Arquivo da Categoria ‘Cotidiano’

Votar na morena pra chatear militantes da eslava

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Aranha, goleiro do Santos, é um mestiço. Sua árvore genealógica, como a minha, a sua, caro leitor, e a da maioria dos brasileiros, deve estar apinhada de europeus, índios e negros.

Mas ele tem a pele escura, logo para os padrões dos militantes “por um mundo melhor” e para os racistas rastaqueras ele é negro.

E sendo negro serve pra ser provocado por idiotas que frequentam a Geral do Grêmio e pra servir mártir para os politiqueiros da TV.

Foi o que aconteceu ontem, em Porto Alegre, e foi explorado à exaustão pela Iespien, em grande escala, e pelo SporTV, mais moderadamente.

Pois bem, o mártir da vez pode entrar em qualquer lugar público deste país. Pode exercer sua profissão em qualquer clube. Pode matricular os filhos em qualquer escola.

Pode se hospedar em qualquer hotel. Pode namorar e casar com mulher de qualquer cor. Pode se candidatar a qualquer cargo. Pode frequentar qualquer clube.

Comprar em qualquer shopping. Dirigir qualquer carro. Rezar em qualquer igreja, templo ou terreiro. Sair de baiana, pirata ou arlequim no carnaval.

Pode até fechar o gol contra o Grêmio. Clube que tem uma infinidade de aranhas em suas equipes de futebol e em sua torcida.

Apesar disto, Mauro Cezar Pereira e outros bonzinhos da Iespien consideram o Brasil um país racista.

Sendo assim, pra equilibrar o jogo “racial”, votarei na morena Marina ao invés da eslava Dilma na eleição presidencial.

Só pros idiotas da Iespien verem que o tiro deles pode sair pela culatra.

Com 95% de certeza, a maioria é cruzeirense

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

MARCOS PINHEIRO

Muito barulho está sendo feito por conta da última pesquisa Ibope sobre torcidas publicada neste mês. Não havendo fraudes ou outras picaretagens do estilo, não podemos dizer que esta ou aquela pesquisa está errada porque as pesquisas informam probabilidades. O fato é que essa do Ibope não diz que a torcida do AtléticoMG é maior que a do Cruzeiro. Vamos as análises.

A margem de erro geralmente publicada nas pesquisas é a máxima esperada, que ocorre quando a estimativa é igual a 50%. A medida que a estimativa se afasta de 50%, a margem de erro diminui. Isto é lógico. Ilógico seria pensar que uma estimativa de 2% tem margem de erro de 3%, podendo variar de -1% a 5%!

Para calcularmos a margem de erro, utilizando uma aproximação pela distribuição binomial (podemos sempre fazer para populações grandes, maiores que 100 mil), considerando um intervalo de confiança de 95%, usamos a fórmula: ME = 1,96 x raiz quadrada [ p (1-p) / n ], onde p é o valor da estimativa e n é o tamanho da amostra.

Assim, no caso da pesquisa do Ibope (7.005 entrevistas), as MEs para as estimativas de Cruzeiro e AtléticoMG é de 0,4%, o que significa dizer que num nível de confiança de 95% não é possível dizer que a torcida do AtléticoMG é maior do que a do Cruzeiro nem o contrário. Configura-se, portanto, o empate técnico. Para o Ibope, há 95% do percentual real do tamanho da torcida do Cruzeiro estar no intervalo de 2,7 a 3,5% e, do AtléticoMG, de 3,1 a 3,9%. E há 5% de chance, para cada time, do percentual real estar fora dessas faixas.

Tudo é uma questão de probabilidades. Assim, 95% significa que, em média, em cada 20 pesquisas o valor real da estimativa estará dentro do intervalo de confiança e em 5%, não. É, portanto, oportuno analisarmos outras três pesquisas de torcidas publicadas recentemente, todas com menos de um ano.

Em dezembro do ano passado foram publicadas duas pesquisas: uma do Datafolha (2.588 entrevistas) e uma do Instituto Paraná Pesquisas (7.302 entrevistas).

Para o Datafolha, a estimativa do Cruzeiro foi 3,24% ou, considerando a ME com 95% de confiança, entre 2,56 e 3,92%. Já a estimativa do atlético-MG foi 1,88%, variando entre 1,36 e 2,40% com 95% de confiança. Ou seja, por essa pesquisa do Datafolha, como não há interseção entre os intervalos de Cruzeiro e AtléticoMG, podemos afirmar, com 95% de certeza, que a torcida do Cruzeiro é maior que a do AtléticoMG.

Para o Paraná Pesquisa, sempre com os mesmos 95% de confiança, os resultados foram: Cruzeiro 4,16% [de 3,70 a 4,62%] e AtléticoMG 2,24% [de 1,90 a 2,58%]. Novamente, não há interseção entre os intervalos, portanto, também podemos afirmar, com 95% de certeza, que a torcida do Cruzeiro é maior que a do AtléticoMG.

A última pesquisa do Datafolha, de junho de 2014 (4.337 entrevistados), apresenta um problema: é que o Datafolha publicou os resultados arrendondados, sem as casas decimais. Assim, deveremos acrescentar à ME o erro do arrendondamento. Os percentuais estimados de Cruzeiro e AtléticoMG foram de 3 e 2%, respectivamente. Como esses resultados foram arrendondados, o valor referente ao Cruzeiro poderia ser tanto 2,5 quanto 3,4. Assim, ao somarmos o erro de arredondamento (0,5% para baixo e 0,4% para cima) à ME, a estimativa do Cruzeiro é de 2% a 3,9% e a do AtléticoMG, de 1,1% a 2,8%. Verificamos que o erro de arrendondamento não nos permite concluir, por esta pesquisa do Datafolha de junho de 2014, se a torcida do Cruzeiro é maior que a do rival.

Mas um ponto de grande importância é que as duas pesquisas do Datafolha e a pesquisa do Paraná Pesquisas são compatíveis entre si. Há interseção entre os intervalos estimados para Cruzeiro e AtléticoMG. Mas a pesquisa do Ibope, em relação ao percentual estimado para o AtléticoMG, é incompatível com todas as outras três, mesmo considerando aquele intervalo alargado do Datafolha pelo erro de arrendondamento. Já em relação ao intervalo estimado para o Cruzeiro, a pesquisa do Ibope é incompatível apenas com a do Paraná Pesquisas.

Como já disse antes, não podemos dizer que a pesquisa do Ibope está errada por conta de sua incompatibilidade com as demais, pois a própria pesquisa afirma que há 5% de probabilidade de o valor real da estimativa está fora do intervalo de confiança.

Por outro lado, creio que nem preciso fazer muitos cálculos para percebermos que o intervalo estimado pelo Ibope para o tamanho da torcida do AtléticoMG está acima do valor real. Percebam que essa pesquisa do Ibope entrevistou pessoas a partir de 10 anos, enquanto as demais, a partir de 16 anos. Mas essa torcida do Ibope afirma que a torcida do Cruzeiro é a 4ª maior do País entre as pessoas de 10 a 15 anos, à frente do AtléticoMG. Ou seja, o centro do intervalo estimado para o AtléticoMG está acima do centro do intervalo estimado para o Cruzeiro por conta dos maiores de 16. Nesse caso do Ibope, é quase certo que deu os 5% na cabeça.

A leitura que devemos fazer, após a análise das quatro pesquisas acima, é que duas delas nos permitem afirmar, com 95% de certeza, que a torcida do Cruzeiro é maior, e as outras duas não nos permitem afirmar nada. Como conclusão, podemos continuar afirmando, com mais que 95% de certeza, que a torcida do Cruzeiro é a maior de Minas.

MARCOS PINHEIRO, 45, cruzeirense, engenheiro, economista, nasceu no Rio de Janeiro, mora em Belo Horizonte.

Semana 34: Dois gols, seis pontos

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 34 de 2014, por MAURO FRANÇA:

SEGUNDA, 18ago14. Reapresentação do elenco após vitória sobre o Santos, à tarde. Titulares fizeram atividades regenerativas. Reservas disputaram coletivo, com uma das equipes completada por jogadores da base.  /// Sorteio na CBF definiu os confrontos das oitavas de final da COPA DO BRASIL. Cruzeiro enfrentará o Santa Rita de Alagoas, fazendo a primeira partida no Mineirão em 27ago. /// TAÇA BH DE FUTEBOL JUNIOR, 2ª rodada do Grupo B, Toca I, CRUZEIRO 0×0 VILLA NOVA. CRUZEIRO: Lucas França; Dione, Léo Boni, Bruno Viana e Kaique (Kelvin); Sávio, Bruno Edgar, Emerson Carioca (Gabriel Louzada) e Judivan (Hugo Sanches); Rodrigo Dias (Léo Lima) e Pedro Paulo (Léo Bonatini). T: Paulo Ricardo.

TERÇA, 19ago14. Jogadores fizeram atividades na academia e em seguida foram a campo para um treino leve. /// EVERTON RIBEIRO e RICARDO GOULART foram convocados para a Seleção Brasileira, para dois amistosos contra Colômbia e Equador, em 05 e 09set. Ambos falaram ao site oficial. EVERTON RIBEIRO: “Estou feliz, hoje é um dia de felicidade extrema, realização de um sonho, objetivo alcançado, não poderia ser outro sentimento. A ansiedade foi muito grande e ainda não caiu a ficha. Só tenho que agradecer ao Cruzeiro, que apostou no meu futebol e hoje estou aqui realizando esse sonho”. RICARDO GOULART: “A felicidade é única. Agradeço ao Cruzeiro por abrir as portas e dar oportunidade para mostrar meu trabalho. Espero manter o nível jogado aqui na equipe, sei que é difícil, mas vou me preparar bem para que meu ciclo na seleção dure por muito tempo”.

QUARTA, 20ago14. À tarde, MARCELO OLIVEIRA comandou coletivo. Titulares: Fábio; Mayke, Dedé, Léo e Egídio; Lucas Silva e Henrique; Éverton Ribeiro, Ricardo Goulart e Willian; Júlio Baptista. Reservas: Rafael; Ceará, Alex, Manoel e Samudio; Willian Farias, Nilton, Tinga e Marlone; Dagoberto e Marquinhos. Marcelo Moreno, de fora do jogo contra o Grêmio por questão contratual, Alisson, Neilton e Eurico treinaram a parte./// Vinte e dois jogadores foram relacionados para a concentração: Fábio, Rafael, Ceará, Mayke, Egídio, Samudio, Dedé, Léo, Manoel, Henrique, Lucas Silva, Nilton, Tinga, Willian Farias, Alisson, Everton Ribeiro, Júlio Baptista, Marlone, Ricardo Goulart, Dagoberto, Marquinhos e Willian. /// SAMUDIO foi convocado para a seleção paraguaia, para amistosos contra Ucrânia e Emirados Árabes, em 03 e 07set, na Áustria. /// Luiz Rocha, empresário de LUCAS SILVA, revelou que foi procurado por pessoas ligadas ao Manchester United e Inter de Milão, mas não recebeu propostas oficiais. O portal de notícias inglês Talksport noticiou que Chelsea e Tottenham também estão interessados no jogador. /// GILVAN DE PINHO TAVARES descartou pedir adiamento de jogos em função da convocação de jogadores: “Só não concordaremos se a CBF liberar algum dos clubes que tiveram jogadores convocados de disputar as partidas. Se atender ao pedido de algum deles, tem que dar o mesmo direito ao Cruzeiro. A gente reclamava da CBF de não reconhecer o trabalho que o Cruzeiro vem prestando ao futebol brasileiro, então, não podemos nos queixar”. /// TAÇA BH FUTEBOL JUNIOR, 3ª rodada, Grupo B, Toca I, CRUZEIRO 2×2 FIGUEIRENSE. Gols: Judivan e Emerson Carioca. CRUZEIRO: Lucas França, Dione, Léo Boni, Bruno Viana e Kaique; Sávio, Bruno Edgar (Léo Lima), Emerson Carioca (Manoel) e Judivan; Léo Bonatini (Rodrigo Dias), Pedro Paulo (Hugo Sanches). T: Paulo Ricardo. O Cruzeiro classificou-se para as oitavas de final como 2º do grupo, com 5PG, 1V e 2E, 6GF e 3GC.

QUINTA, 21ago14. CRUZEIRO 1×0 GRÊMIO. Mineirão, Belo Horizonte, 16ª rodada do Brasileiro-14, 32.294 pagantes, 34.335 presentes, R$1.413.807,00. Arbitragem: Flavio Rodrigues Guerra, juiz; Marcelo Carvalho Van Gasse e Anderson José de Moraes Coelho, bandeiras; trio paulista. Amarelos: Edinho, Dudu, Zé Roberto (G); Lucas Silva, Henrique, Nilton, Alisson, Dedé (C). GOL: Dagoberto, 85. CRUZEIRO: FábioMaykeDedé, Leo Simões e Egídio; Henrique e Lucas Silva (Nilton); Everton RibeiroRicardo Goulart e Willian (Alisson); Júlio Baptista (Dagoberto). T: Marcelo Oliveira. GRÊMIO: Marcelo Grohe, Pará, Werley, Rhodolfo e Zé Roberto; Ramiro, Riveros (Edinho) e Fellipe Bastos; Luan, Dudu e Ronan (Fernandinho). T: Luiz Felipe Scolari. /// MARCELO OLIVEIRA comentou: “Foi uma vitória da raça, da persistência. Já sabíamos que seria difícil pela qualidade do Grêmio, pelos jogadores que tem, pelo comando do Felipão. Martelamos e conseguimos bela vitória. Sem dúvida foi o jogo mais competitivo, mais perigoso. O Cruzeiro fez o que se propõe sempre, quando vai para a frente acontece um ou outro contra-ataque do adversário, isso está calculado. Para isso, temos uma zaga muito boa e um goleiro excepcional”. /// Representantes da Olympikus se reuniram em Belo Horizonte com Robson Pires e Marcone Barbosa e apresentaram uma proposta para renovação do contrato com o clube. Gilvan de Pinho Tavares anunciou que a proposta seria examinada e que ainda não houve nenhuma definição. Ana Hochsheidt, gerente de marketing da Olympikus, declarou que “a renovação está muito bem encaminhada”.

SEXTA, 22ago14 – Jogadores se reapresentaram à tarde.  Os que jogaram contra o Grêmio fizeram atividades regenerativas. Os demais, incluindo Dagoberto, Nilton e Alisson, foram a campo para um treino técnico com ênfase em finalizações, seguido por um rachão. /// Em um lance desta atividade TINGA fraturou a tíbia e a fíbula da perna direita. O jogador deixou a Toca em uma ambulância e foi levado ao Hospital Lifecenter. /// O jornal espanhol Marca divulgou interesse do Atlético de Madrid em LUCAS SILVA. O jogador falou sobre as especulações envolvendo o seu nome: “Tenho o sonho de jogar na Europa, mas não será de qualquer forma. O Cruzeiro é um clube onde nasci e cresci para o futebol. Se não for uma coisa boa para mim ou para o Cruzeiro, não será ruim ficar aqui”. /// Realizado na Toca II o nono encontro do Movimento Futebol de Base Brasil (MFB), que reuniu dirigentes dos principais clubes do país para discutir o futuro dos trabalhos de formação de atletas no país.

SÁBADO, 23ago14. Treino recreativo encerrou a preparação para o jogo contra o Goiás. No final da manhã, delegação embarcou para Goiânia com 21 jogadores: Fábio, Rafael, Ceará, Mayke, Dedé, Léo, Manoel, Egídio, Samudio, Henrique, Lucas Silva, Nilton, Willian Farias, Alisson, Everton Ribeiro, Júlio Baptista, Marlone, Dagoberto, Marcelo Moreno, Marquinhos e Willian. Ricardo Goulart, com dores musculares, foi cortado da relação. /// TINGA passou por cirurgia no Hospital Lifecenter. O procedimento durou cerca de 75 minutos e correu dentro da normalidade, de acordo com a assessoria de comunicação do clube. A diretoria confirmou que o contrato do jogador, que venceria em maio de 2015 será prorrogado de acordo com o tempo necessário para sua recuperação. /// ESTADUAL SUB17, 4ª rodada da fase de classificação, Toca I, CRUZEIRO 1×1 JABAQUARA (Ipatinga). Gol: Higor. /// A partida do Sub15 contra o Vila Nova Pampulha, que seria disputada na preliminar, foi adiada por falta de policiamento.

DOMINGO, 24ago14. GOIÁS 0×1 CRUZEIRO. Serra Dourada, Goiânia, 17ª rodada do Brasileiro-14, 5.163 pagantes, R$207.470,00. Arbitragem: Francisco Carlos do Nascimento (FIFA/AL), juiz; Emerson Augusto de Carvalho (FIFA/SP) e Nadine Schramm Camara Bastos (FIFA/SC), bandeiras. Amarelos: Thiago Mendes, Bruno Mineiro, Jackson (G); Ceará, Samudio e Dedé (C). GOL: Marcelo Moreno, 25. CRUZEIRO: FábioCeará, Dedé, Leo Simões e Egídio (Samudio); Nilton e Lucas Silva; Everton Ribeiro, Alisson (Dagoberto) e Willian (Henrique); Marcelo Moreno. T: Marcelo Oliveira. GOIÁS: Renan; Jackson, Felipe Macedo e Valmir Lucas; Moisés (Murilo), David, Thiago Mendes, Tiago Real e Leo Veloso; Samuel (Esquerdinha) e Bruno Mineiro (Erik). T: Ricardo Drubscky. /// MARCELO OLIVEIRA comentou: “Jogo extremamente difícil. O Cruzeiro não jogou como normalmente joga, esboçou algumas boas situações de toque, mas o Goiás jogou muito também. Isso é explicável também em função da dificuldade de se jogar aqui. O campo é imenso e o clima dificulta. Eles estão mais acostumados e nós sofremos um pouquinho no final, quando faltavam 15 minutos. Mas quando não se joga bem o tempo todo, é importante ser eficiente pra ganhar o jogo. O árbitro foi até bem durante o jogo, marcou as faltas que tinha que marcar e aplicou os cartões, mas acho que ficou pressionado por algumas jogadas de corpo a corpo em que os jogadores do Goiás caíram perto da área. Tive a sensação que não houve pênalti. Os jogadores também. Seria lamentável um erro numa situação dessa, no final do jogo, sem tempo pra reagir”. /// TAÇA BH DE FUTEBOL JUNIOR, oitavas de final, campo do União, Itabirito, CRUZEIRO 1×1 CRICIÚMA. Gol: Leo Bonatini. Nos pênaltis, Criciúma, 5×4. Cruzeiro desclassificado. /// ATLETISMO: Sábado, em Recife, Marcos Antônio Pereira venceu a 39ª Corrida dos Guararapes da Polícia Militar, completando os 10 km em 29:32. Cícero Vieira foi o 4º, com 30:36, e Daniel Henrique Alves Sabino, o 5º, com 31:06. Em Lavras, Ivamar de Oliveira venceu a 3ª Corrida do Circuito Vale Verde, com 33:31. José Afonso Silva, 58 anos, conquistou a 7ª colocação da 1ª Maratona do Espírito Santo, disputada na Rodovia do Sol entre Guarapari e Vila Velha por mais de 2.000 atletas, com 2:43:02.

Kaiu não vai mais te representar

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Recebi, com profunda consternação, a notícia de que o presidente do AtléticoMG, Sr. Kaiu, desistiu de sua candidatura a deputado (Federal?).

Uma pena. Aqui, mesmo, no PHD acredito que ele colheria alguns votinhos preciosos. Urbano, Aquino e Damas eram favas contadas. Beth e Evandro, provavelmente.

Menos mal que o presidente GPT, do Cruzeiro, manteve sua candidatura a deputado estadual. Na Assembléia, ele será a voz do futebol mineiro, não importando a cor da camisa.

É um bom candidato. Tem uma longa carreira de servidor público a lhe respalda além de, como presidente, ter se revelado um administrador vitorioso.

E, antes que venham vcs com aquela lengalenga de que cartola não serve pra política, lembro a todos que gestores de futebol têm direitos políticos como quaisquer outros cidadãos.

Muitos desses gestores até fizeram belas carreiras como políticos, caso, por exemplo, do colorado Ibsen Pinheiro.

Temos, inclusive, um político bem sucedido que se tornou cartola laborioso. Trata-se de Lulla, que ao deixar a presidência da República, tornou-se um excelente diretor patrimonial do Corinthians.

Semana 33: Under Armour, Penalty ou Olympikus?

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Notícias do Cruzeiro na SEMANA 33 de 2014, por MAURO FRANÇA:

SEGUNDA, 11ago14 – Folga do elenco profissional. /// ALISSON e LUCAS SILVA foram convocados para a Seleção Brasileira Sub21 para três amistosos contra Egito, Qatar e Líbano, no Qatar, entre 01 e 10nov.

TERÇA, 12ago14. Na reapresentação, à tarde, jogadores fizeram treino físico em campo. Liberados pelo DM, CEARÁ e JÚLIO BAPTISTA participaram. BORGES fez trabalho de fisioterapia em outro campo. /// ROGER FLORES foi escolhido 61.000º sócio do futebol. /// Clube protocolou, na FMF, vídeo e documento de três páginas em protesto contra os erros do  juizJailson Macedo Freitas no jogo contra o Criciúma. Trechos do documento: A insensibilidade no trato das obrigações do árbitro e seus auxiliares ultrapassou todos os limites suportáveis. Os pedidos de providências do Cruzeiro não tiram os responsáveis pelo comando da arbitragem de suas inércias permanentes. A cada rodada a Comissão de Arbitragem da CBF se revela ineficaz. O Cruzeiro prefere acreditar que todas as inexplicáveis falhas ocorridas nesta partida se deram única e exclusivamente por incompetência dos árbitros escalados. Não obstante, tudo merece ser apurado através de uma sindicância, com o intuito de dar transparência e seriedade na atuação da arbitragem”. /// Levantamento do consultor de marketing esportivo Amir Somoggi mostrou que o clube teve aumento de R$53 milhões em receita gerada com o Mineirão. De R$10,6 milhões arrecadados em 2012, a receita passou para R$63,7 milhões em 2013. No quesito arrecadação com estádio, o Cruzeiro subiu da 13ª para a 3ª colocação no ranking dos clubes brasileiros. Os dados foram extraídos dos balanços dos clubes e consideram receitas com sóciotorcedores, bilheteria e outras explorações dos estádios.

QUARTA, 13ago14. Pela manhã, jogadores fizeram atividades na academia. Os goleiros trabalharam em campo com o preparador Robertinho. À tarde, a atividade foi um treino técnico de dois toques, em campo reduzido. Na sequência, Everton Ribeiro, Dedé e Júlio Baptista treinaram cobranças de faltas, enquanto os demais treinaram cruzamentos e finalizações. Único ausente da atividade, RICARDO GOULART fez trabalho de reforço muscular na academia. /// SAMUDIO aderiu ao programa Sócio do Futebol, na categoria Cruzeiro Sempre. /// Bruno Albilel, diretor de marketing da empresa norte-americana de material esportivo UNDER ARMOUR, confirmou ao portal Superesportes que manteve contato com o Cruzeiro, ainda que sem apresentar proposta concreta. A empresa tem planos para entrar no futebol brasileiro nos próximos anos. Já o diretor da PENALTY, Carlos Saraiva, negou contato com o clube. No entanto, Robson Pires, diretor comercial do clube, revelou que o clube negocia com várias empresas, entre elas a Penalty.

QUINTA, 14ago14.  MARCELO OLIVEIRA comandou treino tático em campo reduzido para os titulares, à tarde. Os demais jogadores participaram de um treino técnico, em outro campo. Na sequência, todos participaram de um coletivo. Novidades foram as presenças de Willian e Henrique nas vagas de Marquinhos e Nilton. /// GILVAN DE PINHO TAVARES, sobre as declarações do presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar: “Ele citou na entrevista que o Cruzeiro costuma não honrar os compromissos e o exemplo que ele deu foi a negociação do Manoel. Disse que o clube não compra tão barato porque adquiriu 50% do zagueiro por 3 milhões de euros. No entanto, a verdade é que o Manoel optou pelo Cruzeiro. O São Paulo estava lá, querendo o jogador. Da mesma forma, o Michel Bastos. Ele foi oferecido ao Cruzeiro e a gente não quis, porque já temos dois laterais. O São Paulo hoje é segunda opção e ele fica conversando fiado, parece que não sabe se portar como presidente de uma entidade grande e fica agredindo outras entidades. Eu nunca falei mal de ninguém, mas não deixo que falem mal do Cruzeiro e nem de mim. Falar que o Cruzeiro é mau pagador, venha ele provar. Esse Carlos Miguel Aidar tem tentado fazer contato comigo e com outros presidentes de clubes com o objetivo, segundo dizem, de criar uma entidade tipo clube dos 13, com a qual eu não concordo, possivelmente para discutir com a Rede Globo os direitos de televisão. Mas temos compromisso com a emissora e, diferente dele, costumo honrar compromissos, mesmo aqueles que não eram da minha gestão no Cruzeiro”. /// CBF divulgou balanço sobre público e renda das primeiras 14 rodadas do Brasileiro. O Cruzeiro teve a 5ª melhor renda média, com R$ 606.241 mil (média geral: R$ 419.851 mil); o 6º público médio, com 16.417 (média geral: 13.661); e o 6º maior preço de ingresso médio, com R$ 36,93 (média geral: R$ 30,71).

SEXTA, 15ago14. Pela manhã, MARCELO OLIVEIRA comandou coletivo. Titulares: Fábio; Mayke, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Willian; Marcelo Moreno. Reservas: Rafael; Ceará, Manoel, Alex e Samudio; Willian Farias e Nilton; Marquinhos, Tinga e Dagoberto; Júlio Baptista. Eurico, Alisson, Marlone e Neilton fizeram atividade técnica à parte. /// O treinamento foi acompanhado por 220 torcedores, que participaram de visita programada organizada pela Cruzeiro Tour. /// GILVAN DE PINHO TAVARES, sobre o patrocínio do material esportivo: “Nós temos contrato com a Olympikus até o final desse ano e eles têm um prazo para se manifestar pela renovação. Estamos esperando chegar esse prazo para decidir com a Olympikus. Até agora a propensão nossa é não renovar, porque não fizeram proposta e a entrega de material está muito ineficiente, muito ruim. É provável que seja a Penalty, caso a Olympikus não cubra a proposta deles, que não é melhor só financeiramente, mas em termos de quantidade de material esportivo é muito mais”. Ana Hochscheidt, gerente de marketing da OLYMPIKUS, disse que a intenção da empresa é renovar o contrato.

SÁBADO, 16ago14. Treino recreativo fechou a preparação para o jogo contra o Santos. Vinte e um jogadores foram relacionados para a concentração, que começou após o treinamento: Fábio, Rafael, Ceará, Mayke, Egídio, Samudio, Dedé, Leo, Manoel, Henrique, Lucas Silva, Nilton, Tinga, Alisson, Everton Ribeiro, Júlio Baptista, Ricardo Goulart, Dagoberto, Marcelo Moreno, Marquinhos e Willian. /// Depois que MARCELO MORENO recebeu um comunicado que seria convocado para a Seleção Boliviana, o clube se antecipou e solicitou a liberação do jogador, sendo atendido. /// TAÇA BH DE FUTEBOL JÚNIOR, 1ª rodada Grupo B, Toca I, CRUZEIRO 4×1 MARCÍLIO DIAS-SC. Gols: Rodrigo Dias, Léo Bonatini, Emerson Carioca e Bruno Edgar. CRUZEIRO: Lucas França, Dione, Bruno Viana, Léo Boni e Sávio (Léo Lima); Kaique, Judivan (Léo Bonatini), Bruno Edgar e Rodrigo Dias (Hugo Ragelli); Émerson Carioca (Murilo) e Pedro Paulo (Hugo Sanches). T: Paulo Ricardo. /// ESTADUAL SUB15, 3ª rodada, estádio José Maria Melo, Montes Claros, CRUZEIRO 3×1 FUNORTE. /// ESTADUAL SUB17, 3ª rodada, estádio José Maria Melo, Montes Claros, CRUZEIRO 2×1 FUNORTE.

DOMINGO, 17ago14. CRUZEIRO 3×0 SANTOS. Mineirão, Belo Horizonte, 15ª rodada do Brasileiro 2014, 39.215 pagantes, 41.967 presentes, R$2.047.658. Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden, Rafael da Silva Alves e Alexandre Kleiniche, trio gaúcho. Amarelos: Everton Ribeiro, Mayke e Júlio Baptista (C), Alan Santos (S). Gols: Marcelo Moreno, 23, Ricardo Goulart, 48, Júlio Baptista, 87. CRUZEIRO: Fábio; Mayke (Ceará), DedéLeo Simões e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Everton RibeiroRicardo Goulart (Dagoberto) e Willian; Marcelo Moreno (Júlio Baptista). T: Marcelo Oliveira. SANTOS: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Bruno Uvini (Nailson) e Mena; Alan Santos (Leandrinho), Arouca Lucas Lima; Thiago Ribeiro, Leandro Damião (Rildo) e Robinho. T: Oswaldo de Oliveira. /// MARCELO OLIVEIRA, sobre a partida: “Foi ótimo, um jogo extremamente difícil. Sabíamos disso e até esperávamos que o Santos chegasse desgastado. Eles diminuíram o ritmo no 2º tempo. Fizeram um belo jogo, e o Cruzeiro também. A vitória foi fundamental pra retomarmos a ponta da tabela e mantermos o aproveitamento dentro de casa. Vitória que veio empurrado pela torcida, envolvente e que jogou com o time”. /// MARCELO OLIVEIRA completou 100 jogos oficiais no comando da equipe, com um aproveitamento de 74% – 67 vitórias, 18 empates e 15 derrotas. /// ATLETISMO: Altobeli Santos da Silva venceu a 15ª Corrida Internacional da Matilat/Nardini de Catanduva, completando os 10 km em 29:40. José Márcio Leão da Silva ficou em 6ª colocação na 25ª edição da Dez Milhas Garoto de Vitória, que contou com a presença de atletas africanos. Leão foi o segundo brasileiro melhor colocado, com 49:22. Justino Pedro da Silva foi o 7º, com 49:30; João Gari o 12º e Giomar Pereira da Silva o 18º. Na prova feminina, Sueli Pereira Silva foi a 6ª colocada, 3ª melhor entre as brasileiras, com 58:25. Edielza Alves dos Santos foi a 9ª e Helena Pereira da Anunciação a 11ª. Johannes Boamorte Araújo foi o 2º nos 5 mil metros do Campeonato Paulista sub23, disputado em São Paulo, com 15:02. Marcos Antônio Pereira ficou com o 2º lugar na etapa de Aracaju do Circuito Qualidade Caixa, com 30:36. Daniel Henrique Alves Sabino foi o 4º, com 31:08.

Detalhamento para afoitos

sábado, 16 de agosto de 2014

O Cruzeiro iniciou 2014 com quatro torneios a disputar: Mineiro, Libertadores, Brasileiro e Copa do Brasil.

Um já está no papo, o Mineiro. Outro, foi pro espaço, a Libertadores. Agora, começa a Copa do Brasil.

Se tudo der certo, o penta vem em 8 rodadas. Mas pode custar alguns tropeços no Brasileiro, pela pletora de jogos.

Enquanto isto, rola o Brasileiro, o mais complicado de todos. Tão complicado que se desdobra em três etapas.

A primeira é a classificação para o ano seguinte. Pra esta, faltam 5 vitórias. Que não devem demorar.

A segunda, uma vaga no G4 e a classificação pra Libertadores, requer mais 13 vitórias em 24 jogos. Dificuldade imensa.

Pra campeonar, 15 vitórias. Ou mais. Por ora, não dá nem pra sonhar, embora, os afoitos já estejam em contagem regressiva.

E são esses afoitos que mandarão a fatura aos derrotados, caso seus sonhos não sejam alcançados por terceiros.

Fala muito, fala muito…

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Carlos Miguel Aidar, presidente do Sumpaulo,  quer formar outro Clube dos 13, GPT, presidente do Cruzeiro, não topa.

Aidar comemora contratação de Bastos, que antes se ofereceu ao Cruzeiro, sem sucesso. GPT não passou recibo.

Aidar disse que o Cruzeiro não paga seus credores, GPT garante que o campeão brasileiro não deve nada a ninguém.

Não faz muito tempo, Aidar avisou que a Globo perdera o direito de transmitir treinos da F1, que a emissora carioca continua transmitindo normalmente. GPT nada comentou sobre o tema.

Será que pra ser presidente do Sumpaulo o sujeito tem de ser boquirroto?

Já não bastou o JuJu?

Se este é o perfil predileto dos tricolores, por que eles não entregam logo o clube ao maior de todos os boquirrotos, o maior cacarejante das Gerais?

Chamar GPT não rola, pois ele num tá a fim de prosear sobre assuntos que extrapolem os muros das tocas I, II e III.

Faltam 68 horas

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Faltam 68 horas para o Cruzeiro x Santos que poderá manter ou surrupiar a liderança do campeão brasileiro.

TITULARES: Fábio; Mayke, Dedé, Leo Simões e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Willian; Marcelo Moreno.

RESERVAS: Alan; Ceará, Alex, Manoel e Samudio; Willian Farias e Nilton; Marquinhos, Tinga e Dagoberto; Júlio Baptista. Este foi o time do coletivo.

PÚBLICO: Até a tarde desta quinta, 35 mil cruzeirenses já garantiram presença nop clássico de domingo, às 16h, no Mineirão.

PECHINCHA: Sócios da categoria Cruzeiro Sempre têm direito à compra de dois ingressos, um deles com desconto de 30%. A compra pelo site do Sócio do Futebol pode ser feita por meio de cartões de crédito ou débito. (Site do Cruzeiro)

TESTE: Deitei na rede, fechei os olhos e meditei sobre a partida do próximo domingo e suas consequências. Encerrada a mentalização, medi a pressão. Deu 12×8, com 65 batimentos cardíacos por minuto. Perceberam meu grau de preocupação?

Náutico perde seu torcedor mais ilustre

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

EDUARDO CAMPOS, o timbu, não o cruzeirense, está morto. Ele era um dos cinco passageiros do Cessna que caiu no bairro do Boqueirão, em Santos. Havia ainda dois tripulantes. Ninguém se salvou.

  • Eduardo Henrique Accioly Campos, 49, nascido em 10ago65, em Recife, economista pela UFPE, ex-governador de Pernambuco, era neto de Miguel Arraes e filho de Maximiano Campos e Ana Arraes, era candidato à presidência da República pelo PSB, partido do qual era presidente.

Perda lamentável. Não receberia meu voto no primeiro turno, mas era uma alternativa para muitos descontentes com a situação do país.

Ah, esses lebrões velhos!

terça-feira, 12 de agosto de 2014

O futebol já ultrapassou a marca dos 120 anos, em termos de competições, mas o torcedor brasileiro ainda não entendeu, da missa, a metade.

E todo dia tem chororô por conta de erro de arbitragem. Sempre o mesmo nehenhenhém: complô, juiz caseiro, inversão de faltas, lebrão velho e cousa e lousa.

Neste fim de semana, os juizes caseiros deztepaiz, erraram contra um time visitante, o Cruzeiro, e dois locais (jogando em seus alçapões), Santos e Cocota.

E o suposto complô da CBF, chefiada por um sãopaulino e um palmeirense? Ele favoreceu o Corinthians. É muita cordialidade de inimigos viscerais dos gambás!

Juiz safado? Os cinco, que arbitraram no Heriberto Hulse, são baianos. Nascidos, criados e empregados na Boa Terra. E não é que, mesmo assim, ajudaram um time que disputa vaga no Z4 com Bahia e Vitória? Distraídos, hem?

A Globo também tem culpa. Mesmo tendo mostrado em detalhes os erros do Jailson, ela é culpada. Culpa que se aloja no oco da cabeça siderúrgicamente impenetrável do torcedor e está blindada contra o bom senso.

Tem também a história que vem de tempos osvaldofarianos de juiz mal intencionado que picota o jogo, inverte faltas e inibe os nossos jogadores com ameaças.

Cinquenta anos depois da invenção desse comjunto de desculpas esfarrapadas, ninguém a demonstrou com números ou imagens. Por isto, talvez, é que ela seja tão persistente. É artigo de fé, está imune à lógica.

Por hoje, é só. Semana que vem tem mais. Toda semana tem. E segue o baile!