Cruzeiro 1×0 Santa Rita: Milésima vitória no Mineirão

Por Jorge Angrisano Santana | Em 27 de agosto de 2014

CRUZEIRO contra Santa Rita, no Mineirão, Belo Horizonte, jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil 2014, às 19h30 de 27ago14.

AUSENTES no Cruzeiro: Bruno Rodrigo (B) , Borges (A), Tinga (V), Egídio (L), lesionados, e Marquinhos (M), que já atuou pelo Vitória nesta Copa do Brasil.

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro; Ceará, Léo, Nilton, Willian Farias, Everton Ribeiro, Marlone, Ricardo Goulart, Neilton e Willian.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “Vamos respeitar muito o adversário. E respeitar o adversário, para mim, é marcar bem e colocar a bola dentro da rede.”

AUSENTE no Santa Rita: Ninguém.

BANCO do Santa Rita: Michael; Jeferson Lima, Guêba, Gabriel, Wagner Libano, Júnior Amorim e Paulo Roberto.

EDUARDO NETO, técnico do Santa Rita: “O Cruzeiro impõe respeito contra todos os times do futebol brasileiro. É o favorito. Cumprimos nossa missão na Copa do Brasil, fizemos história, mas podemos fazer mais. Vamos trabalhar muito pra honrar a camisa e projetar esses jogadores no cenário nacional.”

RELEVANTE: A folha salarial do Santa Rita é de R$120 mil por mês.

MINEIRÃO. O Cruzeiro jogou em sua casa 1.591 vezes. Venceu 999 partidas, empatou 352 e perdeu 240. marcou 3.229 gols e sofreu 1.281.

O JOGO

19h25. Times em campo. Cruzeiro, com uniforme tradicional. Santa Rita com camisas brancas com duas faixas horizontais à altura do peito, uma preta, outra vermelha, calções e meias pretas.

19h30. Cruzeiro, à direita das cabines. Santa Rita dá a saída.

01. Cruzeiro toma a iniciativa, mas a defesa alagoana não dá espaços.

02. Santa Rita vai ao ataque, mas não arranja nada. Mayke fica com a bola e sai jogando pela direita.

03. Manoel toma bola de Reinaldo Alagoano e passa a Dagoberto, que cruza da direita. Pra ninguém.

04. Rafael Silva arranca pela esquerda e cruza pra Reinaldo Alagoano chutar de fora da área. Bola passa por cima do travessão.

05. Dagoberto passa a Samudio, que cruza da esquerda. defesa fica com a bola.

06. Dagoberto tenta tabelar com Júlio Baptista, que devolve mal.

06’30″. Júlio Baptista dribla marcador dentro da área, mas não consegue dar sequência à jogada.

07. GOL. Lucas Silva cruza da esquerda, com o pé direito, Marcelo Moreno sobe com Selmo e cabeceia de costas. Bola entra no ângulo esquerdo de Jeferson. CRUZEIRO 1×0.

08. Foi o 34º gol de Marcelo Moreno com a camisa celeste, 12º, em 2013.

09. PÚBLICO pequeno no Mineirão.

10. Cruzeiro tenta armar ataque pela direita, alagoanos impedem.

11. Reinaldo Alagoano recebe passe longo, mas Manoel protege a saída de bola pela linha de fundo.

12. CARLOS EDUARDO LINO, comentarista do SporTV: “O Santa Rita não tem força nem imposição física e o Cruzeiro só espera o passe errado pra tomar a bola e sair jogando.”

12’30″. Jeanderson, pela esquerda, joga bola alta na área celeste. Fábio cata, sem problemas.

13. DESCLASSIFICADOS pelo Santa Rita, nesta Copa do Brasil: Potiguar, Guarani e Santa Cruz. Seu artilheiro é Rafael Silva, com 4 gols.

14. Manoel desfaz ataque do Santa Rita.

15. DEFESAÇA. Alisson vai à linha de fundo e cruza por baixo. Dagoberto bate de prima, Jeferson defende milagrosamente.

16. ORGANIZADAS do Cruzeiro no Mineirão: Loucos de Belo Horizonte, Sangue Azul, FanatiCruz, Rapozama, China Azul, Geral Celeste, Pavilhão Independente, Máfia Azul, Jovem, Motozeiros, Cachazeiros.

17. GOL. Dedé escorando, de cabeça, escanteio cobrado por Dagoberto, pela direita. Bola entrou o canto esquerdo de Jeferson. CRUZEIRO 2×0.

18. DEDÉ marca seu 7º gol com a camisa celeste, 4º em 2013.

18. Alisson chapela na área, mas a defesa alagoana impede a sequência do lance.

19. Júlio Baptista chuta da entrada da área. Bola sai rente ao poste esquerdo.

20. Alagoano tenta arrancar rumo ao ataque, Henrique toma-lhe a bola, com facilidade.

21. ANULADO. Mayke cruza da direita, Moreno cabeceia pra rede, juiz diz que ele se apoiou no beque e invalida o lance.

22. FIM DE ANO EM SETEMBRO. Se for desclassificado nesta fase da Copa do Brasil, o Santa Rita fecha as portas e só as reabre em 2015, por falta de competições.

23. Dagoberto ajeita pra Júlio Baptista, que arremata fraco, de dentro da área. Jeferson defende.

24. BALIZA. Lucas Silva cruza da direita, Marcelo Moreno chega batendo de canhota e manda bola no poste direito.

25. BRINCADEIRA. Jogadores celestes tomam bolas dos alagoanos com uma facilidade constrangedora.

26. Marcelo Moreno recebe de Júlio Baptista e chuta. Jeferson encaixa.

27. Dagoberto tenta lançar Lucas Silva, atravessando a bola da esquerda pra direita. Lateral pro time de Alagoas.

28. Marcelo Moreno recebe de Alisson, mas é travado dentro da área por Júnior Carvalho.

29. Alisson chuta da entrada da área, bola acerta Júnior Carvalho e não chega ao arco alagoano.

30. CAROS EDUARDO LINO, comentarista do SporTV: “O maior inimigo do Cruzeiro é a acomodação, seja hoje, seja no Brasileiro. É contra isto que luta Marcelo Oliveira.”

31. ARAPIRACA. O Santa Rita é de Boca da Mata, a 72 Km de Maceió, mas vai mandar o jogo de volta em Arapiraca, onde esperar faturar mais.

32. DEFESAÇA. Lucas Silva chuta forte de fora da área. Jeferson defende em dois tempos.

33. Alisson recebe de Lucas Silva, mas arremata com chute chocho.

34. GOL. Júlio Baptista recebe cruzamento perfeito de Mayke e cabeceia cruzado. Bola entra à esquerda de Jeferson. CRUZEIRO 3×0.

34’30″. JÚLIO BAPTISTA fez seu 14º gol com a camisa celeste, 9º em 2014.

35. BALIZA. Luca Silva joga bola na área alagoana, Moreno cabeceia e acerta o travessão.

36. Edy cruza da direita, Dedé toma a bola de Reinaldo Alagoano dentro da área e sai jogando.

37. Cruzeiro chega pela enésima vez na área alagoana. Defesa afasta o perigo.

38. Falta a favor do Santa Rita, na meiadestra.

39. Edy cobra a falta, Dedé corta de cabeça.

40. Samudio cruza da esquerda. Júlio Baptista não consegue dominar a bola.

41. Samudio arranca pela esquerda, Edy cede escanteio.

42. Dagoberto cobra corner pela esquerda. Bola sai diretamente pra linha de fundo.

43. Mayke passa a Alisson, que cruza da direita. Júlio Baptista chega na corrida e cabeceia por cima do travessão.

44. Santa Rita tenta, mas não consegue trocar passes na intermediária celeste.

45. Alisson recebe passe na pontadestra, mas está impedido.

46. FIM de 1º tempo.

ADRIANO, volante do Santa Rita: “Estamos facilitando muito, deixando o Cruzeiro vir para cima da gente. Não pode.”

MARCELO MORENO, centroavante do Cruzeiro: “O Cruzeiro entrou no jogo focado, respeitando o rival, e vai tentar continuar nessa pegada, jogando bem.”

INTERVALO

20h30. Times voltam a campo, sem alterações.

20h33. COMEÇA o 2º tempo.

46. Samudio cruza da esquerda, bola sai pela direita.

47. Mayke recebe lançamento na direita, Rafael Silva aparece pra ceder escanteio.

48. Alisson cobra corner pela direita, Moreno cabeceia, bola sai à esquerda de Jeferson.

48’30″. Dagoberto passa de calcanhar, Alisson arremata de fora da área. Pra fora.

49. Alisson entra na área e chuta de direita. Jeferson encaixa.

50. Jeanderson tenta passar por Henrique, não consegue, e recua bola prum companheiro na meiuca.

51. Mayke faz um cruzamento, mais um!, perfeito da direita. Moreno cabeceia, bola passa raspando o travessão do arco alagoano.

52. Lucas Silva e Manoel derrubam Lucas, que corria em direção à área celeste.

53. Edy cobra falta na meiadestra, Fábio tira de soco.

54. GOL. Lucas Silva solta uma bomba de fora da área, Jeferson salta e defende à sua esquerda, mas dá rebote, que Marcelo Moreno apanha e manda a bola pra rede. CRUZEIRO 4×0.

55. TROCA. Lucas x Gabriel.

56. Alisson obra falta no bico direito da área alagoana, Bola sai por cima do travessão.

57. NEILTON. Torcida celeste pede o garoto de Nanuque.

58. Dedé cruza da direita, defesa alagona impede que Moreno conclua, cedendo escanteio.

59. TROCA. Marcelo Moreno x Marlone.

60. TROCA. Alisson x Neílton.

61. Dagoberto lança Neílton. Tiago Gomes Brígido marca impedimento. E erra, pois quem estava na banheira era Júlio Baptista.

62. Dagoberto cruza da esquerda, Edy cede escanteio.

63. Neílton para na frente de dois marcadores e, de repente, enfia bola pra Mayke, dentro da área. Na sequência defesa alagoana cede corner.

64. BALIZA. Dagoberto cobra corner na direita, Marlone pega de prima, bola explode no travessão.

65. MARCOS ALEXANDRE, no PHD: “Os destaques do Santa Rita são o goleiro e a baliza.”

66. Cristiano Fontes desrama Dagoberto, que não está nem um pouco entusiasmado com o jogo.

67. Lucas Silva chuta de longe, pra fora.

68. Edson Magal x Guêba.

69. Dedé tabela com Fábio e sai jogando com Henrique.

70. Neílton enfileira na pontadestra, mas é desarmado ao entrar na área. Dagol fica puto, porque esperava o cruzamento.

71. Mayke tenta passar a Dagoberto, mas erra o passe, que o Santa Rita não aproveita.

72. Dagoberto carrega bola na meiesquerda e passa a Marlone, que chuta a gol. Bola sai à direita de Jeferson.

73. Lucas Silva x William farias.

74. Adriano x Jefferson Lima.

74. Dagol e Mayke tabela na direita, mas defesa consegue cortar a bola cruzada pelo lateral.

75. Neílton cobra falta na pontesquerda. Bola sai à esquerda de Jeferson.

76. CANELADA. Samudio divide com Gabriel, leva a pior e sai no carromaca.

77. Edy cruza da direita, diretamente pra linha de fundo.

78. Dagol chuta de fora da área, bola sai à esquerda de Jeferson.

79. TORCIDA CELESTE pede mais um gol.

80. Samudio recebe passe de Dagol, mas conclui mal não conseguindo se safar de Jeferson.

81. Rafael tenta jogada de ataque, Samudio fica com a bola, sem dificuldade.

82. Dagoberto divide com beque do Santa Rita, ganha falta, cobra, defesa corta.

83. Samudio fora de campo cuidando da canela dolorida.

84. Edy cobra escanteio pela direita, Manoel corta de cabeça.

85. Dagoberto cobra escanteio pela esquerda, defesa cede escanteio.

86. GOL. Henrique apanha rebote dentro da área e enche o pé. Jeferson ainda toca na bola, mas não evita que ela beije sua rede. CRUZEIRO 5×0.

87. Henrique completa 220 jogos e 13 gols com a camisa azul estrelada.

88. Edy cruza da direita, Dedé, dentro da área celeste, corta de cabeça.

89. AMARELO. Rafael Silva, por falta em Mayke.

90. Dagoberto crobra falta, bola alta demais, Dedé cabeceia mal.

91. Jeanderson tenta atacar pela meiesquerda, mas para na marcação de Henrique.

91’30″. PÚBLICO: 15.048 pagantes, 16.474 presentes, R$581.895.

92. FIM de jogo. Milésima vitória do Cruzeiro no Mineirão.

MELHOR DO JOGO, segundo comentaristas do PHD => Lucas Silva [14], Marcelo Moreno [14], Henrique [12], Júlio Batista [2], Manoel [2], Mayke [2], Marcelo Oliveira [1], Jeferson [1].

CRUZEIRO 5×0 SANTA RITA, quarta-feira, 27ago14, 19h30. TEMPO bom, temperatura 25º, vento 8 Km/h, umidade 47%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil 2014. TRANSMISSÃO: SporTV e Fox. PÚBLICO: 15.048 pagantes, 16.474 presentes, R$581.895. ARBITRAGEM: Ranilton Oliveira de Sousa (MA), juiz;  Thiago Gomes Brigido (CE) e Marcio Gleidson Correia Dias (PA), bandeiras; Igor Junio Benevenuto (MG), 4º Árbitro; Angelo Antonio Ferrari (MG), delegado. AMARELOS: Rafael Silva (S). GOLS: Marcelo Moreno, 7, Dedé, 17, Júlio Baptista, 34, Marcelo Moreno, 54, Henrique, 86. CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Dedé, Manoel e Samudio; Lucas Silva (William Farias) e Henrique; Alisson (Neílton), Júlio Baptista e Dagoberto; Marcelo Moreno (Marlone). T: Marcelo Oliveira. SANTA RITA: Jeferson; Edy, Selmo Lima, Júnior Carvalho e Jeanderson; Adriano (Jefferson Lima), Edson Magal (Guêba), Cristiano Fontes e Lucas (Gabriel); Rafael Silva e Reinaldo Alagoano. T: Eduardo Neto. HISTÓRICO: Foi o 1º confronto entre as duas equipes. Cruzeiro, 1 vitória, 5 gols a favor, nenhum contra.

Semana 34: Dois gols, seis pontos

Por Jorge Angrisano Santana | Em 27 de agosto de 2014

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 34 de 2014, por MAURO FRANÇA:

SEGUNDA, 18ago14. Reapresentação do elenco após vitória sobre o Santos, à tarde. Titulares fizeram atividades regenerativas. Reservas disputaram coletivo, com uma das equipes completada por jogadores da base.  /// Sorteio na CBF definiu os confrontos das oitavas de final da COPA DO BRASIL. Cruzeiro enfrentará o Santa Rita de Alagoas, fazendo a primeira partida no Mineirão em 27ago. /// TAÇA BH DE FUTEBOL JUNIOR, 2ª rodada do Grupo B, Toca I, CRUZEIRO 0×0 VILLA NOVA. CRUZEIRO: Lucas França; Dione, Léo Boni, Bruno Viana e Kaique (Kelvin); Sávio, Bruno Edgar, Emerson Carioca (Gabriel Louzada) e Judivan (Hugo Sanches); Rodrigo Dias (Léo Lima) e Pedro Paulo (Léo Bonatini). T: Paulo Ricardo.

TERÇA, 19ago14. Jogadores fizeram atividades na academia e em seguida foram a campo para um treino leve. /// EVERTON RIBEIRO e RICARDO GOULART foram convocados para a Seleção Brasileira, para dois amistosos contra Colômbia e Equador, em 05 e 09set. Ambos falaram ao site oficial. EVERTON RIBEIRO: “Estou feliz, hoje é um dia de felicidade extrema, realização de um sonho, objetivo alcançado, não poderia ser outro sentimento. A ansiedade foi muito grande e ainda não caiu a ficha. Só tenho que agradecer ao Cruzeiro, que apostou no meu futebol e hoje estou aqui realizando esse sonho”. RICARDO GOULART: “A felicidade é única. Agradeço ao Cruzeiro por abrir as portas e dar oportunidade para mostrar meu trabalho. Espero manter o nível jogado aqui na equipe, sei que é difícil, mas vou me preparar bem para que meu ciclo na seleção dure por muito tempo”.

QUARTA, 20ago14. À tarde, MARCELO OLIVEIRA comandou coletivo. Titulares: Fábio; Mayke, Dedé, Léo e Egídio; Lucas Silva e Henrique; Éverton Ribeiro, Ricardo Goulart e Willian; Júlio Baptista. Reservas: Rafael; Ceará, Alex, Manoel e Samudio; Willian Farias, Nilton, Tinga e Marlone; Dagoberto e Marquinhos. Marcelo Moreno, de fora do jogo contra o Grêmio por questão contratual, Alisson, Neilton e Eurico treinaram a parte./// Vinte e dois jogadores foram relacionados para a concentração: Fábio, Rafael, Ceará, Mayke, Egídio, Samudio, Dedé, Léo, Manoel, Henrique, Lucas Silva, Nilton, Tinga, Willian Farias, Alisson, Everton Ribeiro, Júlio Baptista, Marlone, Ricardo Goulart, Dagoberto, Marquinhos e Willian. /// SAMUDIO foi convocado para a seleção paraguaia, para amistosos contra Ucrânia e Emirados Árabes, em 03 e 07set, na Áustria. /// Luiz Rocha, empresário de LUCAS SILVA, revelou que foi procurado por pessoas ligadas ao Manchester United e Inter de Milão, mas não recebeu propostas oficiais. O portal de notícias inglês Talksport noticiou que Chelsea e Tottenham também estão interessados no jogador. /// GILVAN DE PINHO TAVARES descartou pedir adiamento de jogos em função da convocação de jogadores: “Só não concordaremos se a CBF liberar algum dos clubes que tiveram jogadores convocados de disputar as partidas. Se atender ao pedido de algum deles, tem que dar o mesmo direito ao Cruzeiro. A gente reclamava da CBF de não reconhecer o trabalho que o Cruzeiro vem prestando ao futebol brasileiro, então, não podemos nos queixar”. /// TAÇA BH FUTEBOL JUNIOR, 3ª rodada, Grupo B, Toca I, CRUZEIRO 2×2 FIGUEIRENSE. Gols: Judivan e Emerson Carioca. CRUZEIRO: Lucas França, Dione, Léo Boni, Bruno Viana e Kaique; Sávio, Bruno Edgar (Léo Lima), Emerson Carioca (Manoel) e Judivan; Léo Bonatini (Rodrigo Dias), Pedro Paulo (Hugo Sanches). T: Paulo Ricardo. O Cruzeiro classificou-se para as oitavas de final como 2º do grupo, com 5PG, 1V e 2E, 6GF e 3GC.

QUINTA, 21ago14. CRUZEIRO 1×0 GRÊMIO. Mineirão, Belo Horizonte, 16ª rodada do Brasileiro-14, 32.294 pagantes, 34.335 presentes, R$1.413.807,00. Arbitragem: Flavio Rodrigues Guerra, juiz; Marcelo Carvalho Van Gasse e Anderson José de Moraes Coelho, bandeiras; trio paulista. Amarelos: Edinho, Dudu, Zé Roberto (G); Lucas Silva, Henrique, Nilton, Alisson, Dedé (C). GOL: Dagoberto, 85. CRUZEIRO: FábioMaykeDedé, Leo Simões e Egídio; Henrique e Lucas Silva (Nilton); Everton RibeiroRicardo Goulart e Willian (Alisson); Júlio Baptista (Dagoberto). T: Marcelo Oliveira. GRÊMIO: Marcelo Grohe, Pará, Werley, Rhodolfo e Zé Roberto; Ramiro, Riveros (Edinho) e Fellipe Bastos; Luan, Dudu e Ronan (Fernandinho). T: Luiz Felipe Scolari. /// MARCELO OLIVEIRA comentou: “Foi uma vitória da raça, da persistência. Já sabíamos que seria difícil pela qualidade do Grêmio, pelos jogadores que tem, pelo comando do Felipão. Martelamos e conseguimos bela vitória. Sem dúvida foi o jogo mais competitivo, mais perigoso. O Cruzeiro fez o que se propõe sempre, quando vai para a frente acontece um ou outro contra-ataque do adversário, isso está calculado. Para isso, temos uma zaga muito boa e um goleiro excepcional”. /// Representantes da Olympikus se reuniram em Belo Horizonte com Robson Pires e Marcone Barbosa e apresentaram uma proposta para renovação do contrato com o clube. Gilvan de Pinho Tavares anunciou que a proposta seria examinada e que ainda não houve nenhuma definição. Ana Hochsheidt, gerente de marketing da Olympikus, declarou que “a renovação está muito bem encaminhada”.

SEXTA, 22ago14 – Jogadores se reapresentaram à tarde.  Os que jogaram contra o Grêmio fizeram atividades regenerativas. Os demais, incluindo Dagoberto, Nilton e Alisson, foram a campo para um treino técnico com ênfase em finalizações, seguido por um rachão. /// Em um lance desta atividade TINGA fraturou a tíbia e a fíbula da perna direita. O jogador deixou a Toca em uma ambulância e foi levado ao Hospital Lifecenter. /// O jornal espanhol Marca divulgou interesse do Atlético de Madrid em LUCAS SILVA. O jogador falou sobre as especulações envolvendo o seu nome: “Tenho o sonho de jogar na Europa, mas não será de qualquer forma. O Cruzeiro é um clube onde nasci e cresci para o futebol. Se não for uma coisa boa para mim ou para o Cruzeiro, não será ruim ficar aqui”. /// Realizado na Toca II o nono encontro do Movimento Futebol de Base Brasil (MFB), que reuniu dirigentes dos principais clubes do país para discutir o futuro dos trabalhos de formação de atletas no país.

SÁBADO, 23ago14. Treino recreativo encerrou a preparação para o jogo contra o Goiás. No final da manhã, delegação embarcou para Goiânia com 21 jogadores: Fábio, Rafael, Ceará, Mayke, Dedé, Léo, Manoel, Egídio, Samudio, Henrique, Lucas Silva, Nilton, Willian Farias, Alisson, Everton Ribeiro, Júlio Baptista, Marlone, Dagoberto, Marcelo Moreno, Marquinhos e Willian. Ricardo Goulart, com dores musculares, foi cortado da relação. /// TINGA passou por cirurgia no Hospital Lifecenter. O procedimento durou cerca de 75 minutos e correu dentro da normalidade, de acordo com a assessoria de comunicação do clube. A diretoria confirmou que o contrato do jogador, que venceria em maio de 2015 será prorrogado de acordo com o tempo necessário para sua recuperação. /// ESTADUAL SUB17, 4ª rodada da fase de classificação, Toca I, CRUZEIRO 1×1 JABAQUARA (Ipatinga). Gol: Higor. /// A partida do Sub15 contra o Vila Nova Pampulha, que seria disputada na preliminar, foi adiada por falta de policiamento.

DOMINGO, 24ago14. GOIÁS 0×1 CRUZEIRO. Serra Dourada, Goiânia, 17ª rodada do Brasileiro-14, 5.163 pagantes, R$207.470,00. Arbitragem: Francisco Carlos do Nascimento (FIFA/AL), juiz; Emerson Augusto de Carvalho (FIFA/SP) e Nadine Schramm Camara Bastos (FIFA/SC), bandeiras. Amarelos: Thiago Mendes, Bruno Mineiro, Jackson (G); Ceará, Samudio e Dedé (C). GOL: Marcelo Moreno, 25. CRUZEIRO: FábioCeará, Dedé, Leo Simões e Egídio (Samudio); Nilton e Lucas Silva; Everton Ribeiro, Alisson (Dagoberto) e Willian (Henrique); Marcelo Moreno. T: Marcelo Oliveira. GOIÁS: Renan; Jackson, Felipe Macedo e Valmir Lucas; Moisés (Murilo), David, Thiago Mendes, Tiago Real e Leo Veloso; Samuel (Esquerdinha) e Bruno Mineiro (Erik). T: Ricardo Drubscky. /// MARCELO OLIVEIRA comentou: “Jogo extremamente difícil. O Cruzeiro não jogou como normalmente joga, esboçou algumas boas situações de toque, mas o Goiás jogou muito também. Isso é explicável também em função da dificuldade de se jogar aqui. O campo é imenso e o clima dificulta. Eles estão mais acostumados e nós sofremos um pouquinho no final, quando faltavam 15 minutos. Mas quando não se joga bem o tempo todo, é importante ser eficiente pra ganhar o jogo. O árbitro foi até bem durante o jogo, marcou as faltas que tinha que marcar e aplicou os cartões, mas acho que ficou pressionado por algumas jogadas de corpo a corpo em que os jogadores do Goiás caíram perto da área. Tive a sensação que não houve pênalti. Os jogadores também. Seria lamentável um erro numa situação dessa, no final do jogo, sem tempo pra reagir”. /// TAÇA BH DE FUTEBOL JUNIOR, oitavas de final, campo do União, Itabirito, CRUZEIRO 1×1 CRICIÚMA. Gol: Leo Bonatini. Nos pênaltis, Criciúma, 5×4. Cruzeiro desclassificado. /// ATLETISMO: Sábado, em Recife, Marcos Antônio Pereira venceu a 39ª Corrida dos Guararapes da Polícia Militar, completando os 10 km em 29:32. Cícero Vieira foi o 4º, com 30:36, e Daniel Henrique Alves Sabino, o 5º, com 31:06. Em Lavras, Ivamar de Oliveira venceu a 3ª Corrida do Circuito Vale Verde, com 33:31. José Afonso Silva, 58 anos, conquistou a 7ª colocação da 1ª Maratona do Espírito Santo, disputada na Rodovia do Sol entre Guarapari e Vila Velha por mais de 2.000 atletas, com 2:43:02.

Sobedesce

Por Jorge Angrisano Santana | Em 26 de agosto de 2014

Pesquisa recente indica que 34% dos brasileiros são cegos, 29%, doidivanas, 19%, inteligentes e 18%, patetas.

Baseados nesses números a Consultoria Vermelho Anatnas prevê o seguinte sobedesce em 2015:

SOBEM: Natura, energia solar, energia eólica, árvores, salada de alface, pastores fundamentalistas, chá de ayahuasca, Rio Branco, porto no Rio Acre, Itaú, seringueiros, GPT, ações da Petrobras, floresta, mulé feia…

DESCEM: Friboi, hidrelétricas, termelétricas, vacas, churrasco, padres de passeata, cachaça, São Bernardo, porto em Cuba, Bradesco, sindicalistas, Kaiu, ações das empresas campeãs nacionais, cidade, mulé feia..

NA MESMA: duplicação da 381, rodoanel e anel rodoviário em BH, inflação, pibinho, juros, metade da população em idade produtiva que não trabalha, baixa produtividade, infraestrutura escangalhada, mulé bonita…

Que preguiça…

Pós arbitragem

Por Jorge Angrisano Santana | Em 26 de agosto de 2014

Cruzeiro enviou nota à CBF reclamando do pênalti marcado a favor do Goiás, no último domingo.

Em nome da preservação ambiental, espero que estas reiteradas mensagens sejam eletrônicas.

Favorito é o Sumpaulo

Por Jorge Angrisano Santana | Em 25 de agosto de 2014

Não quero estragar o carnaval antecipado de ninguém, mas há verdades que precisam ser ditas, “duela a quien duela”, como disse Fernando Collor, em seus dias de glória.

Fato é que, projetando as próximas 21 rodadas, cheguei à conclusão de que o favorito pra abiscoitar o título, ou melhor, bater campeão, é o Sumpaulo, senão vejamos:

  1. O time do Muricy já passou por seu mau momento e, finalmente, engrenou.
  2. As aves do Morumbi, Pato e Ganso, estão voando baixo.
  3. O presidente da CBF é tricolor e, certamente, pra agradá-lo, vão armar um complô contra  Cruzeiro.
  4. A torcida celeste já não aceita nem empate mais, logo, à primeira derrota haverá crise.
  5. Como todo mundo sabe, jogador convocado volta da Seleção de salto alto. E os dois melhores do Cruzeiro foram selecionados.
  6. Importante levar em conta a capacidade que a imprensa mineira tem de criar crises e desestabilizar o ambiente do Cruzeiro.
  7. Os juízes, isto é cláusula pétrea do futebol, só vieram ao mundo pra roubar do Cruzeiro.
  8. E tem a Globo, cuja prioridade sempre foi derrubar o Cruzeiro e levar times do Eixo ao pódio.
  9. Além de tudo isto, o Cruzeiro tem jogadores detestados pela torcida como JB, Leo, Egídio e Moreno, que só atrapalham.
  10. Como se não bastasse tudo isto, a BHTrans, a Minas Arena, o BMG, a Olympikus e outras organizações não sossegaão enquanto não afundarem nosso clube.

Tem mais, muito mais. Mas agora vou dormir. Amanhã, desfio o resto das contas do rosário das nossas impossibilidades.

Cláudio Ianni: “O tranco foi por trás…”

Por Jorge Angrisano Santana | Em 25 de agosto de 2014

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do GOIÁS 0×1 CRUZEIRO, no Serra Dourada, Goiânia, pela 17ª rodada do Brasileiro 2014, às 18h30 de 24ago13:

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: Jogo extremamente difícil. O Cruzeiro não jogou como normalmente joga, esboçou algumas boas situações de toque, mas o Goiás jogou muito também. Isso é explicável também em função da dificuldade de se jogar aqui. O campo é imenso e o clima dificulta. Eles estão mais acostumados e nós sofremos um pouquinho no final, quando faltavam 15 minutos. Mas quando não se joga bem o tempo todo, é importante ser eficiente pra ganhar o jogo. O árbitro foi até bem durante o jogo, marcou as faltas que tinha que marcar e aplicou os cartões, mas acho que ficou pressionado por algumas jogadas de corpo a corpo em que os jogadores do Goiás caíram perto da área. Tive a sensação que não houve pênalti. Os jogadores também. Seria lamentável um erro numa situação dessa, no final do jogo, sem tempo pra reagir

DEDÉ, beque do Cruzeiro: Não fiz uma falta no jogo todo. No final, venho mano a mano com o cara, chego antes e o juiz vai lá e dá uma falta como essa. É inadmissível. Tem de rever muita coisa. O Cruzeiro é o time que menos faz falta, joga bola, não reclama de nada. Chega no último minuto e o cara dá um pênalti. Estou decepcionado com a situação. Estou tentando mostrar futebol pra voltar à Seleção e isso machuca. No último minuto, o cara faz isso. Pode prejudicar minha carreira. Não estou emocionado, estou com raiva. Emoção é quando você faz algo a favor. Isso aí é brincadeira, não aceito.

RICARDO DRUBSCKY, técnico do Goiás: Não merecíamos perder. O 2º tempo do Goiás foi muito bom e o 1º já não tinha sido ruim. Mas quando a fase não é boa, estas coisas acontecem, tudo conspira contra. A derrota foi amarga. Mas o grupo está tranquilo e está comigo, apesar das especulações. Estou muito contente e motivado porque o trabalho está sendo feito, e o time jogando bem. Mas é claro que eu seria um inocente se descartasse a possibilidade de demissão. Que nem seria a primeira da minha carreira.

MAURO FRANÇA, NO PHD: Quem fala que o Cruzeiro relaxou deve achar que seria possível manter um ritmo alucinante e se mandar pro ataque em busca do segundo gol, e que o time não fez isto porque não quis. Belo chavão, nada mais do que isto. O time não foi dominado em nenhum momento. O adversário só teve chances numa falta na entrada da área e em chutes de fora. Por isso, acho que o Cruzeiro admnistrou bem. O risco maior veio numa penalidade inexistente.

HÉRCULES, no PHD: Não se deve tentar mascarar os fatos! O Goiás descansou no meio de semana? Onde estavam quinta-feira? O campo é maior pro Cruzeiro? Nosso time é bem melhor e não teve pegada nesse jogo, ponto. O Cruzeiro foi muito ameaçado sim. Levou bola no travessão. Fábio foi mais exigido que Renan. Quem admite isto não está insatisfeito com a campanha do time celeste, que não precisa ser blindado.

CLÁUDIO IANNI, no PHD: Achei que o tranco do Dedé foi mais por trás e que por isto foi penalty…

Fábio pegou tudo e teria defendido o pênalti

Por Jorge Angrisano Santana | Em 24 de agosto de 2014

Atuações dos celestes e seus adversários no GOIÁS 0×1 CRUZEIRO, no Serra Dourada, Goiânia, pela 17ª rodada do Brasileiro 2014, às 18h30 de 24ago13:

TORCIDA CELESTE fez bastante barulho, mas o que as imagens da TV não mostraram é se foi ou não maior do que a esmeraldina. (Síndico)

FÁBIO foi eleito o melhor do jogo pelos comentaristas do PHD. Fez três defesaças. (Síndico)

CEARÁ voltou a seus grandes dias, inclusive chutando a gol, coisa que não fazia há bastante tempo. Marcou bem, apoiou, cruzou bolas e mostrou um pulmão fenomenal indo e vindo. (João Chiabi Duarte)

DEDÉ não cometeu faltas, tirou tudo pelo alto, não fez pênalti, mas levou injustamente o cartão amarelo. Atuação que beirou a perfeição. (João Chiabi Duarte)

LEO SIMÕES atuou quase no mesmo nível de seu companheiro de zaga. No lance que originou o rebote pra Esquerdinha, seu taco “visprou” proporcionando a melhor chance ao Goiás. Tirando isto foi bem demais. (João Chiabi Duarte)

EGÍDIO correu muito, marcou bem quem caiu do seu lado, mas errou feio ao parar numa jogada pra reclamar do bandeira. Mostrou qualidade na saída de bola e é sempre uma das válvulas de escape do time, mas, precisa melhorar os cruzamentos. (João Chiabi Duarte)

SAMUDIO entrou pra fechar a marcação e deu conta. (João Chiabi Duarte)

NÍLTON  começou errando passes, depois acostumou-se com o gramado, marcou bem e conduziu bolas da defesa ao ataque com qualidade. (João Chiabi Duarte)

LUCAS SILVA, menos afoito que na partida anterior, errou poucos passes, marcou com serenidade, foi opção de desafogo para os colegas e ajudou demais na transição. (João Chiabi Duarte)

HENRIQUE claramente não se adaptou ao meio campo cheio do Cruzeiro, demorando a encontrar um espaço para jogar. (Velloso)

EVERTON RIBEIRO desequilibrou. O lançamento para o gol seria assinado por Tostão, Rivellino ou Gerson, sem o menor constrangimento. Além desse lance precioso, dribles, arrancadas, deslocamentos e chutes a gol. E o cara jamais diminui o ritmo, desmontando qualquer esquema defensivo. (Síndico)

WILLIAN participou bastante, aparecendo nos dois lados e batalhando muito. Só não conseguiu chutar a gol com perigo. Pra quem joga na linha ofensiva isto é negativo. (João Chiabi Duarte)

MARCELO MORENO foi bastante participativo, deslocando-se pra receber passes, devolver e voltar pra área. Fez um gol de grande centroavante, mostrando bom posicionamento e velocidade pra arrancada, e excelente finalização, pois não se tratava de um “gol feito”. Foi decisivo. (RapGol)

ALISSON correu muito, esforçou-se pra mostrar serviço, mas não estava inspirado. (Síndico) /// Mostrou excelente visão de espaço e recompôs bem, mas o jogo pedia velocidade na transição de bola e ele, em alguns momentos, não percebeu isso, deixando de ser agudo pra segurar a bola em demasia. (Velloso)

DAGOBERTO entrou no decorrer da 2ª etapa jogando pel direita e terminou na esquerda. Mostrou disposição, inclusive, pra correr atrás dos alas. Só faltou a oportunidade pra marcar um gol. (Síndico)

MARCELO OLIVEIRA escalou o time como deveria, substituindo e poupando os que mostraram desgaste acentuado. No 2º tempo, observando a situação, optou por colocar mais um volante a fim de garantir o placar nos momentos finais. (João Chiabi Duarte)

CRUZEIRO conseguiu seu gol na metade do 1º tempo e, a partir daí, tratou de controlar a partida evitando a correria, que o desgastaria num gramado grande, pesado e sob calor e ar seco consideráveis. Correu risco de levar o empate num pênalti desperdiçado pelos goianos e em lances que Fábio neutralizou. (Síndico)

GOIÁS fez um 1º tempo sem a imposicão de se espera do dono da cas. Melhorou no 2º, quando criou boas oportunidades e culminou conseguindo um pênalti, que desperdiçou. David e Erik foram os melhores. (Síndico)

TIME DE ARBITRAGEM esteve bem, marcando o que viu. Se tivessem 30 câmeras com videoteipe e slow motion, teriam sido ainda melhores. (Síndico)

Goiás 0×1 Cruzeiro: Campeão do turno

Por Jorge Angrisano Santana | Em 24 de agosto de 2014

Cruzeiro contra o Goiás, no Serra Dourada, Goiânia, pela 17ª rodada do Brasileiro 2014, às 18h30 de 24ago14:

CLASSIFICAÇÃO: O Cruzeiro é o 1º, com 36 pontos, 11v, 3e, 2d, 33gp, 13gc, 20sd, 15% de aproveitamento. O Goiás é o 11º, com  20 pontos, 5v, 5e, 6d, 111gp7, gc, -6sd, 42% de aproveitamento.

AUSENTES no Cruzeiro: Tinga (V), Bruno Rodrigo (B), Borges (A), Ricardo Goulart (M), lesionados.

PENDURADOS no Cruzeiro: Dagoberto, Everton Ribeiro, Leo Simões, Lucas Silva, Nilton e Willian Farias.

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro (G), Mayke, Samudio (L), Manoel (B), Henrique, Willian Farias (V), Alisson, Júlio Baptista, Marlone (M), Dagoberto, Marquinhos (A).

AUSENTES no Goiás: Amaral (V), Ramon (M), Juliano, lesionados.

PENDURADOS no Goiás: Alex Alves, Amaral, Bruno Mineiro, Esquerdinha, Lima e Tiago Real.

BANCO do Goiás: Edson, Pedro Henrique, Lima, Rodrigo, Esquerdinha, Assuerio, João Paulo, Murilo e Erik.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “Uma dificuldade é a impressão de que o campo do Serra Dourada é maior, o que pode ser devido ao clima seco e ao gramado fofo, que prende a bola. Outra é o fato de o Goiás vir de resultado ruim e precisar se redimir. Como é oriundo de categoria de base, Drubscky utiliza muito bem seus jovens promissores. Por isto, será um time forte, que vai nos trazer problemas. Mas o Cruzeiro está preparado pra enfrentar tudo.”

RICARDO DRUBSCKY, técnico do Goiás: “Se a imprensa está fazendo pressão, não tem como não se sentir pressionado. Mas nosso desempenho depois da Copa não está mal. Vencemos o São Paulo e não perdemos o padrão de jogo. Mas sei que não sou imune a nenhum tipo de pressão e que essa é a cultura do futebol brasileiro. Quanto ao time, pode ser que ele tenha três zagueiros, mas a escalação só será fornecida antes do jogo.”

FRANCISCO CARLOS DO NASCIMENTO, de Alagoas, apitou 4 jogos no Brasileiro. Médias: 2,75 amarelos, 0,75 vermelho, 0 pênalti, 26 faltas. Médias do campeonato: 4,39 amarelos, 0,19 vermelho, 0,16 pênalti, 34 faltas.

GOIÁS Esporte Clube, fundado por um grupo de amigos reunidos debaixo de um poste, em 06abr43, foi uma agremiação pequena até meados dos anos 60, quando começou sua coleção de 24 títulos estaduais que fazem dele, hoje em dia, o mais vitorioso e popular clube do Centro Oeste do Brasil. No Ranking de 2014 da CBF, o Goiás ocupa a 13ª posição, com 11.526 pontos.

PÚBLICO: A média do Brasileiro 2014 é de 14.761. O Goiás é o 18º no ranking, com média de 5.974 pagantes. O público desta noite não não ultrapassar a média esmeraldina.

RANKING de 2014 da CBF: Cruzeiro é o 8º, com 13.502 pontos; Goiás é o 13º, com 11.526 pontos.

TRANSMISSÃO: SporTV pra todo o Brasil, menos Goiás, e Premiere FC (pague-pra-ver).

ORGANIZADAS do Cruzeiro no Serra Dourada: Máfia Azul, Máfia Brasília.

O JOGO

18h25. Times em campo. Goiás com uniforme tradicional. Cruzeiro, com camisas brancas, calções e meias azuis.

18h28. Hino Nacional.

18h30. COMEÇA. Cruzeiro, à direita das cabines. Goiás dá a saída.

01. Leo Veloso cruza da esquerda, Dedé cabeceia pra trás, Fábio encaixa.

02. Seis esmeraldinos no campo do Cruzeiro pressionam saída de bola.

03. Nílton passa a Alisson na esquerda. O meia comete falta na tentativa de passar por Moisés.

04. Willian e Ceará tentam armar ataque pela direita, goianos não permitem.

05. TÁTICAS. Goiás no 3-5-2. Cruzeiro no 4-2-3-1, com Willian pela direita e Alisson pela esquerda.

06. Alisson lança pra ninguém na pontesquerda. Lateral pro Goiás.

07. Nílton recebe falta frontal ao arco esmeraldino, na meiadestra.

08. Everton cobra falta, Thiago Mendes corta de cabeça.

09. Ceará, dentro da área celeste, corta cruzamento da direita.

10. PÚBLICO ridículo em tamanho e morno em animação.

11. CHUTAÇO. Davi passa a Bruno Mineiro, recebe de volta e senta o pé. Bola resvala em Dedé, Fábio defende, com rebote, que fica com a defesa celeste.

12. Everton Ribeiro passa por Valmir Lucas e chuta, bola desvia na defesa goiana, Willian tenta recuperá-la mas acaba deixando-a escapar pela linha de fundo. Tiro de meta.

13. Dedé corta bola cruzada na área celeste.

14. Egídio derruba Moisés na meiadestra.

15. Davi cobra falta, Moreno, dentro da área celeste, rebate.

16. Alisson cruza da meiesquerda, mas a jogada é paralisada por falta de Everton Ribeiro num beque esmeraldino.

17. Jogo parado. Beque caído.

18. Lucas Silva recebe de Alisson e tenta encontrar Moreno, mas a bola sai pela linha de fundo.

19. Bola na área do Goiás, Valmir Lucas corta, Everton fica com o rebote, entra driblando na área, mas é desarmado.

20. Marcelo Moreno sofre falta na meiuca.

21. Cruzeiro troca passes na defesa. Goiás pressiona saída de bola.

22. Alisson recebe de Everton e levanta a bola na área. Jackson corta, de cabeça.

23. ONZE esmeraldino no campo de defesa.

24. Moisés cruza da direita, Leo Simões corta.

25. GOL. Marcelo Moreno recebe lançamento de Everton Ribeiro nas costas da zaga e conclui com um chute forte, cruzado. Bola entra no canto esquerdo. CRUZEIRO 1×0.

26. CHUVEIRINHO na área celeste, Fábio tira de soco.

27. RECUADO. Cruzeiro se fecha na defesa. Goiás insiste e arranja um corner pela direita.

28. Tiago Real cobra escanteio, Dedé corta, Egídio completa pra lateral.

29. Egídio discute com bandeira e é advertido pelo juiz.

30. Davi cobra falta na meiadestra, Leo Simões corta, dentro da área celeste.

31. Alisson tenta jogada pela esquerda. Moisés cede lateral.

32. NADINE erra ao marcar impedimento de Willian que recebe passe de Everton, dentro da área esmeraldina.

33. PERDOADA. Nadine foi enganada pelo dificuldade do lance. Ela é gostosa e inteligente, jamais erraria por querer.

34. Goiás pressiona, Cruzeiro, bem arrumado na marcação, defende-se competentemente.

35. Samuel tira Dedé da jogada, mas ao tentar concluir é impedido por Leo Simões.

36. Marcelo Moreno sai no carromaca.

37. POSSE DE BOLA. Cruzeiro, 60%.

38. BISONHO. Goianos tentam jogadinha na pontesquerda e deixam a bola escapar pela lateral, sem serem pressionados.

39. ESTÔMAGO. Nílton sente enjoo ou algo parecido.

40. Felipe Macedo tenta conexão com Thiago Mendes, erra, Egídio fica com a bola.

41. DEFESAÇA. Alisson cobra falta na pontesquerda, Moreno cabeceia, Renan vai buscar a bola no cantim esquerdo.

42. Após rebote em cruzamento feito por ele mesmo, Willian chuta de fora da área. Renan encaixa.

43. Egídio faz jogadinha com Alisson na pontesquerda, Valmir Lucas cede lateral.

44. Egídio cruza da esquerda, Moreno sobe pra cabecear, mas dá em bola.

44’30”. TORCIDA CELESTE faz barulho.

45. FLY ME TO THE MOON. Davi tabela com Tiago Real, Dedé corta, Moisés chuta de fora da área, alto pra K7!

46. Tiago Real cobra dois escanteios. Moreno corta o primeiro, Leo Simões o segundo.

47. FIM de 1º tempo.

MARCELO MORENO, atacante do Cruzeiro: “O time está trabalhando bem. Graças aos colegas, consegui fazer o gol. O passe do Everton Ribeiro foi muito bom.”

DAVID, volante do Goiás: “Não podemos desistir, temos que lutar até o final. Tivemos duas chances e uma hora vamos ser premiados com o gol.”

INTERVALO

19h33. TORCIDA ESMERALDINA exibe faixa: “Ingresso de Série A, futebol de Série C”. e protesta com dirigentes bem perto das cabines de televisão.

19h35. COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.

46. Cruzeiro joga pra trás, Leo Simões recua pra Fábio.

47. CANETA. Everton Ribeiro em Davi, mas na sequência erro de passe atrapalha jogada.

48. Everton Ribeiro lança Willian, que cruza da direta. Moreno comete falta em Jackson, dentro da área goiana.

49. NADINE acerta de novo! Marca falta sobre Egídio na lateral esquerda celeste.

50. Everton e Moreno trocam passes na entrada da área verde, Jackson corta.

51. Moisés tenta conexão com o ataque verde, Fábio defende.

52. MARCELO OLIVEIRA canta as jogadas na lateral do campo. Com estádio vazio, todo mundo ouve.

53. Davi cobra falta, Dedé corta de cabeça, na área celeste.

54. AMARELO. Thiago Mendes, por falta em Willian, parando contrataque.

55. PANCADINHA. Nílton chuta de fora da área. Bola sai fraca e torta. Tiro de meta.

56. Ceará recebe passe de Everton e cruza da pontadestra, Jackson corta, dentro da área.

57. ONZE cruzeirenses no campo de defesa impedem que Goiás crie jogada.

58. Moisés chuta do bico da área celeste, bola sai à esquerda de Fábio.

59. TROCAS. Moisés x Murilo, Egídio x Samudio.

60. Marcelo Oliveira pra Egídio: “Valeu, vc correu muito, correu muito, já está bom.”

61. Alisson corre pra lá, pra cá, gira, mas erra passe na entrada da área pra Moreno.

62. PASSES ERRADOS. Goiás 22×11.

63. Ceará chuta forte e com curva, de fora da área. Bola tira tinta no pé do poste direito.

64. Samudio lança na pontesquerda. Pra ninguém.

65. TROCA. Alisson x Dagoberto.

66. Giuliano Belletti, comentarista do SporTV: “Destaco os trabalhos de Lucas Silva e Nílton, que não erram passes e facilitam o trabalho dos atacantes.”

67. NÃO FOI. Leo Veloso disputa com Dagoberto, dentro da área, e pede pênalti. 68. AMARELO. Bruno Mineiro, por reclamar pedindo pênalti.

68. Davi lança na área, Leo Simões corta.

69. Willian cruza da esquerda, Valmir Lucas cede escanteio.

70. Everton Ribeiro cobra corner, na esquerda. Felipe Macedo corta.

71. Marcelo Moreno recebe bola cruzada, mas cabeceia fraco e Renan encaixa.

72. SECO E QUENTE: temperatura de 28º, às 20h. Vento de 6 Km/h, umidade de 19%.

73. Cruzeiro troca passes no ataque.

74. QUASE. Everton Ribeiro passa a Dagoberto, que chuta cruzado. Bola sai rente ao poste esquerdo.

75. TROCA. Bruno Mineiro x Erik.

76. TROCA. Willian x Henrique.

77. Erik vai à linha de fundo e cruza pra trás. Leo Simões limpa área celeste.

78. AMARELO. Jackson, por falta em Everton Ribeiro.

78. Murilo enfileira na entrada da área recebe uma peitada de Lucas Silva. Falta dentro da meialua celeste.

79. BALIZA, Davi cobra com chute forte, Fábio espalma, bola vai no travessão.

80. AMARELO. Ceará, por falta em Moisés, que puxava contrataque.

81. Drubscky chama esquerdinha, campeão paulista pelo Ituano.

82. Everton Ribeiro recebe passe de Ceará, ajeita o corpo e chuta forte, da entrada da área. Bola sai à esquerda de Renan. Escanteio.

83. TROCA. Samuel x Esquerdinha.

84. DEFESAÇA. Erik chuta forte, da entrada da área. Fábio defende, com dificuldade.

85. Goiás tenta armar um ataque, Dedé não deixa.

86. AMARELO. Leo Veloso, por falta em Dagoberto.

87. Murilo chuta de fora da área, bola desvia em Leo Simões e sai a escanteio.

88. Erik cruza da direita, Leo Simões corta.

89. Bola chuveirada na área celeste, Fábio divide com Valmir Lucas e fica com ela.

90. Ceará sente dores abdominais e sai na maca.

91. FAZENDÃO. Times cansados de correr num campo que mais parece uma fazenda.

92. AMARELO. Samudio, por cera na cobrança de lateral.

93. Felipe Macedo limpa área do Goiás com um bico.

93. Ceará cobra lateral, Moreno toca mão na bola estragando a jogada que era pra segurar a bola no ataque próximo à bandeira de corner, na pontadireita.

94. PÊNALTI. Leo Simões corta, bola acerta em Erik e fica com Esquerdinha, que entra na area perseguido por Dedé. O beque celeste faz carga por trás e o atacante cai.

94. AMARELO. Dedé, pelo pênalti.

95. PRA FORA. Davi cobra pra fora, rente ao poste direito. Fábio salto pro lado certo e defenderia se a bola fosse no alvo.

96. FIM de jogo.

MELHOR DO JOGO, segundo comentaristas do PHD: Fábio [34], Everton Ribeiro [13], Marcelo Moreno [8], Torcida Celeste [1].

GOIÁS 0×1 CRUZEIRO, domingo, 24ago14, 18h30. TEMPO bom, temperatura 30º, vento 6 Km/h, umidade 19%. LOCAL: Serra Dourada (45 mil), gramado bom de 110×75, Goiânia. MOTIVO: 17ª rodada do Brasileiro 2014. PÚBLICO: 5.163 pagantes, R$ 207.470, média R$40. ARBITRAGEM: Francisco Carlos do Nascimento (Fifa/AL), juiz; Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Nadine Schramm Camara Bastos (Fifa/SC), bandeiras; Osimar Moreira da Silva Junior (GO), quarto árbitro; Arilson Bispo da Anunciacao (BA) e Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL), assistentes; Antonio Pereira da Silva (GO), delegado. AMARELOS: Thiago Mendes, Bruno Mineiro, Jackson (G); Ceará, Samudio e Dedé (C). GOL: Marcelo Moreno, 25. CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé, Leo Simões e Egídio (Samudio); Nilton e Lucas Silva; Everton Ribeiro, Alisson (Dagoberto) e Willian (Henrique); Marcelo Moreno. T: Marcelo Oliveira. GOIÁS:  Renan; Jackson, Felipe Macedo e Valmir Lucas; Moisés (Murilo), David, Thiago Mendes, Tiago Real e Leo Veloso; Samuel (Esquerdinha) e Bruno Mineiro (Erik). T: Ricardo Drubscky. HISTÓRICO: Foi o 50º Cruzeiro x Goiás. O Cruzeiro venceu 27, empatou 10, perdeu 13; marcou 67 gols, sofreu 48. Em 33 jogos pelo Brasileiro, o Cruzeiro venceu 17, empatou 7 e perdeu 9, marcou 48, levou 34 gols. Cruzeiro e Goiás jamais decidiram um título entre si. DESEMPENHO do Cruzeiro na história do Campeonato Brasileiro: 54 participações em 58 campeonatos, 1.270 jogos, 558 vitórias, 341 empates, 370 derrotas, 1.898 gols marcados, 1.450 gols sofridos.

17ª BR: Liquidação de ingressos no Magelão

Por Jorge Angrisano Santana | Em 23 de agosto de 2014

17ª rodada (45%) do Brasileiro 2014, disputada em 23/24ago14:

BOTAFOGO 1×0 CHAPECOENSE, 23ago14sab18h30, Maracanã (78 mil), Rio de Janeiro, 15.909 pagantes, 18.450 presentes, R$273.615, média R$17, gol de Ramirez, 31.

ATLÉTICO-MG 1×0 INTERNACIONAL, 23ago14sab18h30, Independência (23 mil), Belo Horizonte, 19.732 pagantes, R$299.430, média R$15, gol de Tardelli, 81. HeMan perdeu gol até sem goleiro. E WP no banco…

PALMEIRAS 1×0 CORITIBA, 23ago14sab21h, Pacaembu (38 mil), São Paulo, 18.461 pagantes, R$715.310, média R$39, gol de Juninho, 13. Celso Roth, técnico do Coxa, caiu.

SÃO PAULO 2×1 SANTOS, 24ago14sab16h, Morumbi (63 mil), São Paulo, 31.281 pagantes, R$955.453,média R$31, gols de Ganso, 24, Gabriel, pênalti, 85, Pato, 87. Sumpaulo vira vice líder.

GRÊMIO 2×1 CORINTHIANS, 24ago14sab16h, Humaitá (55 mil), Porto Alegre (55 mil), 32.401 pagantes, R$1.041.805, média R$32, gols de Barcos, 46 e 48, Guerrero, 61. Grêmio jogou dez minutos. E foi o bastante. Mano Menezes botou a culpa pela derrota no juiz.

CRICIÚMA 0×2 FLAMENGO, 24ago14sab16h, Heriberto Hülse (22 mil), Criciúma, 14.874 pagantes, R$399.525, média R$27, gols de Mugni, pênalti, 77, Eduardo da Silva, 81.

FLUMINENSE 4×0 SPORT, 24ago14sab16h, Maracanã (78 mil), Rio de Janeiro, 11.631 pagantes, R$227.210, média R$20, gols de Cícero, 34, Fred, 42, Conca, 49, Fred, 88. Técnico do Criciúma caiu.

VITÓRIA 0×1 FIGUEIRENSE, 24ago14sab16h Barradão (35 mil), Salvador, 7.112 pagantes, R$57.978, média R$8, gol de Everaldo, 74. Juan perdeu pênalti. Leão da barra tá mal e sem sorte.

GOIÁS 0×1 CRUZEIRO, 24ago14sab18h30, Serra Dourada (45 mil), Goiânia, 5.163 pagantes, R$207.470, média R$40, gol de Marcelo Moreno, 25.  Cruzeiro abre 5 pontos sobre a escolta.

ATLÉTICO-PR 0×0 BAHIA, 24ago14sab18h30, Baixada (42 mil), Curitiba, sem público.

ARTILHARIA. [9Ricardo Goulart (Cruzeiro) [7] Marcelo Moreno (Cruzeiro) Henrique (Porco) Douglas Coutinho (Cap), Barcos (Grêmio) [6] Pato (Bambi), Gabriel (Peixe), Guerrero (Gambá) [5] Cícero (Flu) Kardec (Bambi) Tardelli (Cocota) [4] Fred, Conca (Flu) Dátolo (Cocota) Alex (Coxa) Alecsandro (Fla) Ganso, Luís Fabiano (Bambi) Jadson (Gambá) Daniel, Emerson Sheik (Bota), Caio (Vitória), Rafael Moura (Inter) [3Marquinhos (Cruzeiro), Dinei (Vitória) Zeballos (Bota) Wellington Paulista, Aránguiz, Dalessandro (Inter) Ceni (Bambi), André (Cocota) Tiago Luis (Chape) Sóbis (Flu) Baier (Cri), Clayton (Figueira) Neto Baiano (Sport), Marcos Guilherme, Marcelo Cirino (Cap), Eduardo da Silva (Fla) Gil, Luciano (Gambá).

17ª BR => LUGARES: 437.000. PUPAGANTE: 156.564. MÉDIA: 17.396. OCUPAÇÃO: 36%. [Média de 9 jogos]

16ª BR => LUGARES: 444.000. PUPAGANTE: 184.503. MÉDIA: 18.450. OCUPAÇÃO: 43%.

15ª Est/Reg => LUGARES: 433.000. PUPAGANTE: 306.873. MÉDIA: 30.687. OCUPAÇÃO: 71%.

Scolari: “No Cruzeiro, não importa quem joga; quem entra preenche os espaços”

Por Jorge Angrisano Santana | Em 23 de agosto de 2014

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do CRUZEIRO 1×0 GRÊMIO, Mineirão, Belo Horizonte, 17ª rodada do Brasileiro 2014, 20h30 de 21ago14:

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: Já sabíamos que seria difícil, pelo clube que o Grêmio é, os jogadores que tem, pelo comando do Felipão. Eles viriam fechados, mas também atacaram com perigo e aproveitaram-se de alguns erros nossos no 1º tempo. Chegaram 2 ou 3 vezes na cara do Fábio, e nossa equipe com paciência e muita persistência soube levar a partida. Martelamos e conseguimos uma vitória que tem de ser muito valorizada.

DAGOBERTO, atacante do Cruzeiro: O mérito do gol foi do Dedé, eu só tive a felicidade de estar no lugar certo. Minha estreia foi assim de cabeça, mas é cedo pra comemorar alguma coisa, tem muito campeonato pela frente e vamos com os pés no chão. Tenho uma carreira abençoada no futebol e cada vez mais curto isso, o futebol é gostoso. E o gol ajudou o Cruzeiro a se manter lá em cima. O momento do gol é único, não tenho como expressar a minha felicidade.

LUIZ FELIPE SCOLARI, técnico do Grêmio: Fico feliz porque fizemos um excelente jogo. O Grêmio volta a ser uma equipe competitiva, com qualidade e que propõe o jogo. Tivemos oportunidades, mas não matamos. Chegamos a controlar o Cruzeiro, uma equipe que tenho visto criar 10, 15 jogadas. Hoje, criou 3 ou 4, mas na jogada final, conseguiu fazer o gol.  É um time muito bom taticamente. Equilibrado. Tem boa qualidade técnica. Um preenche o espaço do outro. Jogam de forma simples, são bem conectados, estão juntos desde o ano passado, têm uma tática muito evoluída. Não importa quem joga. Entrou o Dagoberto, preenche o espaço. Entra o Alisson, preenche. O Cruzeiro engrenou. E quando engrena, se colocar A, B ou C, dá certo. Quanto a voltar ao Mineirão, é como voltar a qualquer estádio. Nada mudou. Meu trabalho continua. Foi tudo igual.

EDINHO, comentarista do PFC: O Cruzeiro tem elenco e jogadores que podem mudar o jogo quando entram. Tem o Dagoberto, que já foi titular, o Marquinhos, o Alisson, o Willian, que se revezam. E o Marcelo Oliveira não tem muita tolerância. Quando o jogador não está bem, ele muda e a equipe começa a render mais ainda, como aconteceu contra o Grêmio. Foi um jogo muito intenso, mas o Cruzeiro em nenhum momento abriu mão de jogar ofensivamente e buscar o gol. Com tranquilidade, paciência e organização, foi lá e conseguiu o gol, com todos os méritos.

CLAUDINEI VILELA, no PHD: , têm Jogo daqueles em que o ingresso não tem preço. Fábio fez 5 milagres. Grêmio todo atrás, jogando pra não perder. Jogo amarrado e o Cruzeiro em cima. Blitz total, quase 40 do 2º tempo… E ai acontece a jogada de raça de um beque, seguida de uma tabela de classe, o cruzamento perfeito e um gol do cara que saiu do banco pra glória. Glória dele e da torcida, que encarou uma quinta-feira brava pra ver seu time ficar mais líder do que nunca.

DANIEL CARVALHO, no PHD: Não esperava jogo fácil. Scolari está mais do que escaldado e não iria enfrentar o Maior de Minas de igual pra igual. Foi um resultado conseguido graças a Fábio, a Marcelo Oliveira, que tem elenco e soube usá-lo, e a uma jogada do Dedé, que culminou no gol de Dagol!