Filmes de Zumbis: Top 5 do Fabrício Oliveira

Por Jorge Angrisano Santana | Em 16 de junho de 2011

Os filmes de zumbis são considerados por uma grande parte da população como uma grande baboseira, um erro causado por puro preconceito.

Quando bem explorados, os cadáveres ambulantes podem render belas histórias e prinicipalmente belas metáforas sobre a sociedade.

Seguem os melhores filmes do gênero na minha opinião.

  1. Night of the Living Dead - O primeiro da série. Imaginem nos anos 60, onde a sociedade não aceitava certas coisas, era racista e conservadora, e vem um maluco dirigir um filme com cenas explícitas de canibalismo e tiros no meio da cara. Imaginem no mesmo filme que o personagem principal é um negro, que coordena as ações e tenta salvar um grupo preso em uma fazenda, sem contato com o mundo exterior, e comandando os brancos na tentativa de sobrevivência. Num clima terrivelmente claustrofóbico, George A. Romero revolucionou o cinema de terror. Seu filme além de tudo faz uma crítica à sociedade segregada dos EUA, mostrando que sim, um negro pode ser um lider.
  2. Dawn of the Dead - Mostrando um novo capítulo de sua saga, Romero faz uma pesada crítica ao consumismo, mostrando Zumbis lutando para invadir um shoping center. Parece um dia de domingo, não? Criando todo um clima de compaixão, Romero nos faz importar com os personagens, e tira vários dele de cena. Mostra ainda como o ser humano pode se adaptar e ficar alheio aos enormes problemas desde que tenha o que é preciso pra sobreviver. Neste filme é dita a famosa frase “Quando não houver mais lugar no inferno, os mortos caminharão sobre a terra”.
  3. Return of the living Dead - Uma paródia dos filmes de Zumbis, mas com bom roteiro e sem abusar do pastelão. O Resultado é um “Terrir” espetacular com várias cenas de humor negro maravilhoso e o terror com forte presença.
  4. 28 Days after (Extermínio) - Danny Boyle, ganhador do Oscar com “Quem quer ser um milionário?” também se aventurou no universo do mortos vivos. Aventurou é pouco. Ele reinventou o gênero, deixando um pouco mais verossímel através da possibilidade do aparecimento de um vírus da raiva mutante e explorando a possibilidade de desastre biológico com a qual temos convivido depois da gripe aviária e suína. Mostra também o lado negro dos homens quando em situações extremas.
  5. Day of the Dead - O último filme da trilogia clássica de Romero mostra um mundo já devastado e como as pessoas que deveriam buscar a salvação acabam se comportando em ambientes extremos. Também aborda o tema da ética na pesquisa. Quais são os limites? Enfim, mais um clássico que deixa o espectador tenso do início ao fim.

Curiosidades

Grandes diretores já se aventuraram no tema Zumbis. O mais notável foi Peter Jackson, da super trilogia de Senhor dos Aneis e multi vencedor do Oscar. No início da carreira, Peter dirigiu Dead Alive (fome animal), um Terrir que sempre foi muito cultuado no universo do terror.

Quentin Trarantino também se aventurou no seu Trash Movie Planeta Terror.

O cineasta Indiano, M. Night Shyamalan, apesar de não ter filmes de zumbis no currículo, é fã de George Romero e se diz influenciado por seu trabalho.

Fabrício Oliveira, de Brasília

90 comentários para “Filmes de Zumbis: Top 5 do Fabrício Oliveira”

  1. Damas disse:

    Talvez porque passei toda minha infância e adolescência nas vizinhanças do Cemitério do Bonfim, eu c@go de medo de filme de terror. O único que vi foi O Exorcista e quase morri no antigo Cine Guarani.

    • Danilo_VIX disse:

      Também né, Damas, você foi logo assistir Exorcista! Poderia pegar alguma coisa mais leve, como Jason ou Freddy Kruger!

      • Damas disse:

        Naquela época cinema era coisa de rico. Nos dias úteis eu era Cobrador e nos finais de semana engraxate. Era conta para faturar mais algum no “mata-mata” da sinuca, mas se perdesse – na semana seguinte – tinha que vender o almoço prá comprar a janta. Mas era bom prakarai!!!!!

    • oliveirafarma disse:

      exorcista continua aterrorizante ainda hoje.

  2. Danilo_VIX disse:

    Eu acho os filmes de “terror” uma grande bobagem (no sentido divertido da palavra). Não sou radical assim, podem acreditar. Mas tirando os filmes de Romero (gênio) que, como ficou muito bem explicado no post, faz um paralelo com a sociedade os outros são mal feito e apelativos. Tem um ou outro que salva, mas a maioria é apenas entretenimento barato!

    • Danilo_VIX disse:

      Quero dizer que filmes de suspense, os bons, são muito mais aterrorizantes que os filmes rotulados de Terror.

      • Dylan disse:

        Danilo, Texas Chainsaw Massacre é um dos grande filmes dos anos 70 em qualquer genero. Eu, na verdade, adoro o genero horror desde os primórdios com Freaks,a Noiva de Frankestein.Pra saber exlorar o medo alcançar aquele canto mais sombrio do ser humano é preciso muito talento.

      • Danilo_VIX disse:

        É isso que quis dizer, Dylan. Para fazer um bom filme de terror tem que ser muito bom, ou o filme vira piada, como são as séries Hora do Pesadelo, Halloween e 6ª-Feira 13. Mas “O Massacre da Serra Elétrica” é um dos filmes mais insanos que já vi. TODOS os personagens têm algum tipo de problema!!! Fantástico e genial.

      • Danilo_VIX disse:

        O que dizer, então, de “O Iluminado”?

      • Danilo_VIX disse:

        Pô, Dylan, você gosta de “filmes medonhos” mas não curte “músicas medonhas”!!?

      • Dylan disse:

        Danilo, as musicas mais “medonhas” que eu já ouvi tinham muito pouco volume,mas são tão lúgubres e soturnas que já ate perdi o sono com algumas delas…

      • Eugenio Raggi disse:

        Danilo, o Romero é um fanfarrão, né? Um gozador do gênero. Acho que ele tem coisas muito divertidas, mas pouco aterrorizantes. Ultimamente, o filme que mais me causou medo foi o documentário fake australiano “Lake Mungo”. Eu recomendo. Bom com força!

      • Danilo_VIX disse:

        Anotado, Raggi. Valeu pela dica!!

      • oliveirafarma disse:

        Iluminado é um dos melhores filmes de terror psicológico já feitos. Foi o primeiro do estilo que se igualou ao “Bebê de rosemary”. Dylan também entende do tema. Massacre da serra elétrica é sensacional. Acabei de importar sua versão restaurada em Blu-Ray.

      • O Iluminado é um filme de Stanley Kubrick estrelado pelo volante Fabr[icio, Shelley Duvall, Danny Lloyd, Scatman Crothers. Muito bom. Durante o inverno, um homem (Fabrício) contratado pra ser vigia num hotel do Colorado leva junto sua patroa (Shelley Duvall) e seu filho (Danny Lloyd). O isolamento causa-lhe problemas mentais e ele vai se tornado cada vez mais agressivo, enquanto seu filho tem visões de acontecimentos passados também causados por isolamento excessivo.

    • oliveirafarma disse:

      Raggi, Romero é gênio mesmo e a maioria dos filmes é carnificina sem sentido. Mas estes citados acima e mais outros do Romero, do Lucio Fulcci, Lamberto Bava e Dario Argento são muito bons. O Fome animal do Jackson é divertidíssimo.

      • oliveirafarma disse:

        Gênio no sentido de fazer filmes de terror que não são tão aterrorizantes mas mesmo assim muito tensos. O Night of Livinhg Dead é muito claustrofóbico. É terror na essência.

      • Eduardo Arreguy Campos disse:

        Pô, Jorge, sacanagem com o Fabrício…rsrsrs. Mas não há como negar que o Fabrício fica melhor no papel do que o Nicholson… rsrsrs

  3. Dylan disse:

    da lista do Fabricio so vi o 1 e o 4,ambos muito bons.mas o meu preferido nesse genero é um filme dos anos 40, chamado I Walked With a Zombie que vai na origem da coisa ambientando a trama no Haiti. Mostra como o genero pode ser muitointeligente e atingir picos de criatividade com poucos recursos.

    • oliveirafarma disse:

      I Walk with a Zombie é ótimo mesmo. Mas eu abordei os filmes de zumbis mais no estilo de “survival movie” e este é mais de feitiçaria. Tem um muito bom de zumbi haitiano que é o “A Maldição dos vivos vivos” com Bill Pullman. Acho que vai gostar pelo estilo do filme.

    • oliveirafarma disse:

      tem também o white zombie com Boris Karloff. Filme de Zumbi Voodoo

  4. Jadson Lima disse:

    O ROGER CALÇA O CHINELINHO E OS CARAS FICAM FALANDO DE FILME DE ZUMBI. GENTE. SE NÃO GANHARMOS DAS COELHINHAS VAMOS GANHAR DE QUEM?

  5. Eugenio Raggi disse:

    O mais tétrico filme que vi deste segmento foi a “La Tragedia de La Pampulla”, de 2009, estrelado por Fabio “Zombie” Deivisson e Gerson “La Mumia” Magrón, dirigido Adílson “Brinquedo Assassino” Baptista e produzido José “El Omisso” Perrellilla. Um clássico.

  6. Matheus Chaves disse:

    Zombieland, uma sátira dos filmes de zumbi. Simplesmente sensacional. Vale a pena assistir.

    • oliveirafarma disse:

      bom mesmo. Tem 2 momentos espetaculares: A abertura ao som de “For whon the Bells Tolls” do Metallica e a participação de Bil Murray fingindo ser Zumbi.

  7. Jadson Lima disse:

    OS FILMES DE TERROR MAIS ENGRAÇADOS SÃO OS JOGOS DAS GALINHAS. OS PATETICANOS DEVEM TERUMA RELAÇÃO DE MAIS DE 50 JOGOS QUE GANHAM DE QUALQUER FILME DE TERRROR. E AO FINAL ELES SAEM CANTANDO O HINO PARA ESPANTAR O MEDO.

  8. aquinoflavio disse:

    Síndico, você poderia me dizer por que o cruzeiro contrata como se fosse um figueirense, um coritiba? Até o bahia tem mais poderio financeiro do que nós, contrataram o ricardinho, carlos alberto, e fizeram proposta de 230 mil pro marcos assunção no palmeiras, enquanto nós temos que mendigar brandão (só veio por que é de graça), vitor (refugo do sport) e outros perebas? Por que o cruzeiro não tem dinheiro?

    • Eugenio Raggi disse:

      Nem sempre se faz futebol como fígado. Eu, talvez, seja um dos mais ácidos críticos da gestão Perrel la por aqui. Eu, pessoalmente, não queria Carlos Alberto, Ricardinho e Marcos Assunção nem de graça, que dirá pagando essa fortuna que voce diz. O nosso dirigente é esperto o bastante pra manter a galinha dos ovos d eouro funcionando, não vai cortar-lhe o pescoço como fez o Bahia. Pensandopor esse ponto de vista o “Pequenino Salsicheiro” é menos pior do que estes que vc citou.

    • porque é um clube modesto, parcimonioso, não consumista, moderado, sensato e entesourador.

  9. julimbh disse:

    Meu Top 5:
    1) Marquinhos Paraneinstein
    2) 2 points after (zona da degola)
    3) A maldição de Cuca
    4) The Return of the Iron Trio
    5) Montillo Evil

  10. kmp disse:

    Os mestres dos filmes de terror:
    Boris Karloff
    Vincent Price
    Christoferr Lee
    And Also Starring, alguns comentaristas do PHD.kkkkk.
    Abs.

  11. kmp disse:

    *Christopher Lee, o eterno Drácula.

  12. Allan Morais disse:

    Tem ainda a série “The Walking Dead” cuja primeira temporada foi transmitida pela Fox e a segunda que não foi ao ar ainda, será no FX. Gostei muito.

    • oliveirafarma disse:

      A série é baseada em uma HQ. Muito boa mesmo, mas se perdeu um pouquinho. A HQ já está no volume 85 e é espetacular. Tem historia pra mais de kilometro.

  13. kmp disse:

    O Eugenio, mas quem falou que estava me referindo a você? Não se culpe, posso não concordar com algumas colocações, mas estão longe de ser apavorantes. Abs.

  14. oliveirafarma disse:

    Tem um filme totalmente clássico de zumbis que é de 63, estrelado pelo Vincent Price – “The last man on Earth”. Deste foi feito um remake em 73, estrelado por Charlton Heston – “The Omega Man”. E deste foi feito outro Remake com Will Smith – “I Am Legend”

  15. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Fabrício, antes de “Extermínio”, o tema zumbis e desastre biológico já havia sido explorado. Eu achava que “A última esperança da terra”, com Charlton Heston é quem primeiro tinha tratado do assunto, mas quando lançaram o remake “Eu sou a lenda”, com Will Smith, descobri que os dois eram remakes de “Mortos que matam” com Vincent Price no papel principal.

    • oliveirafarma disse:

      Pois é Arreguy, o tema de desatre biológico já havia sido tratado, primeiramente pelo Price, e depois em seus remakes. Mas não tão verossímil. Mas a roupagem dada pelo Boyle, tornou tudo mais real. O Boyle utilizou modelos epidemiolígicos reais para o desastre, o que não foi feito pelos anteriores. Por isso entendo ter sido uma revolução. O Mortos que Matam é “The Last man on earth”. Consegui uma versão remasterizada em DVD na livraria cultura. É um ótimo filme e grande item de coleção

  16. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Do que me lembro, no filme com Heston o vírus surgia de uma guerra biológica, o que se justifica pelo clima da “guerra fria” vigente na época. Apesar disto, parece tratar mais de fanatismo religioso, mas se forçar um pouco pode-se detectar um caráter ideológico, com os zumbis fazendo o papel, of course, de comunistas (em se tratando de americanos, tudo é possível).

    • oliveirafarma disse:

      é extamente esta a roupagem do filme. O combate ao comunismo. Por isso a parte epidemiológica ficou de lado e consequentemente o filem ficou menos realista.

  17. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Já o filme com Will Smith explora mais o lado da ética nas manipulações genéticas, etc. Dois bons filmes para quem gosta do gênero, “A última esperança da terra” e “Eu sou a lenda”. O primeiro, visto pelo filtro do passado, melhor que o segundo. Ainda pretendo assistir o “Mortos que matam” e se alguém assistiu, poderia comentar aqui.

    • oliveirafarma disse:

      O Mortos que Matam vende na livraria cultura. Em brasília tem pra entrega imediata. è um clássico mas aborda tudo de forma mais inocente. Mas ainda sim diverte muito.

  18. Eduardo Arreguy Campos disse:

    Postei e só agora vi o comentário do oliveirafarma, falando dos mesmos filmes.

  19. oliveirafarma disse:

    Dylan, pelo que você disse sobre músicas sombrias e medonhas, creio que você gosta do mestre Robert Johnson. estou tentando comprar um box dele mas tá difícil encontrar ultimamente…

    • Dylan disse:

      Robert Johnson é começo, meio e fim de tudo,né? na verdade, box dele é meio dificil porque ele gravou um numero muito pequeno de cançoes, me parece que apenas 20 musicas que vc acha num disco chamado King Of Delta blues singers.

      • oliveirafarma disse:

        O cara ainda impressiona mesmo quase 100 anos após sua morte… Ele tem 30 músicas gravadas. e delas algumas versões chegando a umas 50 gravações (takes diferentes, etc). Eu vi um Box dele com todas as gravações, e mais itens de coleção, poster, foto, etc. Mas na época tava sem grana e não comprei, e não achei mais… Vc conhece o “me and Mister Johnson” do Eric Clapton?

      • Dylan disse:

        pra dizer a verdade, nao sou muito fã do Eric Clapton, gosto de muita pouca coisa.. Nao sou muito chegado a guitarristas apegados demais a clichês de blues a menos que sejam visionários e criadores como Jeff Beck e Jimmy Page. E quando se mete a fazer música comercial, Clapton consegue ser pior ainda.

      • oliveirafarma disse:

        Mas o “Me and Mr Johnson” eu recomendo. São covers do Robert Johnson com uma roupagem e produção moderna.

  20. Eduardo Arreguy Campos disse:

    E já que o assunto é zumbi, parece que tem um andando por aí, apregoando que enrolar uns backs é legal (agora, né?). Acho que é a forma que ele encontrou pra se manter vivo, só que ele não sabe que maconha dá é barato, e não eternidade. VADE RETRO, SATANÁS!!

  21. Naldo disse:

    Não me lembro de ter assistido a nenhum deste filme citados aí no Top 5. Acho que o único filme de Zumbis que assiti foi Thriller do Michael Jackson.

  22. Eduardo Arreguy Campos disse:

    No gênero terror comédia, diferente do “terrir”, que é mais escrachado, gosto muito do “O jovem Frankenstein”, do Mel Brooks, com Gene Wilder, mas quem dá show é o Marty Feldman. E o melhor de todos “A dança dos vampiros”, do Polanski, com ele mesmo no papel principal.

  23. kmp disse:

    O programa ‘Entre Aspas” agora na Globonews ta discutindo o tema, de um lado o psiquiatra Ronaldo Laranjeira e de outro um jovem cineasta chamado Fernado Grostein. O papo tá interessante.

  24. kmp disse:

    Não Dylan, da descriminalização da maldita.kkkkkkkkk.

  25. Dylan disse:

    dois grandes filmes de terror inglês que nao lidam com o sobrenatural. Um é the Witchfinder general com Vicent Price fazendo papel de um inquisidor corrupto na Inglaterra medieval. O diretor infelizmente era maniaco depressivo e se suicidou com 25 anos. O outro é o Homem de palha sobre um culto pagão numa ilha da Escócia com o Christopher Lee. Nicholas cage há pouco tempo fez uma refilmagem ridicula. Esse além de tudo a trilha sonora é de primeira, super influente entre novas bandas. Recomendo.

  26. FHC doidão traçando Dilmão e o ébrio se acabando nos bares de São Bernardo. Isto, sim, é enredo de prima!

  27. Alguém explica pq o Zé do Caixão foi excluído desta resenha?

    • julimbh disse:

      Síndico, depois que ele cortou as unhas, ele já não é mais o mesmo… Aliás vi há alguns anos atrás, uma película de rara intensidade e sensibilidade, com dois de nosso maiores ícones cinematográficos: “Padre Pedro e a Revolta das Crianças” – Com Pedro de Lara e Zé do Caixão…

    • oliveirafarma disse:

      Zé não fez, infelizmente, nenhum filme de Zumbis. Mas eu adoro ele. Já tive muita diversão na adolescencia acompanhando o falecido Cine Trash na Band que era apresentado pelo Zé. E seus filmes realmente são perturbadores.

  28. julimbh disse:

    Filme de terror porreta seria um ensaio fotográfico da Marlene Matos…

  29. mariana disse:

    Adoro filme de terror e assisto TODOS os filmes de zumbi possíveis, é meu estilo preferido. Vejo tudo que o Mestre Romero faz! Concordo, em parte, com sua lista Fabrício. Colocaria “Madrugada dos Mortos” e “Zumbilândia” + a trilogia de Romero. Se bem que “Extermínio” é mto bom… na dúvida, faria uma lista com 6!

    • oliveirafarma disse:

      Olá Mariana,

      Madrugada dos mortos é muito divertido sim, mas ele é remake do Dawn of the Dead do Romero. Na nova versão, ele é mais focado na ação, perdendo a essência aproposta pelo Romero que é a crítica ao consumismo e com uma roupagem de terror clássico

      • mariana disse:

        Eu sei que remake, mas gosto mto de “Madrugada dos Mortos” não consigo escolher 1 dos 2! Por isso coloquei os dois na minha lista.