20/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

20/11 - 18h31 [3 coment.]
Cruzeiro esbarra na trave e empata com o Vitória (BA), no Barradão,  

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster