Arquivo da Categoria ‘Copa do Brasil 2012’

Contra o ABC o torcedor será mais decisivo

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Gostaria de ver 40 mil torcedores empurrando o time alternativo do Cruzeiro contra o ABC, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira.

No sábado, 20 mil apoiando o time principal já estaria de bom tamanho. Mais do que isto significa encher o Mineirão de “capivaras que vaiam”.

Na quarta, o furor da galera faria diferença a favor dos reservas e contra um time modesto da segundona.

Pra sábado, a mobilização é previsível. Cada atleta fará o que puder, pois o jogo é decisivo e de enorme visibilidade.

Ademais, grito não vai influir no rendimento dos colorados, todos eles putaveias. Mas pode assustar um pouquinho os abecedistas.

Doravante, só de batina

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Havia 30 mil gremistas no estádio do Humaitá, em Porto Alegre, no Grêmio 0×2 Santos.

Uma dessas pessoas foi flagrada pela IESPIEN chamando Aranha de macaco.

A emissora deixou a imagem na tela durante horas. Criou-se o ódio. E, atrás dele, o inevitável oportunismo.

Resultado: O STJD tirou o Grêmio da Copa do Brasil. Mesmo tendo o clube caprichado nas campanhas e manifestações antirracistas ao longo dos últimos anos.

Doravante, imagino, serão excluídos de todas as competições clubes cujos torcedores chamarem seus desfetos de piranha, veado, gambá, urubu, bambi, franga etc.

Destarte, melhor a Globo comprar os direitos de transmisssão do campeonato interno do mosteiro dos beneditinos, porque nenhum torneio mundano chegará mais ao seu final neztepaiz.

CB: Por uma noite, Bota voltou a ser Glorioso

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Noite de copas.

No Coaracy Fonseca,S Arapiraca, anta rita 1×2 Cruzeiro. No placar agregado, Cruzeiro 7×1. Campeão brasileiro passou de fase, sem sustos.

Na Baixada, Curitiba, AtléticoPR 2×0 AméricaRN. Time de fase potiguar passou, com 3×2 no placar agregado.

No Maracanã, Rio de Janeiro, Flamengo 3×2 Coritiba, Placar agregado, 3×3. Nos pênaltis, Fla 3×2. Apenas 5 acertos em 12 cobranças.

Em Itaquera, São Paulo, Corinthians 3×1 Bragantino. No placar agregado, Corinthians 3×2. Classificação difícil dos gambás.

No Castelão, Fortaleza, Ceará 3×4 Botafogo. No placar agregado, 4×4. Botafogo passou por ter feito mais gols fora de casa. E com louvor, após virar o placar nos acréscimos.

No Serra Dourada, Goiânia, Goiás 1×0 Fluminense. Esmeraldinos passaram por terem feito um gol fora de casa. Em tempo: este foi um jogo da Sulamericana.

No STJD, Rio de Janeiro, Grêmio foi excluído da Copa do Brasil, devido a injuria racial de uma torcedora contra o goleiro do Santos.

Santa Rita 1×2 Cruzeiro: Desta vez, teve jogo

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

CRUZEIRO contra Santa Rita, no Coaracy Fonseca, Arapiraca, jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil 2014, às 19h30 de 03set14.

CLASSIFICAÇÃO. O cruzeiro entrou na competição nas oitavas de final. O Santa Rita desclassificou Guarani, Potiguar e Santa Cruz.

AUSENTES no Cruzeiro: Bruno Rodrigo (B), Borges (A), Tinga (V), Egídio (L), lesionados, e Marquinhos (M), que já atuou pelo Vitória nesta Copa do Brasil, Lucas Silva e Alisson, na Seleção Brasileiro Sub21, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart, na Seleção Brasileira.

BANCO do Cruzeiro: Elisson; Mayke, Samudio, Henrique, Eurico, Marcelo Moreno e Judivan.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “Vim a Arapiraca enfrentar o ASA, quando trabalhava no CRB. O gramado melhorou muito, mas ainda está um pouco fofo. Importante é estarmos preparados pra fazer um bom jogo.”

AUSENTES no Santa Rita: Ninguém.

BANCO do Santa Rita: Michael; Jefferson Lima, Edy, Paulo Roberto, Gabriel, Wagner Libano e Erlon.

EDUARDO NETO, técnico do Santa Rita: “O Cruzeiro está acima dos demais do Brasil hoje, mas vamos entrar em campo pra fazer boa apresentação. O mando é nosso e queremos mostrar nossa qualidade.”

RELEVANTE: A folha salarial do Santa Rita é de R$120 mil por mês.

NÚMEROS: O Cruzeiro já disputou 14 partidas em Alagoas. Venceu 10, empatou 3, perdeu 1, marcou 24 gols, sofreu 7.

O JOGO

19h23. TIMES em campo. Cruzeiro com uniforme tradicional, Santa Rita, com camisa branca, com uma listra preta outra vermelha na altura do peito, calções e meias pretas.

19h25. HINO Nacional.

19h27. TEMPO bom, temperatura 25º, vento 12 Km/h, umidade 82.

19h28. Estádio vazio. Cruzeiro tem um grupo de cento e poucos torcedores.

19h30. COMEÇA. Cruzeiro, à direita das cabines, dá a saída.

01. Ceará cruza da direita, Selmo corta com uma canelada na bola.

02. Lucas cruza da direita, Alagono, dentro da área, se atrapalha com a bola, que fica com a defesa celeste.

03. Técnico do Santa Rita pede calma ao time. Quer que ele segure a bola e não ataque de qualquer jeito.

04. Cruzeiro tenta atacar pela direita, Santa Rita toma a bola e troca passes na meiuca.

05. Alex disputa com Guêba, que fica caído. Primeira falta da partida.

06. AMARELO. Adriano, por carrinho em Willian, matando contrataque.

07. Cruzeiro joga sem pressa. Marcelo Oliveira ainda não se levantou do banco pra dar instruções.

08. Selmo aciona Jeanderson, na pontesquerda. Neilton toma a bola e o Cruzeiro sai pro jogo.

09. ARACAJUZEIRO. Organizada sergipana do Cruzeiro presente em Arapiraca.

10. Eduardo Neto pede que Cristiano Fontes trabalhe pelas pontas.

11. CARFELIX, no PHD: “Jogo com pouco público dá pra gente ouvir instruções dos técnicos. Parece treino”.

12. Cruzeiro troca passes em pressa.

13. Gueba lança Alagoano. Leo Simões persegue o centroavante e o desarma.

14. PALCO. O Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca tem capacidade para 15 mil espectadores, embora já tenha recebido mais de 18 mil num ASA 1x2CRB, em 12jul81, pelo campeonato estadual. A cancha de grama natural idêntica à do Pacaembu, tem 110×70, maior, portanto, que a do Mineirão.

15. Jeanderson chuta de longe, Fábio encaixa,

16 KÁGIZA & PEDRO, casal de São João Del Rei, que trabalha em Paulo Afonso, está presente apoiando o Cruzeiro.

17. Willian Farias faz lançamento a la Gerson, do meio de campo, pra Willian na área alagoana. O Bigode ajeita pra Júlio Baptista, que é desarmado por Adriano e não consegue arrematar.

18. Lucas cruza da direita, Leo Simões cede escanteio.

19. Gueba cruza da direita buscando rafael lima, Fábio sai do arco e defende na cabeça do atacante.

20. Ceará dispara pela direita atrás da bola, Selmo Lima chega antes e cede lateral.

21. REVERSÃO. Ceará cobra mal o lateral, que é devolvido ao Santa rita.

22. Santa Rita trabalha bola na meiesquerda. Cruzeiro pressiona e a bola volta ao campo de defesa do time de Boca da Mata.

23. CANETA. Adriano em Marlone.

24. Manoel lança Neilton, que não consegue dominar a gorducha.

25. Jeanderson chuveira da esquerda, bola passa por cima do travessão.

26. PONTEIROS. Neilton, na direita, Willian, na esquerda. Os dois não se movimentam muito.

27. Willian entra na área pela esquerda e cruza rasteiro, Selmo Lima corta pra escanteio.

28. Jeanderson dispara pela esquerda, entra na área e cruza rasteiro, na diagonal. Bola atravessa área celeste, Manoel fica com ela.

29. Cruzeiro faz a bola girar a bola de um lado pra outro, com passes curtos. Santa rita só espia.

30. Willian ajeita, Nílton arremata de fora da área, bola sai à esquerda do arco santarritense.

31. Niltom passa o rodo em Edson Magal, que fica caído na meiuca.

32. Bola longa na pontadestra do Santa Rita, Alex cabeceia pra trás cedendo lateral.

33. Marcelo Oliveira sai da zona de conforto, no banco, e dá instruções ao estreante Alex.

34. Alex cruza da esquerda e Selmo Lima testa pra fora da área do Santa Rita

35. RECESSO. Depois deste jogo, Santa Rita fecha as portas, dissolve o elenco, fecha as portas e só volta em 2015.

36. Willian cruza da direita, Leo Simões cabeceia, goleiro defende.

37. Reinaldo Alagoano entra na área, mas é desarmado por Manoel. Adriano apanha o rebote e chuta. Mal. Defesa celeste sai jogando.

38. Jeanderson cruza da esquerda. Fábio defende.

39. FÁBIO completa, hoje, 581 jogos com a azul estrelada.

40. Marcelo Oliveira manda Júlio Baptista cair pela direita pra dificultar os avanços do laterla esquerdo Jeanderson.

41. AMARELO. Edson Magal, por derrubar Nílton.

42. Rafael Silva apronta maior correria em direção ao arco celeste, mas é perseguido por Leo simões e nem chuta, nem cruza.

43. Gueba cruza da direita, Fábio cata borboleta, Rafael silva arremata, Manoel cede escanteio.

44. GOL. Reinaldo alagoano apanha rebote dentro da área, cruza , bola passa na frente do arco celeste, Cristiano Fontes empurra bola pra rede. SANTA RITA 1×0.

45. FIM de 1º tempo. Resultado justo. Time alagoano foi melhor técnica a animicamente.

EDUARDO NETO, écnico do Santa Rita: “Meu time foi obediente taticamente e vai lutar até o fim pra conseguir a vitória”,

INTERVALO

46. Eurico será volante, William Farias é deslocado pra lateral esquerda.

47. Santa Rita no ataque, consegue um escanteio, que é mal cobrado.

48. BALIZA. Marlone recebe passe de Júlio Baptista e acerta o travessão.

49. INSTRUÇÕES. No Intervalo, Marcelo Oliveira exigiu mais velocidade e pressão na saída de bola do Santa Rita.

50. Júlio Baptista cobra falta próximo à meialua. Bola sai por cima do travessão.

51. QUARTAS. O ABC que empatou em São Januário, por 1×1, e venceu o Vaco em Natal, por 2×1, será o adversário do Cruzeiro nas quartas de final.

52. Willian faz boa jogada pelo meio e lança Neilton, que corta o marcador, dentro da área, mas perde o controle da bola e não consegue chutar a gola.

53. Neilton derrubado na meiuca.

54. Fábio sai de sua área e vai à intermediária despachar a bola.

55. Manoel ataca pela direita, passa a Neilton, que tabela com Júlio Baptista. Willian fica coma bola e arremata. Bola acerta a parede de beques e sai da área.

56. Cruzeiro quer jogo e põe velocidade na bola. Santa Rita tá amis fechado que boca de bode.

57. FOMINHAGEM. Reinaldo Alagoano tenta passar por Leo Simões, ao invés de acionar o lateral que passava livre à sua direita. Resultado: fica sema bola e ainda tem de cometer falta no beque pra evitar um contrataque.

58. Nílton acerta um bom chute rasteiro, de fora da área. Jeferson defende em seu canto direito.

59. Marcelo Moreno vem aí. Torcida vibra.

60. Gueba aciona Lucas que dispara pela direita e cruza. Fábio encaixa.

61. TROCA. Neilton x Marcelo Moreno.

62. Willian cobra falta na pontadestra. Leo simões cabeceia, bola na rede, mas pelo lado de fora.

63. Marcação implacável do Santa Rita, que persegue cada jogador celeste.

64. HÁ LIMITES! Jeanderson, que já havia driblado Marlone um pouco antes, tenta passar pelo Louro, mas acaba desarmado.

65. Marcelo Oliveira, à beira do campo, incentiva Eurico avançar como se fosse lateral.

66. Marlone passa a Willian, que tenta tabelar com Marcelo Moreno, mas recebe bola quadrada e nada acontece.

67. Como mandante, o Santa Rita ainda não perdeu nesta Copa do Brasil.

68. PÊNALTI. Tabela cinematográfica entre Willian e Marcelo Moreno. bola desvia no braço de Selmo Lima.

69. AMARELO. Selmo Lima, por reclamação.

70. GOL. Júlio Baptista cobra seco, rasteiro, no canto esquerdo de Jeferson, que acerta o canto, mas não alcança a bola. CRUZEIRO 1×1.

71. TORCIDA celeste se manifesta.

72. GOL. Marlone pega a bola na meiadestra, dribla quatro adversários, entra na área, deixa Selmo Lima pra trás e cruza rasteiro. Marcelo Moreno aparece na boca do gol e empurra a bola pra rede. CRUZEIRO 2×1.

72’30″. Marcelo Moreno fez seu 3º gol na Copa do Brasil, 17º na temporada.

73. TROCA Gueba x Gabriel.

74. Nílton, cansado, pede pra sair.

75. TROCA. Nilton x Samudio.

76. Samudio vai pra lateral esquerda, William Farias volta pra volância.

77. Samudio ataca pela esquerda, Selmo Lima cede escanteio.

78. TROMBADA. Marlone com o Juiz.

79. Marlone, sempre fechando a lateral direita, recupera bola e passa a Manoel.

80. JR GALVÃO, no PHD: “Não entendo um time com a melhor campanha no Brasileiro, nao consegue colocar 5 mil pessoas, em qualquer lugar. Deve ser culpa da Globo… rrsssssssss”.

81. TROCA. Edson Magal x Júnior Amorim.

82. Edson Magal sentiu cãibras. Júnior Amorim tem 41 anos.

83. CARLOS EDUARDO LINO, comentarista do PFC: “Willian merece elogios neste jogo e a titularidade no time”.

84. Cristiano Fontes cruza da direita, Manoel corta, de cabeça.

85. PÚBLICO: 971 pagantes, 1.501 presentes, R$19.520.

86. Selmo Lima escorrega, Willian fica com a bola e chuta rasteiro, da entrada da área. Jeferson salta e defende no cantim direito.

87. Júnior Amorim sofre falta de Eurico na meiuca.

88. Jünior Amorim se desloca pra receber passe e se coloca em impedimento.

89. Santa Rita troca passes e vai se despedindo da temporada com dignidade.

90. Bola na área celeste, Reinaldo Alagoano cabeceia pra trás, Fábio defende, pelo alto.

91. TEJE PRESA! Marcelo Oliveira pede que o time prenda a bola.

92. TÁ DANADO! Samudio arma jogada com Marcelo Moreno, mas Júlio Baptista cai sozinho e estraga tudo.

93. FIM de jogo. Bom jogo. Santa Rita jogou direitim e poderia ter empatado. Não teria sido injusto.

MELHOR DO JOGO, segundo comentaristas do PHD: Manoel [12], Marlone [8}, Eurico [7], Marcelo Moreno [3], Marcelo Oliveira [2], Júlio Baptista [1], Reinaldo Alagoano [1}.

SELMO LIMA, beque do Santa Rita: “O árbitro se enrolou no lance do pênalti. Não houve nada. Eu estava de costas e ele marcou”.

NILTON, volante do Cruzeiro: “Tivemos uma certa dificuldade, mas melhoramos no segundo tempo, fizemos os gols e fomos buscar a classificação. Estão todos de parabéns”.

SANTA RITA 1×2 CRUZEIRO, quarta-feira, 03set14, 19h30. TEMPO bom, temperatura 25º, vento 6 Km/h, umidade 75%. LOCAL: Municipal Coaracy da Mata Fonseca (15 mil), gramado natural de 110 x 75m, Arapiraca. MOTIVO: jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil 2014. TRANSMISSÃO: SporTV. PÚBLICO: 971 pagantes, 1.501 presentes, R$19.520, média R$20. ARBITRAGEM: Renan Roberto de Souza (PB), juiz; Clovis Amaral da Silva (PE ) e Francisco Chaves Bezerra Junior (PE), bandeiras; Marielson Alves Silva (BA), 4º árbitro, Hercules Martins da Silva (AL), delegado. AMARELOS: Adriano, Selmo Lima (S). GOLS: Cristiano Fontes, 44, Júlio Baptista, pênalti, 70, Marcelo Moreno, 72. CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Manoel, Leo Simões e Alex (Eurico); Nilton (Samudio) e Willian Farias; Marlone, Willian e Neilton (Marcelo Moreno); Júlio Baptista. T: Marcelo Oliveira. SANTA RITA: Jeferson, Lucas, Selmo Lima, Júnior Carvalho e Jeanderson; Adriano, Edson Magal (Júnior Amorim), Cristiano Fontes e Gueba (Gabriel); Reinado Alagoano e Rafael Silva (Erlon). T: Eduardo Neto. HISTÓRICO: Foi o 2º jogo entre as duas equipes. Cruzeiro tem 2 vitórias, 7 gols a favor, 1 contra. Foi o 15º jogo do Cruzeiro em Alagoas, 1º em Arapiraca. O Cruzeiro venceu 11, empatou 3, perdeu 1, marcou 26 gols, sofreu 8.

Sorteio das oitavas da CB: Cruzeiro x Santa Rita

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Sorteados os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil:

  1. Grêmio x Santos
  2. Botafogo x Ceará
  3. Cruzeiro x Santa Rita
  4. Vasco x ABC
  5. Flamengo x Coritiba
  6. AtléticoPR x AméricaRN
  7. AtléticoMG x Palmeiras
  8. Corinthians x Bragantino

Aposto nas classificações de Porco, Coxa, Peixe, Furacão, Gambá, Raposão, Bacalhau e Vozão.

Sorteio da CB: Santos ou Santa Rita?

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Nesta segunda, a partir de 11h, na sede da CBF (Rio de Janeiro) será reaizado o sorteio dos jogos das oitavas de final da Copa do Brasil 2014.

No primeiro pote estarão os clubes que disputaram a Libertadores, Cruzeiro, Grêmio, Flamengo, Botafogo, AtléticoPR e AtléticoMG, além de Corinthians e Vasco, melhores classificados no ranking da CBF entre os dez restantes.

No segundo pote, estarão Santa Rita (Alagoas), Bragantino, AméricaRN, ABC, Ceará, Coritiba, Palmeiras e Santos.

Dentro de cada pote há duplas que só se encontrarão se chegarem à final. Caso, por exemplo, de Cruzeiro e AtléticoPR.

  • Duplas do primeiro pote: Grêmio e Corinthians, Flamengo e Vasco, Cruzeiro e AtléticoPR, Botafogo e AtléticoMG.
  • Duplas do segundo pote: Santos e Palmeiras, Coritiba e Ceará, ABC e Bragantino, AméricaRN x Santa Rita.

Não haverá RapoCota nas oitavas.

Para o Cruzeiro, melhor seria jogar contra Palmeiras, Santos ou Bragantino nas oitavas, evitando uma grande viagem em meio ao Brasileiro.

E vc, caro e calculista leitor, está esfregando as mãos, à espera de um emocionante Cruzeiro x Santa Rita?

João Chiabi: “O Tupi foi mais valoroso que a LaU”

segunda-feira, 10 de março de 2014

Pitacos de bloqueios e protagonistas acerca do CRUZEIRO 2×1 TUPI, no Mineirão, Belo Horizonte, pela 10ª rodada do Mineiro 2014, às 18h30 de 08ma14.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: Foi um jogo tático, que serve como aprendizado e amadurecimento, não existe mais no futebol jogos fáceis, tem que estar ligado, atento, não que o Cruzeiro não estivesse. Mas, no início, demos mais espaço para eles, mas depois tomamos conta do jogo e infelizmente tomamos gol antes. Já joguei jogos semelhantes a esse, quando você faz gol primeiro, adversário abre e você sai mais. Mas gostei do resultado, gostei acima de tudo da persistência, dos jogadores acreditando, não desistindo nunca, tivemos 20 escanteios, outras tantas finalizações. Ficou até com sabor melhor, ficou sensação que não tem nada fácil, tem que sempre buscar com muito esforço o resultado. (mais…)

Lanús 2×0 Ponte Preta: Macaca continua na fila

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Em La Fortaleza, Lanús, Grande Buenos Aires, Argentina, jogo de volta das finais da Sulamericana 2013.

LANÚS 2×0 PONTE PRETA, 11dez13, Ciudad Lanús (La Fortaleza, grama natural, 105x68m, 47.000), Lanús, Grande Buenos Aires, Argentina. PÚBLICO: 40.000 presentes. GOLS: Ayala, 24, Blanco, 45+3. MOTIVO: jogo de volta das finais da Copa Sulamericana 2013. ARBITRAGEM: Henrique Osses, juiz, Carlos Artroza e Sergio Román, bandeiras (trio chileno). AMARELOS: Ayala, Somoza, Blanco (L), Felipe Bastos (P). PONTE PRETA: Roberto, Artur (Ferrugem), César, Diego Sacoman e Fernando Bob, Baraka, Magal (Adailton), Felipe Bastos e Elias; Rildo (William) e Leonardo. Tec: Jorginho Campos. Banco: Edson Bastos, Régis, Ferron, Ferrugem, Adaílton, Chiquinho e William. LANÚS: Marchesín; Araujo, Goltz, Izquierdoz e Velázquez; Diego González, Somoza e Benítez (Pasquini); Blanco (Ortiz), Santiago Silva e Ayala. Tec: Gustavo Barros Schelotto. Banco: Andrada; Monteserini, Pasquini, Barrientos, Melano e Benitez.

O Lanús tem um time melhor e venceu com méritos. Ayala e Blanco foram os destaques.

Na Ponte, Roberto e Ferrugem foram os destaques. Elias, Leonardo e Rildo, as decepções.

Ponte Preta 1×1 Lanús: Macacada invadiu Sampa

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

No Pacaembu, São Paulo, jogo de ida das finais da Sulamericana 2013.

  • PONTE PRETA 1×1 Lanús, 04dez13qua21h50, Pacaembu (38.000), São Paulo, 28.244 pagantes, 28.979 presentes, R$587.375, gols de Goltz, 57 (f), Felipe Bastos, 78 (f). MOTIVO: jogo de ida das finais da Copa Sulamericana 2013. ARBITRAGEM: Roberto Silvera, juiz, Marcelo Costa e Maurício Espinoza, bandeiras (trio uruguaio). AMARELOS: Diego Sacoman, Fernando Bob, Artur e Uendel (P ); Gonzáles, Pereyra Diaz, Izquierdoz e Velazquez (L). PONTE PRETA: Roberto, Artur, César, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Fellipe Bastos, Fernando Bob (Adailton) e Elias (Magal); Rildo (Chiquinho) e Leonardo. Tec: Jorginho Campos. Banco: Edson Bastos, Régis, Ferron, Magal, Adaílton, Chiquinho e William. LANÚS: Marchesín; Araujo, Goltz, Izquierdoz e Velázquez; Diego González, (Barrientos) Somoza e Ortiz; Melano (Ayala), Santiago Silva e Pereyra Díaz (Benítez). Tec: Gustavo Barros Schelotto. Banco: Andrada; Monteserini, Pasquini, Barrientos, Benitez, Ayala e Blanco.

Cartaz de torcedor da Ponte: “Meu Vô não viu, meu Pai não viu, mas eu vou ver a ponte campeã.”

Fla, campeão da CBr; Ponte, finalista da CSula

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Decisão da Copa do Brasil e semifinal da Sulamericana:

  1. FLAMENGO 0×0 ATLÉTICO-PR, 27jun13qua21h50, Maracanã (73.000), Rio de Janeiro, pagantes, 68.857 pagantes, R$9.733.785, média R$141, gols de Elias, 87, Hernane, 94. Juiz: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS). Bandeiras: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP). Amarelos: Samir (F); Delatorre (A). Vermelhos: André Santos (F) e Ciro (A). FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura (González), Samir, Wallace e André Santos; Amaral, Luiz Antonio, Elias (João Paulo) e Carlos Eduardo (Diego Silva); Paulinho e Hernane. Tec: Jayme de Almeida. ATLÉTICO-PR: Weverton, Juninho (Cleberson), Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; Deivid, Zezinho, Paulo Baier e Felipe (Delatorre); Marcelo e Ederson (Ciro). Tec: Vagner Mancini.
  2. PONTE PRETA 1×1 SÃO PAULO, 27jun13qua21h50, Vail Chaves (25.000), Mogi Mirim, 12.161 pagantes, R$202.596, média R$17, gol de Leonardo, 42, Luiz Fabiano, 83. Juiz: Carlos Vera (equatoriano). Bandeiras:  Christian Lescano e Byron Romero (equatorianos). Amarelos: Diego Sacoman (P); Antônio Carlos, Douglas e Wellington (S). PONTE PRETA: Roberto; Artur, César, Diego Sacoman e Uendel (Chiquinho); Baraka, Fernando Bob, Fellipe Bastos e Elias (Adaílton); Rildo e Leonardo (Magal). Tec: Jorginho Campos. SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda (Luís Fabiano), Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Maicon, Denilson (Wellington), Douglas e Paulo Henrique Ganso; Ademilson (Wellinton) e Aloísio. Tec: Muricy Ramalho.

Maracanã lotado. Vail Chaves, quase.