Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Banda Help



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

14/06/2010 | Voz da Arquibancada
Até quando?

Por Granato de Paula

A democracia, mesmo com suas mazelas, continua sendo o melhor regime de governo para a coisa pública. O problema que temos é definir o quanto um clube de futebol é uma coisa pública, posto que hoje em dia – principalmente – é tratado e tido como empresa que como qualquer outra visa resultados positivos em seus balanços, gerando lucros para seus sócios e parceiros.

O grande problema é que um clube não é nem tanto uma empresa, que para ser sócio basta a qualquer pessoa comprar o direito de decidir (mesmo que com pouco poder) como ocorre numa sociedade anônima. Como também não é um bem público, mesmo que movimentando interesses de uma parcela significativa da população de determinadas localidades.

Hoje, no Cruzeiro experimentamos uma realidade com a qual muitos torcedores apaixonados não concordam. A maneira como a diretoria vem conduzindo a aquisição e venda de direitos federativos de jogadores tem deixado a maior parte da torcida celeste revoltada.

O famoso “complexo de Dona Xepa” que começou lá em 1995 com as contratações de Maurício, Missinho e Tiganá, mas que também trouxe resultados como Maicon, Ramires dentre outros nos dois sentidos; tem deixado a nossa grande nação estarrecida.

Não possuo conhecimento de quantos jogadores o Cruzeiro possui os direitos federativos, mas pelo que se escuta e se vê parece que temos um número absurdo de atletas vinculados. O que nos causa maior estranheza é que só aos bons atletas (que são invariavelmente bem vendidos) que encontramos parceiros. Quase não vemos um jogador ser vendido e o valor ser integralmente do Cruzeiro, sempre temos um parceiro com o qual dividir.

Desde 1995 (ou seja a mais de 15 anos) a família “Oliveira Costa” em especial o José vem dirigindo o Clube e conseguiu nesse período amealhar grandes vitórias e conquistas, mas que nos últimos 6 (seis) anos não vem conseguindo traduzir em resultados algumas boas campanhas.

Como exemplo temos alguns anos de campeonatos brasileiros – por pontos corridos – que perdemos porque faltavam um ou dois jogadores a mais nos elencos que pudessem ser apontados como diferenciados.

A cada eliminação ou a cada classificação (para disputa de títulos, porque quem disputa competição são as cacarejantes, nós disputamos títulos) ouvimos a promessa de contratação de dois ou três grandes jogadores que chegaram para a titularidade. Acontece que o problema é que esses dois ou três não chegam e quando chegam é porque 3 ou 4 já se foram e aquele time que precisava de 2 ou 3 agora precisará de 6; infelizmente essa é a matemática que temos assistido.

Só para ilustrar. Nesse ano o Cruzeiro não contratou o Alex Silva porque (segundo disse a diretoria) ele estaria machucado e demoraria a ser aproveitado no nosso elenco. É demorou tanto que jogou muita bola contra o nosso time e ajudou muito o São Paulo a nos eliminar.

O Dracena, será mesmo que não seria melhor do que os demais que temos? Não valeria um esforço para alcançar um objetivo (como a Libertadores)? O Fred, que junto com o Alex tenho certeza que são os dois maiores sonhos da torcida celeste, não teria sido melhor investimento que Guerron, Anderson Lessa, Roger, Pedro Ken e Kieza? Será que tudo que se gasta com a manutenção desse grupo (citado) não seria suficiente para bancar o que o Fred pediu? Quanto esse pessoal acrescentou ao time? Quanto o Fred acrescentaria? Quem sabe Fred o que seria do Cruzeiro com Fred, Ribeiro e Kléber juntos?

Enquanto nos reforçamos com Kieza o São Paulo, mesmo contando com um ótimo elenco (que equiparava-se ao que o Cruzeiro tinha) foi buscar o Alex Silva e o Fernandão. Como o Fernandão não é jogador de Dona Xepa – e traz resultados imediatos – quem se deu melhor na história foi quem arriscou e investiu.

Quanto a saída do Kléber, ninguém agüentava mais a novela dele sair ou ficar. O triste mesmo é ver a ineficiência da Diretoria (que em outra oportunidade teve peito e falou que ele cumpriria o contrato).

Todos sabem que o Palmeiras saiu da Samsung para acertar com a FIAT por míseros R$ 26 milhões; ou seja, 2 vezes e mais do que o Cruzeiro ganha com o seu patrocínio. Como – sabendo desse aporte na concorrência – entregamos de bandeja o jogador mais caro de nosso plantel para um concorrente que pode bancar uma pedida mais alta? Caso não tivesse condição porque liberar um dos poucos jogadores com futebol diferenciado que possuímos para um concorrente direto.

Que parte eu perdi, eles não tem dois nomes que nos interessariam como Diego Souza e Cleiton Xavier? Desculpe o engano é de Dona Xepa que estamos falando e contratamos o Robert que segundo a diretoria vem para o lugar do Kléber... Bom era o tempo em que nosso presidente entregava Pingo e recebia Baresi e Fabinho; ou da outra vez que trocamos Belleti e Serginho por quase meio time do São Paulo e que com este time conseguimos a Copa do Brasil e Libertadores. Disso eu tenho saudades.

Ocorre que como eu escrevi a distinção entre o privado e o público não é perfeita num clube de futebol. Hoje o que percebemos do aumento do número de conselheiros do Cruzeiro desde que a família Oliveira Costa assumiu é que eles só saem da presidência se assim desejarem. Meu medo é apenas que se repitam erros como vimos no Vasco da Gama.

Com os erros não estou acusando ninguém de nada, mas a estabilidade política em qualquer instituição é desejável; no entanto a alternância de idéias também o é. Não estou dizendo que a família Oliveira Costa vá cometer as mesmas atrocidades que o Eurico Miranda fez com o Vasco (que pagou e paga um alto preço), mas que talvez precisássemos mais da saída da cabeça da diretoria do que de Diretores competentes como o Maluf.

Bom, tomara apenas que o Conselho não banque a idéia que eu já vi “nosso” presidente defender. A de criar um super-conselho (formado por poucos) que elegeria um presidente (uma espécie de CEO) que dirigiria o futebol, enquanto o superconselho comandaria outras partes e que esse presidente poderia ser retirado do cargo caso a empresa não apresentasse resultados satisfatórios. Nesse caso, teríamos que ver “nosso” clube ainda mais elitizado e com os poderes dessa diretoria perpetuados.

A minha dúvida é até quando será mantida essa tranqüilidade e passividade de nossa torcida e conselho.

Granato de Paula

Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 Getúlio.gov | Não definido | 13-06-10 19h36min
Parabéns pela coluna,, o que vc disse expressa o que a maioria da torcida pensa, e até qdo vamos ter essa passividade...a gota dágua foi trazer Fábio santos,,, e enquanto todos os times estão se reforçando, até as frangas,, nós estamos aí,, acreditando num milagre...comprar jogador barato por oportunidade e esperar que ele dê certo, tem que haver uma mudança radical na política de contratações...espero que o Perrela mude seus métodos de contratação.. Um abraço
 pyxis | BHZ | 13-06-10 23h32min
Granato,
Discordo da sua coluna na forma e conteúdo. Discordo da sua lógica de misturar ações administrativas de açoes do futebol e da sua associação da postura e vinculaçào do torcedor com o associado. Além disso, você comete alguns equívocos que NÃO AJUDAM na formação da crítica de maneira consistente.
EM todo caso é a sua e a minha opinião. Só posso discordar e pensar que da forma como você coloca não produz efeitos positivos ou que provoquem uma (R)evolução.
 stefanogranato | Belo Horizonte | 14-06-10 08h50min
Caro Getúlio, obrigado pelo apoio. Caro pyxis, você discorda de tudo sem discordar de nada. Estou pronto para entender do que você discorda e não precisa ser aqui na lista, você pode me mandar as suas críticas por e-mail. Discordar de tudo sem apresentar o que discorda e o porque não engrandece o debate e realmente não acrescenta em nada.
 B7 | Belo Horizonte | 14-06-10 19h23min
Caro Granato, Nesta coluna, você conseguiu perfeitamente expressar tudo que eu e parte da torcida sentimos, para acrescentar, você usou o exemplo do vasco de Eurico, mas temos outros também, corinthians de Dualib e Palmeiras de Mustafá, veja que em todos os casos o continuismo + falta de oposição = 2º divisão (Deus me livre) e dividas. Espero ser diferente ao fim do Cruzeiro de Zezé Perrela( Se é que isso um dia vai ter fim). Parabéns pela CLAREZA e CONSITÊNCIA do texto.
 stefanogranato | Belo Horizonte | 15-06-10 22h04min
Caro Lincoln, os exemplos também como Mustafá, Eurico e Dualib ganharam muitos e importantes títulos com suas agremiações. Não há discussão a respeito do que os irmãos Oliveira Costa fizeram pelo nosso grande clube. O que aponto é que tudo tem começo meio e fim e que mudanças são necessárias e trazem novas idéias e ânimo para o clube. Hoje todos sabemos que eles só se afastam se quiserem (dado o grande número de conselheiros que colocaram lá durante todo o período que estiveram a frente da cont.
 stefanogranato | Belo Horizonte | 15-06-10 22h12min
presidência do clube). Não foram eles que transformaram o Cruzeiro em gigante, um clube tradicional como o Cruzeiro não depende só de seus jogadores nem só de sua diretoria. O Cruzeiro é maior do que a diretoria, ou você torce para o José de Oliveira Costa? Eu não tenho participação ativa na vida política do clube e não apoio nenhum candidato em específico. Inclusive desconheço o Márcio “Atacadista”. Quero apenas reafirmar que o Cruzeiro é maior que sua diretoria e quem pensa que não se engana.
 pyxis | BHZ | 15-06-10 22h44min
Granato,
"você discorda de tudo sem discordar de nada."
Errado, discordo da FORMA e DO CONTEÚDO. Discordo de TUDO. Não é porque não dissequei as discordâncias que "discordo de nada".
 pyxis | BHZ | 15-06-10 22h46min
Granato,
"...Estou pronto para entender do que você discorda e não precisa ser aqui na lista, você pode me mandar as suas críticas por e-mail...
Acredito que não esteja. Mas, fico satisfeito em você compreender que o DEBATE pode ser feito em ambientes diferenciados. EMbora eu entenda que para AVANÇAR, deve ser feito por várias pessoas com níveis de informação equilibrados ou nivelados.
 pyxis | BHZ | 15-06-10 22h49min
Granato,
"Discordar de tudo sem apresentar o que discorda e o porque não engrandece o debate e realmente não acrescenta em nada."
Nem sempre. Pode acontecer da gente entender que o debate está num nível tão diferenciado que fica parecendo conversa de coisas distintas. Quando discordei da forma e conteudo, me referia mais ou menos a esta condição. Logo, temos mais uma divergência sobre como e o que fazer para "engrandecer o debate".
 pyxis | BHZ | 15-06-10 22h51min
Granato,
para te mostrar, vou pegar três partes de minhas totais discordancias com sua opinião e replicá-las aqui. Não se encerram nestas três, as minhas discordâncias e Muito menos cada parte que discordo poderia ser refutada neste pequeno espaço de 500 caracteres.
Mas, vamos lá...
 pyxis | BHZ | 15-06-10 22h54min
Granato,
Vc escreve: "Como exemplo temos alguns anos de campeonatos brasileiros – por pontos corridos – que perdemos porque faltavam um ou dois jogadores a mais nos elencos que pudessem ser apontados como diferenciados".
Falácia. Vc pega uma HIPOTESE/TEORIA não comprovável, e chama isso de "exemplo" para tentar provar sua teoria de que "um ou dois jogadores a mais" é GARANTIA de não PERDER títulos. A HISTÓRIA taí cheia de exemplos CONTRÁRIOS.
 pyxis | BHZ | 15-06-10 22h59min
Granato,
Vc escreveu: "O Dracena, será mesmo que não seria melhor do que os demais que temos? Não valeria um esforço para alcançar um objetivo (como a Libertadores)?"
Você conhece o Dracena, sabe se ele deseja jogar no Cruzeiro agora? Qual o nível do "esforço" você imagina que fosse factual e apropriado ao Cruzeiro? E desde quando UM ESFORÇO como contratar o Dracena é garantia de alguma coisa? É muita suposição e DESEJO para criticar AÇÕES que podem ser certas OU erradas.
 pyxis | BHZ | 15-06-10 23h01min
Granato,
Vc escreveu: "Hoje o que percebemos do aumento do número de conselheiros do Cruzeiro desde que a família Oliveira Costa assumiu é que eles só saem da presidência se assim desejarem. Meu medo é apenas que se repitam erros como vimos no Vasco da Gama".
Você não consegue mostrar que nada do que afirma é fato, é real, são somente impressões e medos particulares. Entendo que para mudar e agir RESPONSAVELMENTE não podemos nos pautar por medos e impressões pessoais.
 pyxis | BHZ | 15-06-10 23h04min
Granato,
Finalizo dizendo que criamos (Cruzeiro.Org) um espaço para que debates desta natureza possam ser feitos de maneira mais correta e apropriada. ( www.portaldocruzeirense.com.br ).
Particularmente, entendo que suas opinIões são opiniões e nada mais do que isso. NÃO AGREGAM nada ao debate e ao nosso propósito de MUDAR o que está de errado no Cruzeiro (tem MUITA coisa errada e ultimamente estão excendendo nos erros). ZZP precisa se explicar em muitas coisas. Precisamos de mais conteudo
 pyxis | BHZ | 16-06-10 01h15min
Granato,
E, de maneira pretensiosa, já que você perguntou, "Até QUando?" no título da coluna, digo que: ENQUANTO os torcedores acharem que são donos de alguma coisa sem PARTICIPAREM, ENQUANTO os torcedores ficarem cornetandoa trás de teclado sem saber nem onde fica a sede do Cruzeiro, ENQUANTO os torcedores acharem que já fizeram tudo pelo Cruzeiro e agora estão na posição somente de cobrar e ENQUANTO os torcedores acharem que passam de teleguiados quando não passam.
 stefanogranato | Belo Horizonte | 16-06-10 15h17min
Caro Pyxis, eu logo no início de sua resposta tentei compreender e acreditar que não se tratava de uma postura arrogante ou de uma pessoa que se acha acima da média, mas infelizmente diante da leitura completa de sua resposta vi que realmente é isso. Tenho que lhe pedir perdão se não possuo as “informações” tão mais esmiuçadas e corretas que o Dr.? Acreditei quando vi este sítio e o comportamento dos seus mantenedores que tratava-se de um espaço democrático onde poderia através do debate
 stefanogranato | Belo Horizonte | 16-06-10 15h19min
e confronto de idéias construirmos – mesmo que no plano só político – idéias para tentar ajudar o nosso clube. Sou um cruzeirense apaixonado, só que não trabalho para o Cruzeiro, não trabalho com mídia esportiva e tenho um milhão de obrigações a cumprir, tanto no meu ambiente de trabalho como em outras frentes de trabalho pro bono das quais faço parte. Isto posto, creio que qualquer pessoa com um mínimo de inteligência (creio eu que eu tenha ao menos um pouco) consegue debater sobre qualquer
 stefanogranato | Belo Horizonte | 16-06-10 15h19min
tema (com o qual possua certa afinidade) desde que tenha um mínimo de informações. Não sei se você compreendeu o foco do texto (dado os ataques que dirigiu) o ponto central do texto é chamar a atenção de outros torcedores para o receio de termos um período imenso de manutenção de idéias e práticas que tendem a prejudicar mais do que a beneficiar o clube. O que propus foi simplesmente que em determinadas horas é necessário a alternância de poder. Como creio que você é um homem extremamente
 stefanogranato | Belo Horizonte | 16-06-10 15h20min
culto, tenho certeza que o Sr. já leu a Teoria das Formas de Governo de um escritor italiano chamado Norberto Bobbio. É simplesmente ler (mesmo que distante das rotinas do clube, posto que infelizmente ainda não posso ser sócio do mesmo) que a manutenção do poder do clube como está posto hoje tende a se degradar. Quanto aos três pontos de discórdia... Realmente a afirmação de que com um ou dois jogadores a mais o título estava garantido seria uma falácia. Só que eu não disse exatamente isso.
 stefanogranato | Belo Horizonte | 16-06-10 15h20min
É como jogar em concursos (como a mega sena). Na mega sena você pode fazer seis apostas e tentando acertar 6 números em 60. Hoje parece que você pode jogar 12 número para acertar 6 em 60. As chances aumentam consideravelmente concorda? O mesmo raciocínio se aplica a questão de contratações. Ou você acha que só você e mais uns poucos iluminados (que estão no mesmo nível) conseguem enxergar as falhas do elenco? Não, não conheço o Dracena, só acredito que um jogador que possuiu certa identidade
 stefanogranato | Belo Horizonte | 16-06-10 15h21min
com o clube (dado o tempo em que atuou aqui) e que é inquestionavelmente melhor do que muitos dos atletas que se encontram no elenco valeria um certo esforço financeiro. Agora se você me disser que ele não quis vir para Minas para ficar mais próximo da família é outra coisa. Você sabe se foi isso? Como você sabe que se trata disso? As pessoas trabalham suas idéias na medida das informações que são disponibilizadas. Você consegue afirmar o contrário a respeito do número de conselheiros? Como o
 stefanogranato | Belo Horizonte | 16-06-10 15h22min
seu nível de informações é tão superior eu gostaria que você me indicasse quantos conselheiros nosso clube possuía em 1995 e com quantos contamos hoje. Para que possamos debater realmente a informação correta é um pressuposto. Eu confio muito na minha fonte a esse respeito. Agora os torcedores não são donos de nada. É exatamente isso que eu coloquei em discussão. Não vejo outra forma – peço sinceramente que me ajude se acreditar que eu estou equivocado – de o torcedor do Cruzeiro exigir
 stefanogranato | Belo Horizonte | 16-06-10 15h22min
qualquer mudança que não seja através de manifestações e pressões políticas. Enquanto torcedores temos apenas esse direito. Caso o Sr. ou outros sejam conselheiros aí sim o nível é diferente. Você disporia de informações que a maioria de nós “reles” torcedores não dispomos. Eu tenho certeza que nada fiz pelo Cruzeiro além de apoiar meu time das arquibancadas e dividir como você acertadamente pontuou minhas opiniões e impressões com outros torcedores das arquibancadas. Daqui a pouco o Sr. vai
 stefanogranato | Belo Horizonte | 16-06-10 15h25min
acreditar que só vale a pena debater com alguns poucos iluminados... Isso é que é duro, isso é o que eu combato com o texto. O desvirtuamento da aristocracia para a oligarquia é um dos mais fáceis. Só lhe respondi, utilizando esse fórum, porque considerei grosseiras suas palavras. Como não fujo ao debate de idéias e defendo minhas posições, tendo humildade para revê-las, quis manter esse debate aqui. Não acredito que seja a forma apropriada, mas é você quem decide. Você tem acesso ao meu
 stefanogranato | Belo Horizonte | 16-06-10 15h27min
endereço eletrônico. Estou a sua disposição e a de qualquer outro torcedor para debater MINHAS opiniões e impressões e considerá-las válidas ao debate.
 azul celeste bh | Não definido | 16-06-10 16h25min
Sr.Granato,penso como o senhor em alguns pontos sobre a coluna.No mais não "esquenta" não,aqui é muita diversão prá pouco "sabichão"não vale o "gasto"criar "gastrite"com o futebol ainda + que "os brutos também amam"afinal aqui elogios só para as "oligarquias" pré definidas e "paneladas" comente e pronto,divirta-se com os intelectuais,afinal "toda a mídia será castiga menos esta"a mais inteligente e futebolística do mundo,do universo,qualquer coisa que sobreponha é "falácia".Aguarde o slogan.....
 azul celeste bh | Não definido | 16-06-10 16h28min
Aguarde o slogan da resposta.kkkk o senhor é cruzeirense???Então parabéns,o cruzeiro é um só.É isto que importa,no + é puro lero,lero com um pouco de português bem escrito e outros nem tanto...Saudacões celestes.Fique em paz.Saudações azuis.
 pyxis | BHZ | 16-06-10 16h52min
Divininho e Azul Celeste,
Não sei porque não me surpreendo com as suas intervenções. Sempre as mesmas, com as mesmas acusações e os mesmos argumentos (???). E se dizem ao menos capazes de articular e emitir opiniões.
Seria um SONHO pensar que vocês escreveriam algo diferente de "EU CONCORDO" sobre a coluna do Granato, só porque eu disse que discordo.
E depois querem ser reconhecidos por alguma coisa. A opinIão de vocês é sempre conhecida. Mas compreensível :-p
 pyxis | BHZ | 16-06-10 16h55min
Stefano,
Primeiro você me criticou por discordar no atacado, dizendo que eu "discordava de tudo e discordava de nada", quando me dou ao trabalho de EXPLICAR, com exemplos, e a partir das frases que VOCÊ escreveu, você vem com a tréplica, bastante desvirtuada do tema da coluna, gastando linha e mais linhas para avaliar a MINHA pessoa, o espaço etc e tal.
Observe que o site publicou, NA INTEGRA, o que você se propos a comentar. Ou você foi cerceado em algum item? ... cont
 pyxis | BHZ | 16-06-10 16h59min
... ai quando faço COMENTÄRIOS SOBRE A SUA OPINIÃO, você infere, que estou falando sobre a sua pessoa. Quando escrevo que algo não tem fundamentação suficiente para o debate, não estou desqualificando a SUA pessoa, estou falando da informação que o levou a determinadas conclusões e é direito de qualquer um refutá-las, mas como a maioria dos leitores prefere ficar calado, ou se manifestar como uns e outros aí só para provocar, chegamos a conclusão que o debate não anda por que as pessoas ... cont
 azul celeste bh | Não definido | 16-06-10 17h00min
Sem querer desrespeitar quem quer que seja,pois não citei nomes,(acho)quem alguns criam outros copiam ideias e não vejo isto como certo ou errado,apenas concordo em partes e acho que política e futebol sempre andaram juntos não na forma de exercerem cargos ou funções simultâneas e sim porque a política existe em todas as esferas do públivo (óbvio) e do privado,pois através das leis exercitamos ou não o direito de cidadania.Quanto ao Cruzeiro,as opiniões existem e cada um com de forma respeitosa
 pyxis | BHZ | 16-06-10 17h02min
...não querem.
Tem uns quatro ou cinco usuários e leitores do cruzeiro.Org que são especialistas nisso (NÃO É SEU CASO), só sabem entrar para acusar, ofender e criticar. Não propoe nada pois não sabem de nada.
Você fazer avaliação minha NÃO faz com que eu retire NENHUMA observação, e se você se sentiu ofendido e não topa debater no endereço eletrônico que indiquei, sinto muito. Já anotei e nas próximas colunas NÃO OPINO de forma nenhuma.
Faça uma (RE)leitura dos meus comentários ..cont
 azul celeste bh | Não definido | 16-06-10 17h04min
Mas creio que opinião não é ser dono da verdade é apenas opinião...O Cruzeiro sem "CAIXA"????Afirmação da direção num passado bem recente....E depois o zzp vem com esta:"O Cruzeiro tem como investir em jogador como qualquer outro clube do Brasil(não exatamente com estas palavras)...Queremos como torcedores ação do presidente e não "Falácias".Quanto ao time sou de acreditar que com um excelente jogador e dois bons jogadores a base poderia ser a solução para o time neste resto de temporada...
 pyxis | BHZ | 16-06-10 17h04min
... despido de preconceito e sem se importar muito com os comentários sem conteúdo, infelizes de gente infeliz e mal intencionados. Fará bem a você e poderá te dar uma outra visão sobre comentários críticos ao que você escreveu, escreve ou escreverá.
Algumas de suas citações e analogias, na sua tréplica, são completamente injustificáveis e injustos para os comentários que fiz. Nos vemos no Fórum POrtal dos Cruzeirenses.
 pyxis | BHZ | 16-06-10 17h08min
Azul Celeste,
EU não devia, mas vou arriscar a te explicar.
"Não ter caixa" diz respeito aos lançamentos contábeis e recursos disponíveis numa empresa/clube/organização.
"Ter capacidade de investimento" diz respeito a uma empresa/clube/organização ter crédito na praça, ter parceiros dispostos a investir, ter credibilidade.
Se estas foram as palavras do presidente, ele tem condições de PROVAR que isso é factível. Ao contrário do que você supõe. Logo... cont.
 azul celeste bh | Não definido | 16-06-10 17h08min
São apenas opiniões os resultados positivos ou não saberemos no final do ano de 2010 e no final de 2011,simples assim.Quanto ao "saber"todos aqui dentro das suas profissões sabem o que fazer e sabem o que não devem fazer.Aos torcedores que não trabalham no cruzeiro, resta torcer e opinar.Este é meu ponto de vista.Não tenho nada contra intelectuais e culturas de massa,"cada um no seu quadrado"e com suas opiniões.Desde que o homem inventou a roda,sempre existirá pão e circo e mídia anti ou pro...
 pyxis | BHZ | 16-06-10 17h10min
... não sei qual sua formação acadêmica, mas seus conceitos basilares são precários para fazer as afirmações e acusações que você faz (NÃO estou falando que o ZZO tem estes conceitos, mas pelo menos ele contrata assessores que o auxiliam de maneira a não falar coisas tão absurdas como você imagina.
Desculpe o mal jeito, mas você e uns e outros não respeitam muito as pessoas e opiniões e se fazem de vítimas por isso. Se vocês lessem com mais atenção, seriam mais colaborativos.
 azul celeste bh | Não definido | 16-06-10 17h17min
Sempre respeitei opiniões, muitas vezes questiono...e questionar pode causar desconforto.As divergências começam por aí...não questiono capacidade dos profissionais do cruzeiro,questiono falas do presidente.Até prá se fazer enriquecimento lícito ou ilícito tem de ser inteligente(aqui não é acusar)é constatar.Maluf que o diga(o de SP),tem de saber fazer bem feito.Voltando ao Cruzeiro,Sr.Evandro não sei se vai "apelar"mas um pouco de bom humor não faz mal a ninguém,aliás existe até a terapia do ri
 azul celeste bh | Não definido | 16-06-10 17h20min
do riso.Vc tem sua linha de ideias e algumas vezes por manter suas ideias se torna repetitivo.Mas nem por isto vou apelar.É um cruzeirense e já está valendo por isto.Quanto ao mau humor,respeito,um pouco de riso não fará mal algum.Saudações respeitosas.
 stefanogranato | Belo Horizonte | 16-06-10 17h49min
Caro Pyxis, eu não desvirtuei em nada e em momento algum me disse tolhido pelo sítio. Acrescente-se que eu também não estava lhe avaliando e sim respondendo ao que você colocou em debate. Mesmo relendo a sua crítica a coluna não conseguiria escrever outra resposta que não fosse a que já lhe falei. Gostaria muito mesmo, de verdade, que se você se propusesse a esclarecer as dúvidas que levantei. Na coluna não fiz nenhuma acusação, são só constatações a respeito de fatos públicos.
 crubarra | Rio de Janeiro | 19-06-10 12h00min
Caro Granato, Parabéns pela coluna que não visa fazer um tratado sobre conhecimento da política interna do clube,que só por ser POLÍTICA,já é nojento,mas tão somente expressar pensamentos e sentimentos de um torcedor comum.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
23/11 - 21h14 [2 coment.]
Cruzeiro vence rival e é campeão da Supercopa Sub 20 do Brasil 

23/11 - 10h51 [7 coment.]
Blog denuncia Itair e Ângelo Pimentel por receber dinheiro de jogador 

22/11 - 20h26 [5 coment.]
Vicintin: As cobranças de conselheiros, contratações e dívida 

22/11 - 20h00 [1 coment.]
Conselheiros pedem comissão para investigar gestão de Gilvan Tavares 

21/11 - 20h54 [1 coment.]
Léo protagoniza lançamento do livro ´A Quinta Estrela` sobre CopaBr 

21/11 - 20h38 [2 coment.]
Ex-diretor diz que Gilvan sabia das negociações com Latorre 

20/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

20/11 - 18h31 [3 coment.]
Cruzeiro esbarra na trave e empata com o Vitória (BA), no Barradão,  

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster