Se estiver com a vó atrás do toco, não vá!

Por Jorge Angrisano Santana | Em 10 de junho de 2011

Quantos leitores tem o PHD? Vinte mil? Difícil saber mas, certamente, é bem mais do que tem a Carta Das Kapital.

O Síndico já recebeu mensagens de lugares tão estranhos quanto o Afeganistão, a Nova Caledônia, Cuba, Caicó e São Paulo. Sério!

Desta galera, pelo menos 20% bate ponto, aqui, diariamente.

Calculo que 4 mil seja o número de leitores diários. Metade em Beagá e adjacências.

Pois é a este público que me dirijo pra pedir que compareça à Arena do Jacaré, amanhã.

Vá, caro leitor, e leve alguns amigos e parentes. O Cruzeiro precisa da nossa força pra arrancar no Brasileiro.

Agora, tem uma coisa: se você está de mal com a vida, estressado ou com a vó atrás do toco, fique em casa.

Não vá botar gosto ruim no jogo contra o Santos.

126 comentários para “Se estiver com a vó atrás do toco, não vá!”

  1. Matheus Reis disse:

    Tô querendo ir deveras. E tô atrás de uma carona.

  2. Renato-SP disse:

    Fechado.

  3. Dylan disse:

    amanhã começa a virada. O time vai entrar com outro pique…o Santos não vai nem saber o que o atropelou.

  4. Chaves disse:

    Não vou enquanto tiver aquele laranjão na camisa #TorcedorCondicional

  5. Beth Makennel disse:

    É isto ai Cruzeirenses!!! Vamos dar o nosso apoio total, até o fim do jogo. Nosso amado Cruzeiro precisa de nós. Vamos que vamos Zeirôôô!!!

  6. Cristiano Rocha disse:

    Gostaria muito de ir, ma como moro em GV City, num tem jeito. Vou ver pelo pague pra ver e torcer muito, aquele time não desaprendeu a jogar. Gostaria de dizer também que comento pouco aqui no site, mas a primeira coisa que faço depois de ligar o PC e entra no PHD…… Parabéns ao blog, ao Jorge e a todos que fazem desse espaço o mais divertido da internet… Pelo menos pra mim.

  7. kinuo disse:

    Aqui em bsb a Confraria Chico Mineiro, reduto da torcida Embaixada Azul continua firme. Apesar da frequência ter baixado um pouco em relação à Libertadores. Esse jogo contra os reservas do peixe é uma boa oportunidade para tomar uma “devassa geladíssima” e degustar os petiscos da Meg, com a simpática recepção do Gerardim!

  8. Eduardo Louback disse:

    Eu não tenho autonomia pra ir em 7 lakes sozinho assim. Mesmo se fosse com alguém, não poderia, tenho casamento amanhã. Mandarei minhas forças enquanto o padre reza. Ah, e Jorge Santana, você vai ter um leitor diário direto da Bélgica a partir de Agosto.

  9. raher disse:

    Eu não acredito nessa nova formação , embora quisesse, pois se der certo bom para nós. Mas tudo vai depender se Montillo voltar a jogar bola e compensar a falta de qualidade na frente dos outros dois. Fabricio volta em lugar errado se for primeiro volante. Se montillo estiver mal como das ultimas partidas só deus poderá nos salvar de nova derrota. Mais uma vez acho que cuca não sabe ainda como melhor utilizar os nomes que tem.

    • Adair disse:

      Muito melhor que 2 meias e 3 atacantes é. Gostei da saída do Guerreiro, faltava o Vitor sair e acho que dá pra engatar,

    • Sobrinho disse:

      Pergunta que não quer calar. Raher conseguirá torcer de corpo e a alma pelo Cruzeiro amanhã, mesmo com o trio de ferro em campo? Acredito que sim. Vai torcer para 10 jogadores irem muito bem e um ir muito mal!

