Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

PROMOÇÃO CRUZEIRO.ORG 25 anos - COPA DO BRASIL - FINAL NO MINEIRÃO
Comente no site, Compartilhe no Facebook ou Retuíte as notícias no Cruzeiro.Org e concorra a ingresso na final da Copa do Brasil
Banda Help



Joao Duarte, uma Voz da Velha Guarda Azul
Joao Duarte, engenheiro escreve periodicamente no Cruzeiro.Org

06/08/2010 | Joao Duarte
Em Homenagem a Raul Plasmann

"Pelo TWITTER Raul me revelou que este era um jogo marcante dele no Cruzeiro. Demorou, mas, saiu do forno e da caderneta..."

Mundo Azul,


Conhecendo mais dos craques eternos do Cruzeiro no TWITTER - Durante o ano de 2010 várias coisas bacanas me aconteceram após começar a utilizar com maior frequência o TWITTER. Uma delas foi poder trocar idéias com craques como por exemplo Procópio (o jogo marcante dele foi Cruzeiro 6 x 2 Santos de 1966), Alex10 (citou entre outros o clássico com a vitória de 4 x 2 contra o time do Atlético-MG em 2003) e com Raul (a vitória contra o Boca Jrs. por 1 x 0 nas finais da Libertadores de 1977).
Como tive a chance de ir a Belo Horizonte este último final de semana, procurei até achar algumas anotações que eu havia feito deste jogão.
Vamos relembrá-lo agora, como pagamento de uma promessa feita ao goleiro da minha seleção do Cruzeiro de Todos os Tempos : Raul Guilherme Plasmann, Nelinho, Procópio, Piazza e Sorin; Zé Carlos, Dirceu Lopes, Tostão e Alex10; Palhinha I e Joãozinho. Técnico : Ênio Andrade.


Como foi a decisão da Libertadores de 1977 ? - O Cruzeiro como campeão da Libertadores do ano anterior já estava automaticamente classificado para a fase semifinal do torneio seguinte. Os campeões e vices da Libertadores eram dispostos em 5 grupos de 4 equipes. Os campeões destes grupos se ajuntariam ao Cruzeiro. Assim, o grupo do Cruzeiro nesta 2a. fase teria a Portuguesa de Acarigua na Venezuela (onde jogava Jairzinho, o Furacão da Copa e campeão com o Cruzeiro no ano anterior) e o Internacional de Porto Alegre.
O Cruzeiro abriu a fase ganhando do Inter no Beira-Rio por 1 x 0, depois ganharia da Portuguesa na Venezuela por 4 x 0, garantiria a classificação com um empate contra o Inter no Mineirão por 0 x 0 e fecharia a fase, com um amistoso de luxo contra a Portuguesa quando ganhou por 2 x 1. É bom que se diga que jairzinho trabalhou a nosso favor ao comandar uma goleada estupenda do time venezuelano de 3 x 0 sobre o Inter, em solo bolivariano, como gosta de se referir à Venezuela o presidente Hugo Chavez.
Do outro grupo veio o grande adversário do Cruzeiro naquelas finais : Clube Atlético Boca Jrs..
Como o Cruzeiro se classificara antecipadamente Yustrich (treinador) e Geraldo Moreira foram até Bueno Aires para acompanhar um jogo do Boca Jrs. contra o River Plate pela campeonato argentino daquele ano.
E Yustrich observara que o Boca Jrs. praticava um futebol feio, duro, mas, muito eficiente. Marcava o homem da bola e em cada lugar do campo sempre tinham 2 a 3 jogadores buscando retomar a posse de bola. Era muito eficazes quando retomavam a bola no campo do adversário, quando saíam com muita velocidade, pois, invariavelmente um dos extremas e o centroavante, estavam sempre posicionados no campo do adversário, para chegar ao gol.

O Cruzeiro havia jogado mal na Argentina onde sofreu o gol logo de cara, com 4' de jogo, quando Veglio se aproveitou de uma falha da nosssa defesa e fez 1 x 0. Depois, se valendo do critério de uso de uma só bola na Libertadores (era ítem do regulamento), o time argentino catimbou o jogo todo e o Cruzeiro não conseguiu sair de trás, fez um jogo burocrático e parecia ter se conformado em perder na Argentina.
A lição do jogo de ida fora bem aprendida. O time apático e que pouco agredira o Boca Jrs. em La Bombonera teria que ter outra atitude, se quisesse ainda aspirar a alguma coisa naquela competição.
A característica do Cruzeiro historicamente sempre foi o toque de bola, porém, o Homão (Yustrich) queria ver o time mais competitivo. E a raça azul entrou em campo.
A 20" de partida a bola foi lançada na esquerda e Joãozinho, com fome de beque, dividiu com Pernia, ganhou, foi ao fundo e se não é a intervenção perfeita de Suñé colocaria a bola para Neca abrir o marcador.

O Cruzeiro marcava pressão e adiantava a marcação, mas, errava sempre o último passe. Eli Mendes e Eli carlos não iniciavam bem a partida.
Pelo lado do Boca, quando a bola caia nos pés de Sanábria, sempre o canhoto arrumava confusão para o nosso lado. E aos 13' brilhou pela 1a. vez a estrela amarela do Cruzeiro. O ponta Mastrangelo saiu da direita e penetrou na diagonal, recebeu um bolão de Sanabria e entrou cara a cara com Raul. O goleiro da camisa amarela saiu e fechou o canto. Mastrangelo chutou reto na canto direito baixo e Raul segurou firme. Se desse rebote Veglio estava lá para conferir. Uma defezaça que garantiu o 0 x 0 no placar.

O Boca se defendia bem, com os pontas voltando até o meio e ajudando a marcar os pontas do Cruzeiro. E sabiam trocar passes.
O Cruzeiro pressionava, mas, nervoso errava os lances decisivos.
Eram 21' do 1* tempo quando Eli Mendes conseguiu levar vantagem sobre Tarantini e quase da linha de fundo cruzou rasteiro. Neca desajeitado se jogou na bola e de carrinho empurrou a bola para as redes. Suñé pressionou ao juiz Cézar Orozco (Perú), anulou o lance marcando impedimento do ataque do Cruzeiro. Um descalabro, um disparate, posto que Eli Mendes cruzara do fundo e Neca estava atrás dos beques...

O Cruzeiro ficou abatido com a anulação do gol legalíssimo e por momentos se desconcentrou no jogo. E nesta hora é que aparecem os líderes do time. Aos 23' Zanábria, Felman e Veglio trocaram passes precisos. O centroavante acabou recebendo livre na meia-lua. Virou, adiantou a bola e bateu fortíssimo no ãngulo esquerdo de Raul que se esticou todo e meteu a córner de mão trocada. E recolocou o Cruzeiro no jogo. Raul mostrou que o time teria que lutar ainda mais.


O Cruzeiro continuava a pressionar, mas, as chances não aconteciam em decorrência de jogadas ensaiadas, masi, em função do volume de jogo. O Cruzeiro vendo que pelo meio não estavam tendo sucesso, voltaram a insistir com os pontas especialmente com Joãozinho. E Neca teve chances claras de gol aos 40' quando chutou fraco e deu chances de defesa a Gatti. E de novo, num cruzamento do bailarino da Toca Neca chutou para fora, impressionado com Gatti e sua indefectível faixa apache.
O Cruzeiro ainda chegaria com Eduardo ao arremessar de fora da área, após grande jogada individual e com EliCarlos, já nos descontos da fase inicial, mas, ambos fora do gol.
O Cruzeiro voltou mais pilhado para o campo na etapa final, mas, irritado com a cera dos argentinos que isolavam a bola no fosso o tempo inteiro.
Cada falta os caras ficavam uma eternidade no gramado. A torcida cantava na arquibancada e a charanga de Aldair Pinto não parava de tocar haja vista que a bola ficava a maior parte do tempo no campo do Boca Jrs.
Aos 13' da etapa final Gatti tromba com Neca e faz um teatro danado. Yustrich se aproveitou da paralização e foi até Nelinho, chamou a atenção dele que parecia apático e desligado do jogo, lhe deu um abraço e vaticinou que ele iria fazer o gol. A imprensa mineira doida por uma crise no Cruzeiro disse que o Homão entrara em campo para bater no Nelinho, que não foi verdade.
Raul ainda brilharia espetacularmente uma 3a vez ao defender um chutaço de ortiz que tinha endereço certo. Mas, algo de bom estava reservado para a grande torcida do Cruzeiro que fora a campo e não parara de incentivar o time, o jogo inteiro. O incrível é que os jornais sempre tentavam diminuir os feitos da torcida do Cruzeiro.

Eram 30' da etapa final quando Sanábria, fez uma falta em Eli Mendes na meia direita do ataque cruzeirense, muito longe do gol, na intermediária. Gatti pediu 3 na barreira, os caras colocaram 4 jogadores. Nelinho soltou a bomba, a bola saiu reta como se fosse no ângulo direito de Gatti que se posicionou para fazer a defesa, só que depois de passar pela barreira, a bola começa a descrever a parábola perfeita e foi morrer no ângulo esquerdo de Gatti. Um golaço. Dos mais bonitos gols de falta da história do Mineirão. E Nelinho socou o ar... e a pirâmide de azul se formou em frente ao banco do Cruzeiro. Golaçoaçoaço de Nelinho. Cruzeiro 1 x 0 Boca Jrs.

Aí entrou em cena a experiência do time do Cruzeiro e a torcida azul fez uma festa incrível. O Cruzeiro literalmente colocou os argentinos na roda, jogou pro mato, porque o jogo era de campeonato e deu a eles a chance de provarem do mesmo veneno da cera enervante.
A vitória veio coroar as grande atuações de Raul, Zé Carlos, Joãozinho e especialmente de Eduardo, que jogou como nunca naquele jogo. Pena os outros homens de frente (Eli Mendes, Eli Carlos, Neca e até mesmo Lívio que entrou no lugar de Eli Carlos que não chegaram a brilhar) não terem estado bem naquela jornada. Do outro lado, os jogadores deles bateram demais, tanto assim que a defesa toda deles terminou amarelada, mas, Sanábria jogou demais também.
Aos 47' o juiz terminou o jogo e empurrou a decisão para Montevidéu, 2 dias depois, mas, aí é outra página da história;

Dados do Jogo : Cruzeiro 1 x 0 Boca Jrs. +++ Motivo : 2a partida das Finais da Copa Libertadores da América +++ Local : Mineirão (Belo Horizonte) +++ Data : 11/09/1977

. Cruzeiro : Raul, Nelinho, Morais, Darci Menezes e Vanderlei; Zé Carlos e Eduardo; Eli Mendes, Eli Carlos (Lívio), Neca e Joãozinho. +++ Técnico : Dorival Knieppel (Yustrich ou o Homão).

. Boca Jrs. : Gatti, Pernia, Monzon, Tesare e Tarantini; Suñé e Sanábria; Mastarngelo, Ribolzi, Veglio ( Pavón) e Felman (Ortiz).
Técnico : Juan Carlos Lorenzo.
. Arbitragem : Cézar Orozco (Perú), Ramon Barreto (Uruguai) e Vicente Lobrogat (Chile), com falha clamorosa na anulação do gol do Cruzeiro.
. Público Pagante : 52.842 pagantes (presentes : ~ 60 mil pessoas).
. Renda : Cr$ 3.035.090,00
. Gol : Nelinho a 75'

Coluna especialmente dedicada a Raul Guilherme Plasmann.
E as homenagens vão para : Evaldo Cruz, Tostão, Dirceu Lopes, Neuber Soares, Orlando Augusto Carneiro Guerra, Ivan Drummond, Ramon Salgado, João Alberto Ferrari, Serginho, Flávio Carvalho, Vibrantinho, Alberto Rodrigues e à Velha Guarda do Cruzeiro.Org e do Blog do Jorge Santana.
Cruzeiro, Cruzeiro Querido, Tão Combatido, Jamais Vencido


Joao Duarte
joaochiabi@globo.com

Leia também as colunas anteriores Joao Duarte, uma Voz da Velha Guarda Azul

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 DERSON | LEME | 06-08-10 08h26min
Caro Joao bom tempos que dinheiro nenhum do mundo fazem voltar.Parabens por esta coluna.
 Tibú | Realista | 06-08-10 10h40min
Este sim foi um grande goleiro e merece o status de ídolo da torcida! Este sim!
 Carlos Campos | Resende | 06-08-10 11h45min
Escutei esse gol no rádio ! Realmente se não fosse os penaltes em Montevidéo. Vc se lembra perfeitamente daquela sequencia de penais? Vc se recorda se o Boca errou algum e o juiz mandou voltar? SEMPRE TIVE ISSO NA LEMBRANÇA. Mudando de assunto: SEU CRUZEIRO DE TODOS OS TEMPOS É QUASE O MEU...Eu coloco Ronaldo no lugar de Palhinha I...E homenagearia o Cris na zaga no lugar de Procópio !
 Carlos Campos | Resende | 06-08-10 11h51min
Mestre, vc acha q o Montillo pode ser "a cereja do bolo"desse time?Ainda acha q o Zezé busca mais alguém?
 ACRossi | Belo Horizonte | 06-08-10 14h49min
É de arrepiar. Me emociono até hoje ao lembrar deste gol. Este de Nelinho e um de Robson na Supercopa contra o Nacional do Uruguai para mim, foram os mais chorados da história do mineirão, tava entalado na garganta. No jogo decisivo, no Uruguai, o juiz nos garfou, mandando voltar o primeiro penalty do Boca chutado na trave. No panalty perdido por Vanderley, Gatty deu uns três passos para frente antes da defesa. Saudações Celestes
 ACRossi | Belo Horizonte | 06-08-10 14h51min
Meu Cruzeiro de todos os tempos: Dida, Nelinho, Perfumo, Piazza e Sorin. Zé Carlos, Dirceu Lopes e Alex. Ronaldo, Tostão, João.
 ToninhoCaixeta-DF | Ceil�ndia | 06-08-10 16h19min
Ah!!!!!!!Que boas lembranças........Tinha apenas 11 anos na época, me lembro de pouca coisa, só através do rádio, mas achei muito válida a homenagem aos nossos antigos e eternos ídolos. Parabéns mais uma vez João.
 Contragalo | Santos | 06-08-10 19h18min
Eu estava lá !!! Vibrei como nunca. Jogo emocionante, tenso e ao final com vitória Azul. A torcida do Cruzeiro apoiou do início ao fim do jogo e fez uma festa muito bonita. À época ficava ao lado da charanga do Aldair Pinto onde a rapaziada gritava e incentivava o tempo todo. Lembro-me bem que o Raul fechou o gol e foi a muralha azul intransponível naquela partida. O golaço do Nelinho, após tomar uma distância enorme até soltar a bomba santa, lev0u a torcida à loucura. Pagina heroica imortal.
 João Duarte | Vit�ria | 06-08-10 19h33min
Caro Carlos Campos,
Creio que tenhamos que ver quem virá e como chegará. Veja o exemplo do tricolor mineiro que contratou um monte de etiquetinhas fora de forma e agora está sofrendo as consequências do ERRO DE PLANEJAMENTO.
Vamos esperar que Montillo, Wallyson e Farias entrem em forma. Vamos observar a reação de Gilberto e de Roger.
Não vejo neste momento após Riquelme ter acertado com o Boca o jogador que chegaria e transformaria o cenário.
 João Duarte | Vit�ria | 06-08-10 19h37min
Creio ainda que o time possa negociar alguns jogadores como Jonathan, Thiago Heleno, Henrique ou mesmo um dos dois atacantes se aparecerem propostas compensadoras. Cereja do bolo seria ganhar em 31/10 a contratação de Alex10 para a temporada 2011...
Cereja seria buscar Fred para o ano que vem...
Creio que se fazendo as racionalizações necessárias nos nossos custos fixos, teremos totais condições de melhorar o time ainda mais.
Pode ser que venha alguma reposição, se sair alguém.
 João Duarte | Vit�ria | 06-08-10 19h37min
Creio ainda que o time possa negociar alguns jogadores como Jonathan, Thiago Heleno, Henrique ou mesmo um dos dois atacantes se aparecerem propostas compensadoras. Cereja do bolo seria ganhar em 31/10 a contratação de Alex10 para a temporada 2011...
Cereja seria buscar Fred para o ano que vem...
Creio que se fazendo as racionalizações necessárias nos nossos custos fixos, teremos totais condições de melhorar o time ainda mais.
Pode ser que venha alguma reposição, se sair alguém.
 mfox | Chicago | 07-08-10 16h20min
Bela coluna, e homenagem mais que merecida! Raul foi tão importante que praticamente incorporou o amarelo às cores do clube! Tive a oportunidade de estar presente ao lançamento da camisa retrô amarela lançada pela Puma, em evento na CruzeiroMania com a presença do Raul, Dirceu Lopes e Piazza. Tenho uma foto valiosíssima com Raul, Piazza e Elias Rapozaço!!!
 mfox | Chicago | 07-08-10 16h22min
E é importante relembrar o passado, pois só assim os ídolos serão de fato eternizados na memória da torcida que se renova a cada dia. Lembro-me que muitos dos meus amigos cruzeirenses associavam o Raul muito mais ao Flamengo, e após as devidas homenagens eles passaram a entender o que foi Raul para o nosso clube.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 07-08-10 16h25min
João vou repetir o de sempre. A coluna está pontual. O Raul é o tipo do ex jogador que dá gosto de se ver nos programas televisivos. Sempre respeita a instituição Cruzeiro.
 Marcelo Brasileiro | Vespasiano | 07-08-10 21h36min
Caro amigo Joao,parabens pela bela coluna,escalando o seu time do Cruzeiro de todos os tempos(concordo perfeitamente com sua escalaçao,nota 10)e comentando o jogo Cruzeiro x Boca(jogo que vi no Mineirao),uma bela vitoria do nosso time.Entrei tambem para lembrar duas coisas;mais uma bela vitoria sobre o galinho(nosso eterno fregues) e desejar-lhe um Feliz Dia dos Pais,com muita paz,alegria e harmonia no seu lar.Um forte abraço do amigo,Marcelo.
 Flavio RT | Itabira | 08-08-10 17h17min
Eita! Eu tb estava lá. Ó Glorioso, tu que és imortal, posto que feitos são de ungidos de amor e sangue. Mas eu tinha comigo que o Yustrich tinha ido dar uma no Nelinho. E que tinha sido na hora antes dele guardar na gaveta. E não minutos antes. Ele deu um beijo no Nelinho. Disseram que ele entrou para bater. Mas q mudou de idéia e o beijou. Será que teríamos o vídeo deste momento? é histórico. Quanto a Nelinho, me desculpem mas não consigo ter por ele qualquer simpatia.
 Flavio RT | Itabira | 08-08-10 17h21min
Já disse isto em outra oportunidade. Foi um grande jogador, mas o fato de ter jogado no Patético, tira-me qq apoio a ele entrar em nossa galeria de imortais. É para mim incompatível. Seria como ver Sorín indo trabalhar nas Rosinhas. Bater na bola como Nelinho, jamais ví alguém fazê-lo. Mas daí colocá-lo em nossa galeria imortal, passo.
 Flavio RT | Itabira | 08-08-10 17h25min
E Raul, que jogador. Irritava sa franguinhas sempre. Desde quando a torcida do Glorioso era do tamanho de 3 entradas no Mineirão. Eu já vou desde aquela época. E Raul, era magnífico. Suas pontes eram famosas, motivo de fotos que pendurávamos nas paredes. Era elegante, suas palavras após uma derrota eram marcadas pela elegância, parabenizando o adversário. Outras épocas. Mas em campo era a verdadeira muralha. Parabéns pelo homenagem, João.
 chiabi | Nova Lima | 09-08-10 11h46min
Mestre João: também estive nesse jogo. Que golaço do Nelinho!!! Quanta saudade de um batedor de faltas que decidia jogos a nosso favor... MFOX, também estive na Cruzeiro Mania nesse dia. Conheci lá o Elias e o Benny. O Raul já conhecia há muito tempo, e o João pode confirmar, pois era frequentador assíduo da casa de meu Avô, grande cruzeirense Wilson Saliba (que, além de ex-presidente do Cruzeiro, foi responsável pelas obras de construção do estádio JK, o estadinho do Barro Preto).
 João Duarte | Vit�ria | 09-08-10 13h52min
Clemenceau Jr.,
Raul além de ser um goleiro excepcional´sempre foi uma pessoa muito educada e que demonstrava alegria de viver. Emérito contador de causos, prosa boa garantida.
Era realmente frequentador assíduo da casa no seu avô e meu padrinho Wilson Saliba, além de ser muito amigo do seu pai e dos primos Newton e Fernando.
Raul é da turma do BEM... com certeza. E quem é eleitor no Paraná tem um bom candidato a Deputado para votar...
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
22/09 - 15h29 [3 coment.]
FMF é usada para gerar renda a aliados e membros de uma família 

22/09 - 14h17 [2 coment.]
Atlético-GO, mais uma grande pedra no caminho para manter o foco 

22/09 - 13h05 [2 coment.]
Sada Cruzeiro Vôlei estreará novo uniforme em partida do estadual 

22/09 - 12h03 [5 coment.]
Cruzeirenses torcendo #24hnoMineirão e mostrando a sua força 

21/09 - 11h24 [5 coment.]
Mano esboça time misto do Cruzeiro para atuar em Goiânia no Br´17 

21/09 - 10h06 [5 coment.]
Jogadores refutam interpretações equivocadas em fala de Romero 

21/09 - 09h57 [6 coment.]
Cruzeiro contrata goleador e mais dois jogadores para a base  

21/09 - 08h47 [3 coment.]
Eleição à presidência da FMF sinaliza o continuísmo criminoso 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster