Mezzo a mezzo

Por Jorge Angrisano Santana | Em 11 de dezembro de 2012

Concordo com Reinaldo Azevedo. Oscar Niemeyer é metade gênio, metade idiota.

A menos que o caro leitor considere os elogios que o arquiteto fez, até ir desta pra melhor, ao ditador Stalin como manifestação de bom senso.

Não é o caso, certo?

Mas vamos ao que interessa. No PHD também tem gente mezzo a mezzo. Confiram:

  1. Velho Damas é metade minerador, metade sofredor.
  2. Evans Drawn é metade motoqueiro, metade no estaleiro.
  3. Dr. Genibaldo Lucena é metade louco, metade doudo.
  4. Mariana Rezende é metade inteligência, metade eficiência.
  5. Vidigal é metade Cruzeiro, metade pró-mensaleiro.
  6. JP Anchieta é metade calhorda, metade bondade que transborda.
  7. Seixas é metade cozinheiro, metade biriteiro.
  8. Arreguy é metade tutano, metade cubano.
  9. Francysmar é metade cruzeirense, metade nonsense.
  10. Celeste é metade Itajubá, metade Guarujá.
  11. Othon é metade hotel, metade no bordel.
  12. Olivieri é metade futebol, metade voleibol.
  13. Xina é metade um cara fino, metade bate pino.
  14. Carpedim é metade psicólogo, metade astrólogo.
  15. Muzzi é metade formal, metade anormal.
  16. Raé, metade é ruim da cabeça. metade doente do pé.
  17. Síndico, metade lê a Veja, metade esbraveja.

Tem mais. Aguardem.

29 comentários para “Mezzo a mezzo”

  1. Francys disse:

    O Sindico é lobisomem. Metade homem, metade Lobo. KKKKKKKKKKKK

  2. Rogério disse:

    No momento Evandrão é nada motoqueiro e 100% estaleiro…

  3. Leo Anchieta disse:

    Numa primeira olhada, li que o Arreguy era metade tucano, ao invés de tutano. A do Seixas eu pensei que ia ser: metade cozinheiro, metade homem. Onde está a metade formal do Muzzi? Ele é 100% anormal. Evandro é metade au, outra metade au.

  4. Ex-Calhorda disse:

    Vai pra puta que te pariu, moleque!

  5. Celeste disse:

    Que bom se fosse mesmo o Guarujá. É metade Itajubá e metade Sorocá e olhe lá.

  6. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Reinaldo Azevedo não é metade nada. É um idiota inteiro.

  7. mariana disse:

    Gostei das minhas metades. ;-)

  8. Naldo disse:

    Tem um conhecido meu aqui que é metade homem e metade atleticano.

  9. jrgalvao disse:

    Guerreiros do teclados: 70% exigidor; 30% torcedor rrsss

  10. Rimou legal. Parabéns síndico!

  11. Leo Vidigal disse:

    Sou Cruzeiro por inteiro.

  12. rosan amaral disse:

    Já que estão citando este tal de Reinaldo (por si só uma piada), vou contar uma ótima que ouvi no Ricardo Boechat (Band): o arquiteto Oscar assim que chegou ao céu foi recebido pelo próprio Barbudo; este disse “continua ateu? agora acredita em mim?”; Oscar respondeu “sempre acreditei em você”; e o Barbudo perguntou “quem Eu sou?”; o Oscar respondeu “nunca esqueceria de você Carl Marx”.

  13. Jose Neto disse:

    Oscar Niemeyer é 100% gênio, 100% grandioso, mostrou ao mundo que o Brasil é capaz de produzir coisas grandiosas, que é capaz de pensar, de produzir de inovar. Reinaldo Azevedo é um boçal, como diz Ciro Gomes, um pena amestrada dos Civita, mas a melhor qualificação do não menos genial Leonardo Boff – “Reinaldo Azevedo é rola-bosta”.

    • Suponho que vc compartilhe com Niemeyer os elogios a Josef Stalin. Estou certo?

      • Jose Neto disse:

        Errado, Stalin não tinha o respeito nem dos comunistas foi sim um sanguinário, importante que ditadores não é uma exclusividade de nenhum modelo e sim fruto de guetos de poder, basta olhar para as obscuras ditaduras na América do Sul que ocorreu sobre o patrocínio dos EUA com o argumento frouxo de que era preciso frear a escalada comunista. É bom tb olhar para o oriente médio onde ditadores ficam ricos e impõem misérias e sofrimentos àqueles povos. Niemyer sonhava com um ideal comunista.

      • Conversa fiada. Oscar elogiou Stalin até na hora da morte. Se vc concorda com isto, não busque subterfúgios pra se defender. Apenas assuma e pronto. É direito seu ter o ídolo que bem entender.