Quem lê tanta notícia?

Por Jorge Angrisano Santana | Em 28 de junho de 2011

Os comentaristas do PHD são pessoas bem informadas. Os debates a cada novo post mostram que o pessoal capricha na busca de infrmações.

Pra democratizar a informação, o Síndico pesquisou e indica o que cada um lê. Vai servir pra quem busca dicas de leitura.

  1. Bueno – O Drible (jornal da AAA da Escola de Direito UFMG)
  2. Moema – Wall Street Journal
  3. Frede – Super
  4. Sobrinho – Aqui
  5. Dylan – Carta Das Kapital (armazém de secos e molhados cujo dono, Mino Carta, é um governista empedernido)
  6. Tate – Folhinha Mariana
  7. Geniba – Boletim da Sede Campestre do Cruzeiro
  8. Diogo – Folha Universal
  9. Walfrido – Estrago de Minas
  10. Xina – Boletim da OAB
  11. Bronzo – Araldo Italiano e Fanfulla
  12. Othon – Hoje em Dia
  13. Naldo – Jornal do Poste (quando vai a São João Del Rei)
  14. Evandrão – A Gazeta (primeiro jornal brasileiro, editado no Rio entre 1808 e 1822)
  15. Campos – Almanaque do Exército
  16. Arísio – Sete Dias
  17. Arreguy – Granma
  18. Chiabi – O Metalúrgico
  19. Chaves – Revista do Cruzeiro
  20. Vidigal – Jornal Afro Reggae
  21. Mariana – Capricho
  22. França – Placar
  23. Walterson – Jornal do Commercio
  24. Simone – Jornal das Letras
  25. Marra – Brexó
  26. Reis – Cometa Itabirano
  27. Raggi – Correio Evangélico
  28. Raher – O Estado do Paraná
  29. Jornalista – El País (de Montevidéu)
  30. Malafaia – Qualquer um desses distribuídos em botequins

O Síndico lê Veja, única publicação corajosa e investigativa do pais. Detestada pelos aloprados, como convém a uma publicação séria.

216 comentários para “Quem lê tanta notícia?”

  1. Franklin Bronzo disse:

    Schulman — Caderno deportivo CLARÍN.

  2. Franklin Bronzo disse:

    JPS — The Guardian (pra praticar o inglês).

  3. Eu, o Matheus Penido e o Claudinei Vilela pode anotar aí lê o Brexó.

  4. Walterson disse:

    “Veja, única publicação corajosa e investigativa do país”. AHAHAH, o Síndico é um pândego!
    Daniel Colorado pra Carvalho – O Colorado ou o jornal do Inter.

    • Dylan disse:

      os tucanos nem produzem mais boletim informativo. So mandam a Veja pros filiados.

      • tucanos x aloprados: será que esta briga jamais vai se acabar?

      • Palmeira. disse:

        Os PTralhas não se conformam com o jornalismo investigativo de FSP, Estadão, Veja e Organizações Globo, que descobrem e publicam as falcatruas desta cor.ja que se apoderou de Brasília. Não fossem estes veículos não tomaríamos conhecimento do mensalão, dos superfaturamento de obras públicas, do enriquecimento ilícitos. Para os PTralhas a população deve se limitar a ler Carta Capital, Piaui, Record e Caras.

      • claudioxinalemos disse:

        Incrível a falta de respeito de alguns. Só para não ser tão derrespeitoso não vou falar da existência dos psdbtralas, estaria ai em dois sentidos de serem umas tralhas velhas, retrógadas e ressentidas e o sentido psdb(metra)tralhas.

      • Danilo_VIX disse:

        Essa discussão seria cômica se não fosse tràgica. Não sei qulé o lonce, discutir politica igual futebol!!! Futebol ainda và, cada um tem seu time… Mas polîtica não deveria ser tratada assim, por nenhuma das duas partes!

      • Mauro Franca disse:

        Desrespeito com quem Xina? Vocês reduzem tudo a um combate ideologico, totalmente sem sentido, que, isso sim, ofende a inteligencia das pessoas. O aparelhamento do estado é uma realidade, não é invenção de imprensa. Assim como superfaturamento de obras publicas, o que a própria Policia Federal apontou em relatorios, entre tantas outras coisas. Deixa esse ranço ideologico de lado e abra os olhos.

      • Mauro Franca disse:

        Não tem essa de duas partes, Danilo. Esse maniqueismo de bem contra o mal é conveniente aos propositos de quem se serve do estado para os seus interesses, conmtra os interesses de quem paga impostos em dia. Esconde a verdadeira discussão. A questão está bem acima dos interesses partidarios.

      • Palmeira. disse:

        Xina, não compartilho com roubalheiras de quem quer que seja. Não sou filiado a nenhum partido. Se o s@f@ado é do partido A ou B, pouco importa. Deve ser punido com todo rigor. Pena que isto só acontece com os pobres e pretos. Pago impostos diretos e indiretos que fazem muita falta do meu orçamento e me aborrece muito saber que são usados da pior forma possível.

      • Dylan disse:

        no mundo do Plameira a rede globoe a veja são veiculos sem nenhum interesse polítcio ou empresarial, apenas veículos comprometidos com a causa pública e empenhados em fazer um mundo melhor…acreditar em papai noel é menos inocente.

      • Dylan disse:

        como falar em liberdade de imoprensa se no Brasil existe propriedade cruzada de veiculos. Uma mesma organização e´dona de tv a cabo, de radio, de jornal, de televisão. Pode perder dinheiro pagando caro para colunistas escreverem de acordo com seus interesses emprsariais enquanto faturam milhoes em televisão

      • claudioxinalemos disse:

        Uau, Mauro França esta com a macaca. “Xina? Vocês reduzem tudo a um combate ideologico, totalmente sem sentido, que, isso sim, ofende a inteligencia das pessoas” onde vc me viu reduzir alguma coisa. Vem um cara chamar de PTralha e eu que reduzo a combate ideológico? Você deve estar com algum problema hoje, deve estar nos seus dias. Lembra quando eu te chmava de sobrinho do capitão? Vc esta cada dia pior.

      • claudioxinalemos disse:

        Mauro França – Maniquéismo de bem contra o mal? Só se for do Jorge e do Palmeira que acham que o Pt Come criancinhas. Sério, vc já acordou?

      • Palmeira. disse:

        Os PTralhas não comem criancinhas, mas roubam o dinheiro que poderia alimentar tais crianças. Simples.

      • Palmeira. disse:

        Dylan, toda atividade, até a igreja, tem interesse comercial e não seriam os veículos de comunicação que fariam voto de pobreza, com o intúito de informar. Alguns veículos, todavia, só pensam no comercial e bajulam o governo como fazem a Carta Capital e rede record.

      • claudioxinalemos disse:

        Palmeira isto é ridículo em todos, preste bem atenção, todos os partidos ocorre isto. Basta vc prestar atenção no ninho do tucanos lá em SP. Então não me venha com PTralhas. Politicostralhas eu concordo, agora generalizar um partido é uma carlhordisse.

      • claudioxinalemos disse:

        A Veja não Palmeira…kkkkkkkkkk, tenho que rir. Você tem treinado para CVM?

      • Palmeira. disse:

        Xina, não perdoo nenhum partido político, mas o PT é o pior de todos. Foram contra tudo de bom que outros governos fizeram (privatização de empresas improdutivas e deficitárias, estabilização da moeda, responsabilidade fiscal) e depois, no governo, de apoderaram de tudo e desconstruiram tudo que foi realizado anteriormente. Para os menos informados o Brasil foi descoberto em 2003. Para voce também?

      • Palmeira. disse:

        Comissão de Valores Mobiliários? Tenho conhecimento porque sou certificado pela ANBID.

      • Walterson disse:

        Privatização de empresas deficitárias? Sei, algo como a Vale, certo? Se deixam os tucanos privatizariam outra empresa altamente deficitária, a Petrobras. E cadê o dinheiro da privataria?
        Não entro nesta de que os PTralhas são o que de pior já pintou no governo pois cada um consegue superar o anterior em calhordisse. Apesar do Mensalão (que começou com os tucanos, diga-se) e os dólares na cueca, o PSDB foi pródigo em escândalos, nenhum investigado.

      • Walterson disse:

        Isto porque contavam com o Engavetador Geral da República para impedir as investigações. O anterior pelo menos denunciou o próprio presidente como componente de uma quadrilha organizada para assaltar o erário. Ou seja, se há governo (pelo menos no Brasil) há corrupção; logo, si hay gobierno, soy contra.

      • Palmeira. disse:

        Walterson, voce não faz idéia de como a hiperinflação mascarava as contas do governo, que não pagava correção monetária para ninguém. Quando veio a estabilidade em 1994, o governo teve que se comportar em gastar o que arrecadava e sem inflação. Em relação à Vale procure comparar seus números antes de depois de privatizada. Para alguém, como vc, que está dentro de uma estatal é difícil imaginar trabalhando na iniciativa privada.

      • Palmeira. disse:

        O PT é tão estatizante que conseguiu fincar o pé dentro da Vale e se apoderar de todos os fundos de pensão, embora estes sejam de propriedade dos funcionários das estatais. Os cordeirinhos ficam caladinhos vendo o PT negociar participações dos fundos em empresas privadas, comprar e vender ações com gordas comissões.

      • Walterson disse:

        Palmeira, não nasci dentro de estatal. Comecei minha vida profissional na iniciativa privada e conheço muito bem os dois mundos. E na época eu não trabalhava na PB, mas era contra sua privatização. Compare os números da Vale, uma empresa que foi vendida por meros US$ 3 bi, em moeda podre, e em um ano já estava valendo mais de US$ 200 bi. Isto é competência ou tem outro nome? Voce decide.

      • Walterson disse:

        Este uso dos fundos de pensões não é exclusividade dos PTralhas, pois foram largamente utilizados na privataria.

      • claudioxinalemos disse:

        Palmeira realmente vc levantou bem inspirado. Quer dizer que as empresas privatizadas eram deficitárias…Então isto explica com certeza porque o BNDS financiou a juros modicos a venda das Estatais “deficitárias”. ??? Hein??? O Governo vendeu e quem pagou foi o seu próprio banco!!!!! Brilhante idéia do Sérgio Mota.

      • claudioxinalemos disse:

        Ah, e, tem também os pagamentos feitos pelos fundos de pensão, à épca geridos pelo PSDB, que foram os unicos a pagar pelas empresas “deficitárias” além do BNDS. Realmente Palmeira, vc esta querendo tomar do chaves o título de CVM.

      • Palmeira. disse:

        Xina, voce é muito mal informado. O leilão da CVRD teve a participação de todos maiores grupoes empresariais do país, onde poderia ter participação de empresas estrangeiros, mas liderados por brasileiras. Quando foram abertos os envelopes, havia a diferença inferior a 20% e nesse caso o leilão foi para o viva-voz e o grupo do Antonio Ermírio de Morais desistiu por achar que o preço estava muito alto, com ou sem financiamento BNDES

      • Palmeira. disse:

        Somente os pelegos do governo não reconhecem os méritos e as vantagens da privatização, tanto para os servidores, para o país e para o Estado. Um exemplo: A CST nunca havia dado um centavo de lucro até ser privatizada. Hoje é um big de uma empresa lucrativa, recolhe impostos ao Estado. Investiu em controle ambiental, ampliou sua capacidade produtiva e multiplicou seu faturamento. Pergunte ao Chiabi se ele prefere a empresa de hoje ou a estatal da década de 80 e início de 90?

      • Palmeira. disse:

        Walterson, voce também está muito desinformado ou não quiz comprar as ações que tinha direito, através do fundo dos servidores, quando da privatização das empresas citadas. Um servidor que adquiriu a sua cota de ações da CVRD lucrou mais de 1000% se tivesse vendido as ações em 2003/2004. Se ficou com elas o lucro é ainda maior. Se vc olhar em termos de impostos recebidos pelo governo e de reservas internacionais, é impossível reconhecer as vantagens. Ou é má vontade.

    • Pedro disse:

      walterson, veja o que seu partido acha da vale: http://migre.me/53nR6 cara… vc é sem noção. parte da vale foi vendida por 3 bi, outra parte ficou na mão do governo e outra parte foi vendida para quem quis entrar em fundo com o fgts. demorou mais de 10 anos para ela chegar a 200 bi, não só 1 ano. isto, ao contrário do seu raciocímio, é a prova de que a privatização foi ótima, e não o contrário. é a prova de que a iniciativa privada é bem mais capaz que o governo para crescer e gerar emprego

      • claudioxinalemos disse:

        Pedro e Palmeria daria uma dupla sertaneja. O Reinaldo Guru do Pedro é um blogueiro que não pode ser levado a sério. Putz citar o Reinaldo é como citar o Cosme Rimoli. Patético. Dessespero de causa. Palmeira teve varios particpando, mas sabe como é né o preço lá embaixo, beijamin ganhando tudo, junto com o oportunity lembro bem. E, tudo pago pela viúva.

      • Pedro disse:

        não gostar de um blogueiro ou outro tudo bem, mas ser distraído ai já é demais. perceba que o post do blog do reinaldo é a íntegra de um documento assinado pelo pt. depois até onde eu saiba esse lance do opportunity tem tudo a ver com gente deste governo e por ai vai.