      • Dylan disse:

        Sobrinho,se voce conseguiu torcer mesmo com o Cuca no lugar do seu amado Adilson por que o Raher nao conseguiria so pelo Paranmá estar em campo? somos obrigados a admirar todos os jogadores de um time pra torcer por ele? é possivel nao admirar nenhum e ainda assim torcer…sabia?

      • Sobrinho disse:

        Sim. Foi o que eu disse. Desaprendeu a ler?

  10. Walterson disse:

    Tô fora e não é porque minha avó tá atrás do toco (o que é isto?), até porque não tenho nenhuma abuela, mas estarei torcendo à distância.

  11. LUIZ ANTONIO disse:

    Átrás do toco ou da moita? Dom Elias, amanhã temos que triturar a piabinha paulista. Juntos para a arrancada inicial.

  12. Naldo disse:

    Eu acredito em uma grande vitória amanhã. A primeira de uma boa sequência.

    • Adair disse:

      Também quero acreditar, acho que com essa formação, se arrumarmos um lateral esquerdo e trocar o Vitor o time vai dar uma melhorada. Basta o Cuca ter calma e caso não começarmos bem não abrir mão do esquema.

      • Naldo disse:

        Adair, não vejo a possibilidade de se trocar o Vitor. Ele tem potencial, já mostrou, e o melhor que o Cuca tem a fazer é dar confiança a ele para que possa desenvolver o seu futebol, tenho certeza que dará retorno. Quanto a Lateral esquerda me parece mais complicado pois, o Gilberto é um jogador que tem qualidade e só tá sobrando para ele, aquela posição.

    • Eugenio Raggi disse:

      Quando uma pessoa fala isso (que acredita numa grande vitória amanhã) eu fico pensando se ele tenta enganar a si mesmo, protagonizar um otimismo de pirro ou se tem alma de cordorna mesmo. Não há qualquer motivo pra otimismo. O time está perdido, desfalcado, desorganizado, desmotivado, com um treinador completamente desorientado, um elenco cheio de buracos (não há laterais), o presidente acuado por nebulosas acusações…

  13. Eugenio Raggi disse:

    Ah tá…entendi o recado. “Veja as coisas erradas e se omita. Negligencie; se cale. Finja que não é com o seu time e que nada está acontecendo. Aplauda todos os erros de passe, toda a burocracia do mestre, toda a preguiça do Henrique, toda a estabanagem do Léo, grite o nome do ze zé toda vez que nossos maravilhosos e fantásticos laterias tocarem na bola. Louve sempre a burocracia e o chororô do Cuca. Grite o nome de nossos ídolos incontestáveis: Everton, Brandão, Ortigoza! Vamos que vamos!”

    • Eugenio Raggi disse:

      Gritem a todos pulmões o nome de nossos grandes ídolos: André Dias!! Edcarlos!! Elicarlos!! Everton!! Pedro Ken!! Reis!! Rômulo!! Ortigoza!! Farías!! Brandão!!. Mostrem o quanto nossa diretoria é competente.

      • se até o real madrid, com todo aquele dinheirão, contrata mal, imagine o cruzeiro com caraminguás. raggi, vá passar o fds pescando na fazenda guará pra esfriar a cuca.

      • raher disse:

        e agora o Cuca apela de vez e volta com o trio de ferro que ja enferrujou faz tempo e ele não viu. Vair tirar do time exatamente o cara que tem garantido menos serviço e deus nos acuda em nossa defesa.

      • Sobrinho disse:

        Raher não consegue entender porque o Guerreiro saiu do time. E eu achando que o Paraná estava na lateral como prêmio de consolação. Preciso rever alguns conceitos.

      • Matheus Reis disse:

        De acordo. É por isso que eu digo: Fora Felipão! Kléber pipoqueiro! Volta Montillo! Volta Wallyson! Volta Cuca!

      • Allan Morais disse:

        Que umbral é esse aqui? Vou voltar à minha audição de Paco de Lucia e Ramón de Algeciras que ganho mais…

      • Mauro Franca disse:

        Tem hora que é dificil mesmo, Allan. Mas com o tempo a gente se acostuma com esses boquirrotos e deixa passar batido. Com doido não se brinca.

      • Mauro Franca disse:

        Cuca teima em não seguir a cornetagem. O técnico raher já havia anunciado a reserva do MP na semana passada e vem o Cuca contrariar.

      • Mauro Franca disse:

        Por que algum torcedor com um minimo de lucidez, discernimento e inteligencia gritaria o nome de jogadores que não estão mais no clube? Ou seria um tapado ou um demente. Ou as duas coisas, como parece ser o caso.

      • Allan Morais disse:

        Nada Mauro, quem está na lida acaba acostumando. Eu estou ouvindo alguns violonistas de primeiríssima dos quais sou fã e degustando umas brejas importadas, no final acabo achando graça disso tudo (até por conta do efeito etílico).

      • Eugenio Raggi disse:

        Mauro França, com exceção do Elicarlos (comprado por uma fábula milionária e depois doado ao vendedor) qual dos que eu citei não está mais no clube?

      • Eugenio Raggi disse:

        Na verdade, Mauro, apesar do prejuízo (compra seguida de doação), a contratação do Elicarlos foi muito positiva, afinal ele ganhou vários títulos pro Cruzeiro. (Não?)

      • Matheus Reis disse:

        Pedro Ken e Rômulo também não estão. Felipão os dispensou assim que chegou, depois que o Cuca foi demitido.

      • Allan Morais disse:

        E o Montillo fez um golaço lá na Rússia, o Henrique idem na Itália, o Roger contundiu e não pôde jogar no Bahia e o Cuquinha teve uma febre ainda não diagnosticada, suspeitam de malária, já que em Manaus a doença é endêmica

      • Eugenio Raggi disse:

        Eu adoraria ver um comentário sério e bem elaborado do Matheus Reis sobre as negociações envolvendo o jogador Elicarlos. Mas eu sei que seriedade competência para articular ideias não são o forte dele. Deixa pra outro dia.

    • Allan Morais disse:

      O que tem a ver o cucascalças?

    • Hermes disse:

      Azar é deles.

    • Eugenio Raggi disse:

      O jornalista que escreveu esta aberração deve possuir uma enorme diifculdade em entender o que são “italianos”, “povo da Itália”, “maioria da população”, estas coisas.

    • Naldo disse:

      Vão voltar aos tempos da guerra – fria.

    • Hércules disse:

      Sem adentrar no mérito de ser Battisti um criminoso político ou comum, de ter ou não cometido os atos que a Itália lhe credita; seu segundo julgamento, realizado pela Justiça Italiana, foi uma das maiores aberrações e atentado ao direito de defesa. E vão querer desaguar essa pataquada no Brasil?

      • Eugenio Raggi disse:

        Sem contar que o crime, de acordo com a legislação brasileira (que é a que deve ser preservada nestes casos, sempre em favor do réu) já prescreveu.

      • Eugenio Raggi disse:

        Esse idi ota desse Batistti viveu 26 anos em Paris, com todos sabendo que ele lá estava, perdoado pela Lei Mitterrand, e nunca a Itália ameaçou ir a Haia contra a França. Só mal informados acreditam que o Brasil feriu acordos.

      • Allan Morais disse:

        Nada a ver, se houve crime não foi cometido no Brasil, portanto, não há incidência da legislação penal brasileira, nem é o caso de extraterritorialidade. A questão envolve o poder discricionário do Presidente da República na concessão da não-extradição, e foi o que o STF decidiu. Se é discricionário, não há intervenção do Poder Judiciário (cláusula de reserva de poder, separação, independência, harmonia, Montesquieu, e por aí vaí).

      • ai é que fobeu tudo. o ex-presidente está sempre ao lado dos terroristas. agora, se o battisti fosse um atleta cubano em busca de liberdade, aí sim, estaria fobido e mal pago.

      • Eugenio Raggi disse:

        O Brasil é signatário de vários tratados internacionais. Num deles fica claro que se a lei local é benéfica ao réu, vale a lei local. Várias vítimas de clitoridectomia do Sudão receberam asilo no Brasil, porque o Brasil não aceita a clitoridectomia, mutilação, como punição, da mesma forma que considera que o crime é prescrito de acordo com a legislaçõa nacional. Segundo Carmen Lúcia isso encerra a questão. Basta ler o voto dela.

      • eu não perderia tempo lendo o voto do zedirceu. há juízes mais competentes na corte.

      • Hugo 5erel0 disse:

        As pessoas que ele matou e alejou tiveram defesa? É como disse uma das vítimas que hoje está numa cadeira de rodas: “Ele (Cesare) teve defesas, recorreu e e conseguiu até fugir pra um país que aceitou ser o esgosto da esquerda. Ao contrário de mim que estou numa cadeira de rodas e não posso recorrer quanto a isso. Estou fadado a ficar assim pra sempre”.

      • Eugenio Raggi disse:

        não entendi, JS. Carmen Lucia = Zé Dirceu??? Nossa musa da magistratura é uma lacaia do stalinismo/chavismo/kirchnerismo ?? Oh…que pena….

    • Allan Morais disse:

      O crime de terrorismo, tecnicamente (um absurdo!), é atípico no Brasil, (não incidindo a Lei nº 7.170/83 (crimes contra a Segurança Nacional), nem a Lei nº 8072/90 (crimes hediondos)), portanto, não se aplica ao caso o art. 9º do Código Penal.

      • Eugenio Raggi disse:

        Teoricamente a condenação de Batistti é por homicídio. E pela legislação brasileira o crime está prescrito. Mas minha dúvida persiste, Allan, pq quando Batistti estava a poucas horas de Roma, vivendo em Paris, o governo italiano jamais cogitou de ir até Haia e nem chamou o governo francês de partidário do terrorismo? Me responda essa e a gente encerra o caso.

      • Allan Morais disse:

        Raggi, de qualquer forma, ele foi condenado à prisão perpétua, não há previsão dessa espécie no Brasil, logo não há a incidência da ‘dupla incriminação do fato’,logo, volto a dizer: não se aplica o art. 9º do Código Penal. Sobre a legislação francesa passo, já é difícil entender a nossa, quanto mais les Français.

      • Hércules disse:

        Raggi: A França deu refúgio a Battisti por um período mas depois concedeu a extradição, o que resultou em sua fuga. Não caberia Corte de Haia no caso.

      • Eugenio Raggi disse:

        Não falei nada sobre a legislação francesa, mas sim sobre a Itália pressionar o Brasil e agir passivamente em relação à vizinha França no mesmo caso. Ou seja, contra o Brasil a Itália vai ao Tribunal de Haia. Pq não foi antes, nos quase 20 anos que Battisti – já condenado – viveu na França dando entrevistas e escrevendo livros?

      • Eugenio Raggi disse:

        Hércules, mas pq no período – enorme por sinal – que Battisti passou na França o governo italiano não recorreu a haia para pedir sua extradição? Só vale se é o Brasil?

      • Allan Morais disse:

        Análise “política” não é meu metiê (olha o francês aí de novo).

      • Eugenio Raggi disse:

        Allan, pq o julgamento dele foi claramente viciado e estranho (prenderam até os advogados del durante o julgameno). Battisti foi condenado por uma única testemunha, que desfrutou da delação premiada. Eu – pessoalmente – tenho fortes dúvidas sobre a culpa dele.

      • Hércules disse:

        Raggi: A Itália tá jogando pra torcida, sabe que não poderá recorrer à Corte de Haia. Como não poderia quando Miterrand deu refúgio ao Battisti.

      • Allan Morais disse:

        Viciado com base em quê?

      • Allan Morais disse:

        E as decisões da Corte Internacional de Justiça tem eficácia questionável porque esbarra na questão da soberania. No caso, a despeito da comoção internacional e da ratificação do Brasil em relação a Tratados Internacionais de Direitos Humanos, temos base jurídica para sustentar a não-extradição, e, nesse caso, qual seria a força executiva da decisão de Haia? Invasão? Crimes de Lesa-pàtria?

      • Eugenio Raggi disse:

        Pq teve base em apenas um depoimento, de um ex-militante que havia inocentado Cesare antes e “mudou de ideia” após a delação premiada. Pq ele foi condenado por 4 assassinatos, mas um deles ocorreu simultaneamente em cidade diferentes, separadas por 200 quilômetros e por aí vai…

      • Hércules disse:

        Allan: o espaço e tempo aqui nos limita a discutir o segundo julgamento do Battisti, mas pesquise sobre como foram levantadas as provas, a questionável participação dos advogados, o absurdo de uma denúncia que atribui ao acusado dois crimes simultâneos em locais distintos, a base testemunhal baseada tão-somente em delatores premiados…

      • Allan Morais disse:

        A jurisdição do Tribunal Internacional de Justiça esbarra na soberania do Estado Brasileiro, temos base jurídica (democrática) para justificar a não-extradição (não admitimos pena perpétua), portanto, qual a executoriedade da decisão de Haia? Invasão? Crime de Lesa-Pátria? Embargos Econômicos (eles andam capengando)?

  14. Elias disse:

    Paraná 1 volante. Fabricio de um lado, Henrique do outro. ” Só não escalei este meio devido o fato de que contusões nos prejudicaram. É o que temos de bom, este meio”.
    By Cuca.
    Ui… essa doeu!

    • Mauro Franca disse:

      MP, o imprescindivel. O Cuca ainda mata a cornetada…

    • Allan Morais disse:

      Na cuia da tchurminha aloprada que teima em torcer contra.

    • Eugenio Raggi disse:

      Cuca está no caminho certo.

      Na verdade, este esquema com muitos volantes nos rendeu uma infinidade de conquistas e títulos. Foram muitos….Quais mesmo?

      • Naldo disse:

        Estamos batendo na trave, uma hora a gente acerta novamente. Vice da Libertdores 2009 e Vice Brasileiro 2010.

      • Elias disse:

        Prá quem torce, o título é muito importante, mas a vitória é mais. Pelo simples fato de que não se chega a um título sem conquistar vitórias. Que,às vezes, por motivos alheios à vontade da maioria, não chega. Agora, pros Hardy har har, essa quase lógica não vale. O que vale é reclamar…

      • Allan Morais disse:

        On the target.

      • Eugenio Raggi disse:

        Elias, histórias da Vida Privada: Quando eu consegui minha carteira de habilitação meus amigos fizeram um churrasco. Mas minha mãe disse: “Não fez nada além de sua obrigação”. Quando me formei na graduação ela repetiu a frase. Nas 2 vezes em que ela recebeu meu 1° e o meu 2° livro autografados ela repetiu a frase, com uma ironia no canto da boca. Só quando concluí meu mestrado ela disse: “Agora sim eu tenho orgulho de vc!” Da mesma forma que minha mãe me ama (e é MUUUUITO) eu amo o Cruzeiro.

      • vc, então, é uma espécie de mãe pro cruzeiro.

      • Dylan disse:

        pode ser que de certo, mas a observacao do Raggi é corretissima, esse trio de volantes é titular há nao sei quanto tempo e o Cruzeiro nunca ganhou nada com ele. Mas ainda acredito no trabalho do Cuca e apoio as modificacoes que ele julgar necessario. Mudar de treinador agora seria o pior que poderia acontecer ao Cruzeiro. especialmente porque nao tem um nome disponivel a altura.

      • Allan Morais disse:

        Olha o fim justificando os meios (ou os meias). Viva AB.

      • Hércules disse:

        Raggi, você tem problema é com volantes ou com time que joga recuado? Parafraseando declaração do T. Ribeiro: se não me virem na frente numa jogada de ataque, não se assustem, é que eu estarei na defesa marcando alguém. Mas o T. Ribeiro não tem rótulo de volante portanto isso não te incomodava não é?

      • Eugenio Raggi disse:

        Hercules, meu problema é amar demais o Cruzeiro e não aceitar que o elenco não tenha laterais, que Brandão seja colocado em campo, que Evertom jogue na lateral, que um dos volantes passe a vida dando passes pra trás e seja chamado de mestre, que Henrique continue exercendo sua preguiça, que contratemos jogadores como Brandão, Andre Dias, Ortigoza, Edcarlos, Pedro Ken…Meu problema é esse. Porque tudo que eu disse é fruto de enorme competência mas só eu não sei enxergar. Meu problema é esse.

      • raher disse:

        com essa formação nunca ganhou nada importante e nem vai ganhar e o pior a culpa do erro vai ser dele ( cuca). Quando será que vão descobrir que competir bem nun é ganhar.

      • Eugenio Raggi disse:

        Raher, quando jogavam Charles e Ramires, jogadores com mais recursos técnicos, p time até vislumbrava um padrão de jogo. Estes que ficaram são os piores, são limitados, brucutus, carregadores de piano.

      • raher disse:

        a melhor formaçao de meio de campo do Cruzeiro nos ultimos 4 anos foi Fabricio -charles e ramires – todos tres marcavam bem e saiam pro jogo com a mesma eficiencia, só que ramires com velocidade, fabricio com boa visão de jogo e charles com luta e bons chutes.

      • Hércules disse:

        Raggi, Brandão e Ewerton serão reservas domingo; alguns que vc citou nem pertencem mais ao elenco, portanto valorize mais as correções que estão sendo feitas.

      • Eugenio Raggi disse:

        Hércules, quanto tempo esse tipo de atleta leva pra deixar o time titular? Everton, pra mim, não joga nem pelada de rua aqui na Renascença, Brandão era titular no último jogo…

      • Eugenio Raggi disse:

        JS….se sou mãe do Cruzeiro eu não sei. Mas meu amor pelo Cruzeiro compete pelo que sinto por minha filha. Falando nisso ela já me perguntou se eu gosto mais dela ou do Cruzeiro. E eu demorei a responder…

      • raher disse:

        A ficha de alguns aqui ainda não caiu – foram vendidos os melhores: Charles, ramires, wagner, moreno e até gerson magrão era melhor. Ficou aqui os que ninguem quer: Paraná, henrique, etc. Pra se ver, conseguimos vender TH, WP, Kleber, bernardo mas esses dois vai ficar pra saldão de estoque.

      • Dylan disse:

        discordo totalmente do Elias de que vitorias sao mais importantes do que titulos. Se o Cruzeiros e contentasse so com vitorias hoje seria minusculo como o Atlético.

      • Dylan disse:

        e totalmente de acordo quanto a Fabricio, Charles e Ramires. O problema nao é jogar com tres volantes é quem sao estes tres volantes.

      • Ricardo Malafaia disse:

        Ao que tudo indica, Cuca colocará Fabricio para jogar ao lado de Paraná, Henrique e Montillo no meio campo do Cruzeirão amanhã. Parece que a ideia é tentar tomar e ficar com a bola por mais tempo que o Santos, ao mesmo tempo em que libera o Vitor para dar umas pernadas lá na frente e que dá um refresco pro Gil. Não concordo: com esta formação, Cuca abnega títulos conquistáveis, da importância do Jaeci das Américas e do M.Suzuki’s Assholes Championship.

      • simone b de castro disse:

        Tem gente que ama suas convicções, e não o CRUZEIRO! Fato!

  15. Elias disse:

    Incrível coincidência… “Oh dia! Oh azar! … Raggi har har?

    • Eugenio Raggi disse:

      Elias, vc lia muito a coleção “Pollyanna” de Heleanor H. Porter na infância? Vc faz sempre o “jogo do contente”? É sempre esse cara iludido, manipulado, acrítico?

      • raher disse:

        ele segue a #doutrina

      • Elias disse:

        Sou assim mesmo, um otimista invertebrado. Quem me conhece pessoalmente sabe que fui criado dessa forma e não arredo o pé do que entendo como certo. Acho que por essa razão obtive ( e estou obtendo) algum sucesso na vida. A vida nos ensina que tristeza não paga dívida. Desde 1967, quando , dentro do seio de uma família ateticana, resolvi optar pelo azul.
        Ah… nada entendo de”Pollyana”. Nunca li e pretendo nunca ler…

      • Elias disse:

        :) gostaram do “invertebrado”?

    • Allan Morais disse:

      Não tenho a pretensão de fazer a defesa do Elias, mas, futebol é meio irracional, supera qualquer análise cartesiana e envolve mesmo paixão, que no fim é o que vale. Ficar discutindo ponto de vista, certo e errado não encerra NUNCA a discussão e o que vale no fim é o sentimento, que não se comprova. É o amor pelo símbolo que faz de nós um grupo, que orienta e direciona. Dá-lhe Zeeee eeeeeee eeeeeeeeiro.

  16. Naldo disse:

    Eu quase afirmo que o Cuca lê o PHD.

  17. Hércules disse:

    A questão é simples, não temos jogadores com qualidade e juventude (simultaneamente), para prosseguirmos no esquema anterior. Sendo assim, utiliza-se uma formação que torne a equipe mais compacta e competitiva. É esse pouco como dizem alguns, ou nada.

  18. Sobrinho disse:

    O trio de ferro do Cruzeiro foi escalado para amanhã e o trio corneta de ferro do blog atuou pesado hoje! O Cuca ainda mata a cornetada. [2]

  19. Walterson disse:

    Este caso Batistti é um absurdo. Se ainda fosse por alguem que prestasse mas um vagabundo condenado é se sujar por pouco. Vai ver o advogado dele é o mesmo que conseguiu o habeas corpus para o médico que estuprou 37 pacientes enquanto estavam sedadas, o sr Tomas Bastos, beneficio este dado pelo Meretríssimo sr juiz Gilmar Mendes. o detalhe é que, tão logo conseguiu o hb, o tal médico escafedeu-se. Pena que tenha ido pro Líbano e não para a Itália.

    • Hércules disse:

      Walterson, o advogado do Battisti foi o conceituado Luís Roberto Barroso, a pedido da escritora francesa Fred Vargas, amiga do italiano. Apesar de habitualmente advogar junto ao STF, Barroso não é advogado criminalista. A Itália desprezou completamente o devido processo legal, o amplo direito de defesa, procedeu a um julgamento político, deu brecha para que o presidente brasileiro considerasse que havia fundadas razóes de perseguição política ao recusar a extradição e agora resolve chantagear.

      • Dylan disse:

        decisoes diplomáticas são casos de soberania nacional e competem ao presidente da republica. Esse caso nem deveria ter ido ao supremo, quem julga se acordos foram ou não respeitados é o tribunal de Haia, nao o STF.

      • Hércules disse:

        Dylan, não há questão jurídica que seja defeso ao Judiciário apreciar, e extradição é instituto jurídico suficientemente regulamentado. E a precedência da decisão do STF sobre a Corte de Haia vem justamente confirmar a soberania nacional. O STF deve se afastar, e o fez a contragosto do Sr. Gilmar “Luxemburgo” Mendes, quando o ato é meramente político, o que ocorreu com a decisão final do Presidente da República.

      • Hércules disse:

        Complementado: O tratado de extradição Brasil-Itália não prevê a submissão à Corte de Haia para resolução de suas desavenças. A Itália tá blefando, talvez para desviar o foco dos escândalos envolvendo Berlusconi. Pior que essa prepotência italiana foi ver que a população brasileira aderiu ao sensacionalismo e a imprensa se “esqueceu” das questões jurídicas e optou por politicar.

  20. Bruno Pontes disse:

    Queria estar lá.. mas a distância não vai permitir. E se os comentários estão escassos, a leitura continua diária.