      • Palmeira. disse:

        xina, então leve à sério o Paulo Henrique Amorim ou o Nacif, ambos “paitrocinados” pel viúva. em relação ao preço, acho que terei de desenhar para voce entender: o leilão foi de viva-voz, ou seja, quem apresentou as maiores propostas, disputaram de viva-voz quem levaria o controle acionário da empresa. Desse jeito dá para ter falcatrua? Entedeu ou quer que eu desenhe e mande para voce?

      • Walterson disse:

        Reinaldo Azevedo? Passo. O Xina disse bem ai acima, o problema foi o valor irrisório estipulado pelo Governo. E onde foi parar a grana da privataria? Quem chamou este processo de privataria foi o Elio Gaspari, muito mais crível que o RA citado, que foi muito bom para o Eremildo, o idiota. Quando foram privatizar a Fernão Dias e a Regis Bittencourt, os lances brazucas foram em torno de R$6,00/pedágio mas foram arrematados pelos espanhóis por R$1,00 e R$1,10, respectivamente.

      • claudioxinalemos disse:

        Palmeira você acredita em Papai Noel. Quem citou Paulo Henrique Amorin e Luis Nacif foi você, mas eu gosto muito do Nacif, sempre li, desdes os tempos antigos, pois a coluna dele na folha é de outrora. Agora eu não citei o Nacif, também não, não falei quem era bom, quem era ruim. Mas Reinaldo é patético. Assim como o seu credo, ou você é muito ingênuo ou não consegue raciocinar direito.

  5. Palmeira. disse:

    O.T.: >”É um demagogo, pode escrever aí. O Tostão não precisa ficar falando. Ele teve mais sorte que do os outros, é médico, não sei nem se é ele que escreve aquela coluna lá no jornal. Mas tem gente que não foi preparada. Esse filho da p… deveria falar algum tipo de verdade. Não gosto nem de falar”, comentou Torres.” Resposta de C.Alberto Torres à Tostão, que é contra a aposentadoria aos campeões do mundo, às custas da viúva.

    • Palmeira. disse:

      Se merecem receber ajuda, quem deveria pagar seria a CBF, que tem uma receita imensa com patrocínios às custas do nome do futebol brasileiro e seus jogadores. Diga-se de passagem, que não há transparência de como é administrado esta receita. Para receber pensão da Viúva precisam contribuir com a previdência oficial por, pelo menos, 30 anos. E esta turma, ao que parece, nunca contribuiu.

    • Pedro disse:

      ca torres é só mais um típico brasileiro, como o dylan e o xina, que acha que é obrigação do governo até mesmo limpar o dele qd caga.

    • Walterson disse:

      Bando de fdp, que ganhou dinheiro (muuuuito) e notoriedade graças ao futebol, esporte que eu pago pra praticar, agora quer ficar nas minhas costas. Quando eles estavam se esbaldando em festinhas e comendo as menininhas, aposto que nunca lembraram que existe aposentadoria e, muito menos, contribuinte. Quero mais é que se phodam.

      • Walterson disse:

        Bando de honoráveis senhores, que ganhou dinheiro (muuuuito) e notoriedade graças ao futebol, esporte que eu pago pra praticar, agora quer ficar nas minhas costas. Quando eles estavam se esbaldando em festinhas e comendo as menininhas, aposto que nunca lembraram que existe aposentadoria e, muito menos, contribuinte. Quero mais é que se phodam.

      • Rogério disse:

        Concordo totalmente, cada um que preocupe e pague sua própria aposentadoria.

    • Naldo disse:

      O Tostão não teve sorte, ele estudou para ser médico. Ninguem se forma em medicina por sorte. Esse Carlos Alberto Torres tá é querendo aparecer. Ô cara antipático! Deve tá fim de dar uma mamadinha tambem.

  6. Dylan disse:

    eu, na verdade, leio cada vez menos revistas semanais….

  7. Leo Vidigal disse:

    O Afro Reggae era um ótimo jornal, com o qual colaborei e ajudei a distribuir aqui em BH. Pena que acabou, mas eles passaram a fazer trabalhos muito relevantes com o pessoal de Vigario Geral e outras comunidades, inclusive aqui em Bh, no Taquaril.

  8. Othon disse:

    hahahaha…Hoje em Dia e Folha de São Paulo….falando sério, nunca li o HeD, parei de ler o EM tem um tempinho ja, depois que virou um feudo do ex governador…leio a Folha e domingo, as vezes eu compro o Globo…

  9. mariana disse:

    Nossa, me deu até saudade da época em que lia Capricho há uns 12 anos atrás… Antigamente era A revista para as meninas dos 13 aos 18 anos. Hj o Neymar é o “garoto capricho”, não precisa falar mais nada.

    • julimbh disse:

      O Neymar é o garoto capricho… putz!!! Daí me pergunto como o Tião Macalé não foi ídolo do mulheril… eita como os tempos mudam…

    • simone b de castro disse:

      Na minha adolescência eu também lia Capricho, Mariana. Os garotos eram bonitos de verdade. Agora é quem tem dinheiro, tipo o chatinho e feioso Neymar…

  10. Cambada, este post não é político. É apenas um pretexto pra se discutir a liberdade de imprensa. Boa prosa pra todos!

  11. Leo Vidigal disse:

    E realmente a política tem se tornado muito complicada, tenho preferido me informar nos blogs e outros meios na rede em que tais assuntos são tratados mais em cima do lance. E se a CC é armazém, a Veja é hipermercado, está a serviço de quem paga mais. E não dá para levar a sério a maior parte da imprensa. Jornais como Folha e Estadão têm praticado um denuncismo seletivo. Se funcionários da Secretaria de Saúde de SP são pegos no “malfeito”, é algo isolado. Se é no governo federal, é coisa do PT.

    • julimbh disse:

      A Veja e a Folha nem pra queimar serve, duas empresas que eu não simpatizo pelos métodos jornalísticos empregados… (não precisa dizer nada sobre o Plim Plim), o Estadão ao menos tem definida e explicitada sua linha política, o que o deixa mais coerente como que é produzido pelo jornal..

      • Dylan disse:

        o Estadão é o mais honesto.Pelo menos tem coragem de assumir em editorial que tem candidato. Isso faz com que os leitores cobrem isenção nas reportagens como nos Estados Unidos. A Veja e a Folha não assumem, denunciam conforme seus interesses e interesses dos politicos a que estão ligados. Também migrei pros blogs faz tempo.

      • Danilo_VIX disse:

        Sò não vale o blog do Luis Caarlos Azenha, o “Vi o Mundo”!

      • julimbh disse:

        Pra mim a Veja e a Folha representam o que há de mais arcaico e ultrapassado na “democracia” brasileira, que já há algum tempo é uma geradora de excessões e excessos por parte de quem a compõem (em sua maioria não é uma regra)… AHAHAH mudando de assunto um pouquinho, li essa semana que a Marina Silva está deixando o PV para criar um partido próprio… É o fim da picada…

      • Walterson disse:

        A FSP tem onbudsman pra isto. E se voce reclamar, com certeza terá repercussão interna.

  12. julimbh disse:

    Bom, eu ando lendo o periódico da associação dos churrasqueiros aqui da Austrália… não tem nada de instrutivo ou cultural, mas tem umas receitas bem interessantes… mesmo com o churrasco deles sendo bem sem tempero… o blog do Rob Rainford (license to Grill) é bem legal tb…

    • Palmeira. disse:

      A carne daí é melhor que a nossa? E o preço?

      • julimbh disse:

        Cara o corte daqui é muito diferente do que a gente tem no Brasil, a picanha (Rump) por exemplo, é cortada perpendicularmente ao nosso corte, assim você vê algum nervo e nó na picanha, um desperdício. Fui ao açougue e pedi ao cara pra me dar a peça inteira (Rump Cap) ele se recusou porque ele iria inutilizar o resto da peça dele e ia perder a “Tender property”. O preço aqui é uma piada de mal gosto, o quilo da picanha boa é AUD 40,00 – sendo que AUD 1,00 = US$ 1,05, daí vc vê…

      • julimbh disse:

        O ponto alto aqui é carne de carneiro… um espetáculo, nunca tinha comido um carneiro tão bom quanto o daqui… bem suculenta, e aqui eles tem a manha com uns cortes mais finos do carneiro (neck cutlets), que eu nunca havia visto no Brasil, pelo menos em BH…

      • Palmeira. disse:

        Mas a picanha não tem nervo!! Deve ser contra-filé, não? Bom, eu achava que pela tradição da carne australiana o preço era mais em conta e a qualidade muito boa. Pelo visto, sou mais a carne goiana, mais macia e mais suculenta do que de outras regiões.

      • julimbh disse:

        Justamente a picanha, no nosso corte não tem nervo, só que aqui o corte é transverso ao nosso, o contra-filé entra no corte australiano como picanha, como vc bem falou… Tb não troco nossa carne de boi na deles não, mesmo com a tradição pecuarista aqui, que é forte, mas menor do que eu supunha antes de chegar aqui…

  13. Frede disse:

    Ainda acho caro investir 25 cents de reals em um jornal.

  14. Mauro Franca disse:

    A Placar hoje não é nem a sombra da revista que foi nos anos 70. Ainda assim tem algumas materias interessantes. As edições especiais valem a pena.

    • Dylan disse:

      eu ate hoje releio Placar dos anos 70, me impressiona como os textos eram bons, como eles tinham uma preocupação de cobrir o futebol e norte a sul com correspondentes em todas as regiões numa época em que esse tipo de comunicação era muito mais dificil. Sem contar a qualidade gráfica, fotos maravilhosas.

    • julimbh disse:

      Mesmo dando o braço à torcer, a saída do Juca Kfouri da Placar, transformou e muito a revista, pra pior… em 95 quando a placar adotou o modelo “revistão”, foi o fundo do poço; Hj a revista deu uma melhorada, mas o que acontece é que nos dias de hoje, com o advento da internet, manter uma revista mensal, é complicado, o conteúdo tem que ser monstruosamente interessante e atrativo.

      • Dylan disse:

        certamente, Frede mas não fui eu que disse que o Santos que ganhou Libertadores, copa do Brasil e dois paulistas não era um time. Segundo o Sobrinho foi voce, o que apenas demosntra sua portentosa capacidade da analisar o futebol moderno.

      • Frede disse:

        Mas foi vc quem analisou o vaxco como time ultramoderno. E eu me referia ao Santos do início da COpa do Br de 2010, isto é, ao Santos treinado pelo mito DJ. Se vc reparar o atual Santos é mto mais consistente que aquele do início do ano passado. Não toma tantos gols, muito melhor postado em campo. Uma das coisas do futebol moderno é que ele é mto mais dinâmico que o da década de 70. Anote ai.

      • Frede disse:

        E eu tbm não disse que o Santos não tinha capacidade de campeonar em copas, principalmente pela catigoria do Ganso e Neymar.

      • Palmeira. disse:

        Eu também colecionava a revista Placar na década de 70. Se não me engano ela chegava às bancas da minha cidade toda quinta-feira e a minha já ficava reservada. Tinha todas bem guardadas, inclusive esta sobre Roberto Batata.

    • Matheus Reis disse:

      Alguém aí já leu a Revista da ESPN? Eu não peguei a Placar, mas fiquei com impressão de que essa nova revista foi uma tentativa de resgatar o estilo da Placar.

      • Palmeira. disse:

        Matheus, os tempos são outros. A agilidade da internet acabou com o mercado das revistas e jornais impressos. Não faz sentido voce comprar uma revista/jornal para ler uma notícia que foi amplamente divulgada pelos blogs e portais das próprias revistas e jornais.

      • Matheus Reis disse:

        Concordo. É um processo similar ao que acontece com os cd’s. Mas acho que as revistas conseguiriam uma sobrevida investindo em reportagens e entrevistas que não têm tanta ligação com a notícia imediata, em primeira mão. Esse parece ser o caso da revista do Tio Krusty.

  15. Rogério disse:

    No geral, as publicações tem baixa qualidade, mas dá tirar algo de bom de tudo que lemos, é só saber filtrar as informações. Por exemplo, do Aqui e do Super sempre tem umas gostosonas na capa.

  16. simone b de castro disse:

    Prefiro ler livros para não passar raiva. Estou lendo atualmente um chamado “Anjos”, contando casos de pessoas que viveram situações de perigo e sentiram que foram salvas por um anjo. Já li muitos jornais, mas hoje só leio se estiverem à mão. E leio, de 2 em 2 meses, a revista do Cruzeiro.

  17. Matheus Reis disse:

    Em Itabira, a imprensa passa por algo similar ao que ocorre em Minas. A situação lá é de quase-controle e os jornais que alcançam a maioria da população não noticiam as falcatruas da prefeitura. O ‘Cometa’ é um dos únicos – senão o único – que questiona. Um herói da resistência.

    • Beth Makennel disse:

      É o mesmo que meu irmão fala. Triste né?

      • Matheus Reis disse:

        Triste demais, Beth. E o pior de tudo é que Itabira vai se tornando uma cidade sem oposição política. A oposição que havia era do PT, mas que foi adoçada com cargos na Câmara. Isso, inclusive, rachou o partido na cidade, sendo necessária a intervenção do diretório estadual. Numa câmara com 11 vereadores – autorizaram o aumento para 19 em 2012 – 2, se muito, são oposição. Nego nada de braçada…

      • Dylan disse:

        já escrevi pro cometa itabirano e muito me orgulho disto.

      • Matheus Reis disse:

        Quando foi, Dylan?

      • Beth Makennel disse:

        Na verdade Itabira esta sempre dominada por políticos de outras cidades. Os verdadeiros Itabiranos estão permitindo a cidade ser tomada politicamente por forasteiros interessados é nos impostos pagos pela Vale. Com o dinheiro que é arrecadado pela cidade, era para nossa Itabira estar muito melhor do que esta. Até acho nossa cidade cada dia maior e mais linda, mas é muito pouco diante de seu poder aquisitivo. Deveria ter mais falculdades públicas, mais diversificação de firmas e empresas… etc.

      • Dylan disse:

        Matheu, foi ali por volta de 2007/2008.

  18. Beth Makennel disse:

    Eu, hoje, leio muito mais o que encontro na internet. Sinceramente, ás vezes dou uma olhada no EM que meu irmão assina, mas, percebo coisa falsa em tudo quanto é mídia de MG e mesmo deste nosso Brasil afora. Pouco se aproveita de coisas boas. Sinto que são mídias pagas a publicar o que querem que o povo coma, o que querem que o povo compre, o que querem derrubar o que querem elevar… Itabira por exemplo é e sempre foi uma mídia tendenciosa a interesses de poucos. A cidade sempre injustiçada.

  19. Beth Makennel disse:

    Hoje em dia, minhas preferências são Revista do Cruzeiro e a revista De Fato de Itabira. Quando recebo o jornal O Cometa Itabirano, também gosto muito. No mais, acho que ando meio que de mal desta mídia de BH.

  20. Daniel Carvalho - Porto Alegre disse:

    Fontes jornalísticas: o Correio do Povo e a Zero Hora(jornalismo de primeira). Em Minas, leio, um pouco, de todos.

  21. Beth Makennel disse:

    Tive a honra de ser convidada pelo conselheiro do Cruzeiro, Dr. Hermínio Lemos a participar do evento de homenagens a conselheiros, ex-conselheiros, ex-presidente, e demais pessoas importantes na história dos 90 anos do Cruzeiro, lá no clube do Barro Preto, ontem 27. Gente, fiquei muito lisonjeada pelo convite e senti muita alegria em vários momentos. Foram homenageados 7 senhores que são conselheiros do clube há mais de 50 anos. Uma senhor de cabelos branquinhos, dificuldades no…..

    • Palmeira. disse:

      Parabéns, Beth!

    • Walterson disse:

      Beth, este pessoal participa da administração do clube?

      • Beth Makennel disse:

        Waterson, claro que participam. A maioria são nossos conselheiros que tanto ajudam os presidentes a saber decidir o melhor para o clube e isto a gente não pode reclamar pois nosso clube é o maior clube brasileiro do século XX e passamos á frentes de 2 clubes que já foram os primeiros em MG e de um clube de MG, hoje, somos sem dúvida alguma, um clube do mundo com 9 milhões de torcedores nesta nação azul 5 estrelas. Outros são pessoas que fazem ou fizeram coisas importantes pelo clube nos 90 anos.

  22. mariana disse:

    Leio pouco jornal e revista, esporadicamente passo o olho. Mas o jornal “Cidadania” de São Tiago eu sempre leio. É engraçadíssimo e uma ótima fonte pra quem fica longe da cidade.

  23. Beth Makennel disse:

    … no caminhar, conselheiro do nosso Cruzeiro já por 67 anos. Muito lindo, né mesmo? Também, foram homenageados o Dr. Francisco Lemos que há mais de 50 anos trabalha em prol do nosso clube com dedicação total e muito amor. Pessoa que conheço e que sei ama o Cruzeiro de paixão. Também, foram homenageados diretores de futebol, clube dos clubes de lazer da Pampulha e Barro Preto( Ercílio que conheço e que todos domingos esta lá vigilante e atento a tudo para manter a ordem e a alegria a todos )

  24. Beth Makennel disse:

    Também, foram homenageados, o Minsitro de Supremo Tribunal de Brasília que é um Cruzeiro de 1ª e que fez um discurso que muito mexeu com nossa emoção de torcedor celeste. Também, mais 2 desembargadores, presdente OAB( ex ), todos Cruzeirenses que foram homenageados com o Raposão de Ouro. O César Masci, um dos nossos grande ex-presidentes, também foi, merecidamente, homenageado. Também, representantes das ” Peladas”, “Peteca”, Boche, dos 2 espaços de lazer, foram homenageados com placas……

  25. Elias disse:

    Falando em polêmica, e as declarações do Carlos Alberto Torres com relação ao Tostão, hem? Quanto destempero, quanta falta de linha. Que sujeito tôsco, meu povo…

    • Rogério disse:

      Quanto oportunismo também, mais uma que acha normal mamar nas tetas do governo.

    • Dylan disse:

      pior é a ex mulher do Roberto Carlos associando hom.ossexualismo à pedo.filia. Descontada a ironia de alguém que se elege com voto da igreja vir falar de pedofilia, está a própria igno.rancia, o obs.curantismo, a bur.rice de uma pessoa totalmente despreparada pra representar quem quer que seja.

      • Rogério disse:

        Uai, não pode ligar Homossexualismo a pedofilia, mas igreja a pedofilia pode??

      • Walterson disse:

        Pedofilia é coisa de vi.ado.

      • Sobrinho disse:

        Preconceito contra religião. Pode isso, Arnaldo?

      • Dylan disse:

        de jeito nenhum, tanto que ninguém fez essa generalização, ninguém aproveitou esse flanco quando ela estava em campanha.

      • Frede disse:

        que que isso tem a ver com o que o Tate colocou?

      • Dylan disse:

        eu dei um exemplo de outra declaração destemperada, Frede. Se alguém deveria fazer algum reparo seria o proprio Tate. Voce não é autor do comentário, nem dono do blog, portanto está apenas se metendo no que não é da sua conta. Volta pra sua patota…

      • Frede disse:

        Abre um outro comentário e comenta as coisas que vc achar interessante, cara. Pára com essa mania de perseguição infantil. Vc não foi o único a comentar fora do assunto mas o único a ficar melindrado. Se vc colocou no blog é para ser lido, pense antes de escrever ou não escreva se não pode ser comentado da forma que a pessoa bem entender. Vc é um menino mimado. cruzes.

      • Chaves disse:

        Vai se fu.der, Dylan. Até um simples comentário do TATE você consegue tumulutar. Vai se fu.der mesmo. Que cara mala. Você não tem amigos e prezares na vida nao? Vive me função de ficar tulmultuando um blog. Se você não percebeu, muita gente aqui do blog discorda de tudo que o JS fala, mas não fica tulmultuando como vc faz. Qual o seu objetivo? Numa boa, eu admiro a paciência do JS. Manter um blog desse de graça e ainda ter que aturar vc é duro.

      • Dylan disse:

        calma meninos, eu que to tumultuando? voces estão totalmente destemperados. Se não gostaram do meu comentário bastava passar.

      • Othon disse:

        por isso que eu falo que se EU fosse dono do blog, uns 3,4 ja teriam sido limados daqui…mala é pouco…

    • Palmeira. disse:

      Elias, eu citei o link do uol acima. O sujeito chama o Tostão de FDP só porque este não concorda que a Viúva pague pensão para ex-campões.

    • Naldo disse:

      Comentei isto lá em cima. É uma toupeira.

  26. Beth Makennel disse:

    … O Hermínio, fez um discurso maravilhoso, encantando o coração de qualquer Cruzeirense que se preze decantando nosso amado Cruzeiro e nossos importantes hérois nesta caminhada de 90 anos. Mas, fiquei muito feliz, ainda mais, quando fizeram uma justa homenagem ao Zezé Perrela que lá estava, me parecendo meio triste, mais magro. Foi homenageado e tomou até um susto, acho não esperava a homenagem e todos do salão aplaudimos nosso grande presidente….

    • Frede disse:

      ZZP? deve ter emagrecido com a preocupação pelo estado de saúde do Itamar Franco. Não deve nem dormir e se alimentar mal…

    • Othon disse:

      Beth, com todo respeito que vc merece e merece muito, mas nosso grande presidente é pra muita gente, eu nao me incluo nesses que acham o atual mandatário como um grande presidente, alias, conheço um monte de pessoas que nao se incluem nesse roll de “nosso grande presidente”… pra mim, só cego ou bobo que nao quer enxergar as mazelas da atual adm do Cruzeiro…mas deixa pra lá, ja falei demais sobre isso, ta ficando cansativo ja… so pra lembrar, nosso nao, estou fora desse contexto…

    • Chaves disse:

      Zezé Perrella – Ídolo Eterno: Tostão, Joaozinho, Dirceu Lopes, Niginho, Piazza, Alex, Dida Felicio Brandi, Carmini Furleti e Zezé Perrella são os 10 maiores ídolos da história do Cruzeiro. Uma pena que simpatizantes como o Othon, leitor do Hoje em Dia, persegue o Zezé sem motivo algum.

      • Othon disse:

        é…sem motivo…Gustavo Arribas , Kia Jorabchian, Leo Rabelo e Reinaldo Pitta que o digam…

      • Othon,
        Você cisca mas não prova nada.
        Citar o nome de empresários como Alexandre Martins e Reinaldo Pitta com os quais o Cruzeiro tem relacionamento desde 1992 quando o Ronaldinho veio parar no clube, não denigre a imagem do presidente.
        Léo Rabello também é desta época ou quem foi que trocou 10% do Ronaldinho no Toto ?
        Quem trouxe Roberto Gaúcho para o Cruzeiro ?
        Mas, Léo Rabello é terrorista líbio, tem atração por bombas … kkkk

      • Othon disse:

        Joao, hora nenhuma eu disse que vc mama a teta do Cruzeiro ou algo que o valha, muito pelo contrario,seibem so seu sucesso profissional… se vc enendeu o que eu dsse como sendo endereçado a vc, me desculpe, mas vc entendeu errado… sobre as provas pra acusar, foi o que eu te disse… quem viver, VERÁ!!! aguarde cenas dos próximos capitulos… um abraço, Othon

    • Othon disse:

      João, nao me entenda mal, nao adianta discutir contigo, vc faz parte da turma dos cegos e surdos, tudo que o mandatario diz, vcs baixam a cabeça e acreditam nas ” verdades ” ditas por ele…

      uma vez tivemos uma ” discussão ” no Twitter, ta lembrado ? pois é…aguarde meu amigo…vai sobrar pra muita gente, inclusive conselheiros antigos que mamam na teta do Cruzeiro ha muito tempo…

      • Não sou cego e não sou surdo.
        Mas, também não sou leviano.
        Manchar a honra das pessoas, nem com elas estando endividadas, me dará prazer.
        Eu sou dos que prefere ser tardio ao acusar, gosto de ter documentos e evidências.
        Talvez seja por isto que não tenha que baixar a cabeça, posto que, não mamei e não me locupletei em teta alguma, a não ser ter tido a sorte de nascer na família que nasci. Nunca fui rico e jamais o serei. Mas, vivo com conforto.

      • Um dia você vai me entender melhor… quando os anos se somarem à sua idade.
        Aí talvez você entenda que discutir, resenhar, tirar sarro é lícito e convém, mas, que existem outras coisas que é melhor largar de mão…
        Deus e a natureza se encarregam do resto, com certeza.
        Um grande abraço – João Chiabi Duarte

  27. Beth Makennel disse:

    … Acho que faltou homenagear o Alvimar que lá estava e que nos premiou em sua administração com a tríplice côroa. Estas homenagens são importantes, quanto mais que estamos completando 90 anos de existência e aqules que fizeram muito pelo clube merecem a homenagem.

    • Othon disse:

      eles ja foram homenageados, Beth…a vida da financeira familia mudou da agua pro champanhe….

      • Othon,
        A sua raiva é ver o enriquecimento dos Perrelas. Será que isto foi feito às custas do Cruzeiro ou foi decorrente dos negócios deles, do tino comercial inegável que eles têm… Dê um exemplo CONCRETO bicho… este papo seu tá qualquer coisa… você já tá prá lá de Marrakesh!!!

      • Othon disse:

        Joao, do que adianta eu te dar um exemplo concreto? pra vc nao muda nada, o que eu disser ou deixar de dizer, pra vc nao muda… mas aguarde, em breve vcs terão boas surpresas… e outra coisa, se ele enriquecer ou empobrecer eu to pouco me lixando, desde que o enriquecimento seja licito, o que nesse caso ta bem perto de ser provado que não é…

  28. rosan amaral disse:

    Sachi, ex técnico da Azurra afirmou em certa ocasião: o futebol é a coisa mais importante dentre as coisas que não tem importância alguma. Política é coisa séria. Não se deve misturar os assuntos. Não se constroi democracia sem partidos sólidos. Generalizações contra os partidos é desonestidade intelectual. Este lugar aqui é para cultuar amizades e respeito mútuo.

    • Walterson disse:

      Voce só conhece realmente um partido político quando ele assume o poder. Antes disso, é tudo eleitoreiro, ou seja, em permanente campanha.

  29. Franklin Bronzo disse:

    Respeito a opinião da maioria dos comentaristas daqui, embora discorde veementemente de alguns. Mas são quase todos ainda muito jovens…O tempo e os futuros cabelos brancos se encarregarão de acurar-lhes os arroubos da juventude…Quanto a leitura, sei que muitos que aqui opinam são pessoas inteligentes. Sugiro, para além de revistas, a leitura de LIVROS. Os jovens brasileiros precisam resgatar esse hábito ainda prazeroso e insubstituível.

  30. Franklin Bronzo disse:

    O domínio da língua-pátria, hoje tão desprezado por pessoas ditas “cultas”, tem na leitura frequente uma ferramenta poderosíssima, um antídoto contra a verdadeira agressão ao vernáculo perpetrada pela grande maioria dos “sites” da Internet. E atenção, jovens politicamente engajados : muito mais que o “slogan” “O PETRÓLEO É NOSSO”, é no culto ao nosso lindo idioma que reside a base de um verdadeiro patriotismo!

  31. Beth Makennel disse:

    O Tostão esta certo. Falar a verdade sempre doi em muitos. Até acho que se o jogador que ajudou o Brasil a ser campeão mundial se encontra em dificuldades, é preciso a CBF, fazer algo para ajudar. Mas, aposentadoria, tem que ser por tempo de serviço e pagamento de PSS.

  32. Franklin Bronzo disse:

    Sugiro, “en passant” : 1. “CHURCHILL”, de Lord Roy Jenkins; 2. “A ESCOLA DOS DEUSES”, de Stefano Elio D’Anna; 3. “JESUS, JUDEU PRATICANTE”, de Ephraïm; 4. “TIO PETROS E A CONJECTURA DE GOLDBACH”, de Apostolos Doxiadis; 5. “BARBACENA, 200 ANOS”, Altair Savassi — edição antiga, de outubro/91 (Sim, amigos, Barbacena é o berço da Revolução Liberal em nosso Estado…).

  33. Relacionados para o jogo contra o Vasco:
    Goleiros: Fábio e Rafael
    Laterais: Diego Renan, Gil Bahia e Vitor
    Zagueiros: Gil e Naldo
    Volantes: Everton, Fabrício, Leandro Guerreiro e Marquinhos Paraná
    Meias: Dudu, Montillo e Roger
    Atacantes: Anselmo Ramon, Brandão, Ortigoza, Thiago Ribeiro e Wallyson

  34. Naldo disse:

    Jornal do Poste ou do Post?

  35. andrejprocopio disse:

    Eu leio com alguma frequência: Fórum Portal do Vale Tudo, HTFórum, Exame Informática, Veja, Playboy, Uai.com.br, Estado de Minas, Super, Gula, Gosto, as vezes roubo a Seleções da minha mãe, Cnet, Anandtech. Quase todo dia: PHD, Globo.com, Uol, Terra. Tudo a mesma coisa. Mesmo blá blá blá.

  36. o dylan consegiuiu o que pretendia: impedir a discussão sobre liberdade de imprensa que, pra ele, é supérflua. e todo mundo cai na dele.

    • Dylan disse:

      eu? eu só abri um off topic como outros tantos aqui. Seus pupilos é que estão descontrolados.

  37. Jornalista disse:

    El País (de Montevidéu) é sim uma excelente fonte de informações sobre o Uruguai, bela nação; o periódico torna-se irrelevante porém quando o assunto é futebol, haja vista que a última Libertadores vencida por uma equipe de lá (e só existem duas equipes que disputam o par ou ímpar local) foi em 1988. Alguém lembrará que uma delas jogou a final mais recente: perdeu e perderá nos anos seguintes.

  38. Gustavo Bueno disse:

    Dos jornalísticos impressos, leio Folha, O Tempo e Veja, porque temos em casa -todos com um olhar o mais crítico possível, óbvio, pois se pudesse escolher, por exemplo, entre Carta Capital e Veja, não ficaria com nenhum. Também assinamos Piauí, boa literatura. Digitalmente, leio uma porção de blogs, muitos só pra verificar o que andam dizendo por aí (Kfouri e PVC, p.e.) e alguns pela informação e qualidade (PHD e José Cruz). Separo o Xico Sá também como literatura digital.

    • Gustavo Bueno disse:

      Sobre O DRIBLE, jornal da Associação Atlética Acadêmica ressuscitado pelo meu amigo e presidente Rubens Starling, ainda está em fase de (re)construção, na qual presto minha contribuição. A primeira edição nessa nova fase saiu em Abril, quando tive o prazer de ser chamado para escrever no espaço que cabia ao Cruzeiro. O texto que leram aqui (em primeira mão hein!) será publicado na terceira edição, que saíra nesta semana, espero.

  39. Humm disse:

    Já que o blog liberou geral os cometários, gostaria de manifestar apenas um desejo: que os proprietários da Oi fritem no inferno por toda a eternidade.

  40. Franklin Bronzo disse:

    Mudando de pau pra cavaco : o dito “aquecimento global”, uma das delícias atuais da esquerda mundial, acaba de dar mais uma demonstração da sua virulência : 3º C em São Paulo, –0,4º C em Curitiba e sensação térmica de –25º C em São Joaquim, SC. Em Barbacena, frio mais modesto : 5º C, apenas…

  41. Xina, se a Vale foi estatizada, como é que o governo demite seu presidente e transforam oc argo em boquinha?

  42. Diogo Lara disse:

    O Síndico além da revista Veja, só lê o Minas Gerais, o Diário Tucano, e os veiculos oficiais de comunicação da Administração do Cruzeiro Esporte Clube – site, blog do ZZP, twiter do Gustavo Perrella…

    • Damas disse:

      Por conhecê-lo por longos anos, aposto que ele Lê também todos os seus comentários. Sinta-se orgulhoso por isto.

    • claudioxinalemos disse:

      Pelo menos ele lê alguma coisa. Pior é quem não lê absolutamente nada e, depois de ouvir um bipede palmipede cantar não sabe onde, torna-se partidário do monocomentário, com o qual pertuba todo o blog.

    • negativo. nem mesmo a veja, que assino apenas como forma de reforçar a livre imprensa, eu leio. agora, se vc quer me dar alguma assinatura, aceito piauí, bravo, gazzetta dello sport, la nacion e pato donald.

  43. Walterson disse:

    Só para esclarecer esta discussão besta PTxPSDB, eu não tenho nenhum partido. Apenas acho que eles não tem nenhuma diferença no modo de atuação, simples assim. O FHC criticava o balcão do Sarney e fez igualzinho, assim como Lula. E ambos usaram e abusaram da edição de MPs, o que criticavam anteriormente. Por isso que digo, se querem conhecer realmente uma pessoa, dêem-lhe poder.

  44. Gustavo Barcellos disse:

    Por falar em liberdade de empresa, ops, imprensa, gostei deste artigo sobre a falência da educação no Brasil: http://bit.ly/kAHFls

  45. Naldo disse:

    Atualmente só leio Veja, que tá com os dias contados pois, a assinatura tá por um fio. Adoro ler livros, mas tô parado. Tenho 5 me aguardando. Comecei a ler o Monge e o Executivo e não consegui andar. Pretendo voltar a prática em breve.

  46. raher disse:

    Meu caro JS minha insistencia com paraná se limita ao blog e entre os amigos cruzeirenses com os quais discuto p dia a dia do meu cruzeiro, Mas gostei da piada, foi criativo com,o muitas coisas que leio aqui. Eu leio todos os grandes jornais do brasil via internet e tambem a veja que voce tanto gosta.

  47. Corpo de Paulo Renato é enterrado em São Paulo

    DANIELA LIMA

    O corpo do ex-ministro da Educação Paulo Renato Souza (PSDB), morto na noite do sábado (25) aos 65 anos, foi enterrado na manhã desta segunda-feira no Cemitério do Morumbi, em São Paulo, em solenidade que reuniu políticos de diversos campos de atuação. A cerimônia foi solene e silenciosa.

    Paulo Renato sofreu um infarto fulminante no hotel onde estava hospedado em São Roque, no interior de São Paulo.

    O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o governador Geraldo Alckmin e os ex-governadores José Serra e Alberto Goldman, além de secretários do governo paulista e dos senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e Cristovam Buarque (PDT-DF), compareceram ao local.

    Os políticos enalteceram as contribuições de Paulo Renato para o desenvolvimento da Educação no país.

    “Ele ajudou muito a mudar o Brasil. A educação deve muito a Paulo Renato, acima de tudo uma grande pessoa”, disse FHC.

    Alckmin destacou as metodologias implementadas por ele durante sua atuação à frente do MEC. “Ele criou critérios de avaliação para o ensino. Foi um grande brasileiro.”

    Serra estava visivelmente emocionado. Ele se referiu a Paulo Renato como um “amigo muito querido”. “Uma pessoa muito próxima, muito profunda, alguém que fez coisas muito boas para o país, como a unificação do ensino básico, o Fundef [Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério] e o Bolsa Escola.”

    Suplicy, por sua vez, reconheceu a contribuição de Paulo Renato para a elaboração de programas sociais. Ele disse que o ex-ministro foi responsável pela introdução da presença escolar como contrapartida de benefícios a serem concedidos pelo governo.

    Paulo Renato Souza em 2009, então secretário estadual da Educação de São Paulo, morreu aos 65 anos
    “Sentiu tonturas, desmaiou e nos deixou”, afirmou o filho. Segundo ele, a morte foi indolor e serena.

    Além de Souza Neto, Paulo Renato deixa duas filhas que moram nos Estados Unidos e no México. Ambas estavam em Washington e embarcaram de volta para o Brasil para o enterro.

    EDUCAÇÃO

    Economista formado no Rio Grande do Sul, no Chile e em Campinas, Paulo Renato ocupou diversos cargos públicos e quadros em agências da ONU (Organização das Nações Unidas).

    Antes de assumir o Ministério da Educação, foi durante quatro anos gerente de operações do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), em Washington. Seu trabalho mais destacado, no entanto, foi feito nos oito anos em que esteve à frente da pasta de Educação no governo de Fernando Henrique Cardoso.

    Ele ocupou o cargo entre janeiro de 1995 e dezembro de 2002.

    Entre os grandes feitos do economista estão a expansão para todo o Brasil do programa bolsa-escola implantado por Cristovam Buarque no Distrito Federal. A política foi depois ampliada e consolidada como o Bolsa Família, uma das principais marcas do governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

    É também na gestão de Paulo Renato a criação do Enem (Exame Nacional de Ensino Médio) e do Fundef, um novo sistema de redistribuição dos recursos destinados ao Ensino Fundamental, hoje chamado de Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica).

    A morte de Paulo Renato repercutiu durante todo o domingo. José Serra foi um dos primeiros a se manifestar sobre a morte do colega de partido e amigo pessoal. No Twitter, ainda na madrugada de domingo, publicou em seu perfil a seguinte mensagem: “Foi-se Paulo Renato, meu querido amigo, um dos maiores homens públicos do Brasil. Foi um grande secretário e um grande ministro da Educação.”

    Serra compareceu ao velório no fim da tarde de domingo, para prestar sua última homenagem ao colega de legenda.

    O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso também esteve no velório. Na ocasião, ele afirmou que Paulo Renato “mudou a educação no Brasil”.

    Em nota, a presidente Dilma Rousseff destacou os “relevantes serviços” prestados pelo ex-ministro ao Brasil.

    Para o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ele foi “o grande responsável pela universalização do acesso ao Ensino Fundamental, com a criação do Fundef [Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério]. Tem uma enorme contribuição à educação do Brasil”.

    O também ex-ministro da Educação e agora senador Cristovam Buarque (PDT-DF) se pronunciou sobre a morte de Paulo Renato na rede social por volta das 9h. “Com a morte do Paulo Renato perco um bom amigo e o Brasil perde um competente e dedicado homem público”, escreveu Buarque.

    O senador defendeu o colega de um internauta que criticou a gestão do tucano à frente do Ministério da Educação. “Não fez a revolução, mas fez o Fundef [Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério], levou Bolsa Escola p[ara] o Brasil e deu salto no número de alunos nas Univ[ersidades]“, afirmou ele.

    O atual chefe da pasta, Fernando Haddad, afirmou no velório que “o Brasil perdeu um homem público comprometido com a causa educacional, (…) sobretudo na área da avaliação, da equalização e financiamento com o Fundef [Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério], que são iniciativas que conferem ao Paulo Renato a estatura de um homem público que deixa um legado para o Brasil”.

    Segundo Haddad, ambos convergiram e divergiram, “mas sempre com amizade”.

    Folha de S. Paulo 27/06/2011 – 10h43

  48. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Quem lê só a Veja ainda tem salvação, ao contrários de alguns aqui do blog que seguem fielmente as publicações do Opus Dei, da TFP e do Reinaldo Azevedo (perdão pela redundância). Estes estão irremediavelmente condenados… a mudar para São Paulo!

  49. claudioxinalemos disse:

    Jorge, seus companheiros estão indo um a um, meus sinceros pêsames. E, tenha cuidado, já que vc esta na idade provecta, não abuse.