Arquivo da Categoria ‘Copa do Brasil 2012’

Mauzão

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Os Estados Unidos exigem visto dos brasileiros que desejam viajar pra lá. Como os atrativos são muitos, os tabajaras entram na fila, pegam o visto e se mandam pra gastar fortunas na América.

Como o Brasil é mauzão, não deixa por menos: também exige visto dos americanos que desejam conhecer eztepaiz maravilhoso. Os americanos C&A e jamais aparecem nestes tristes trópicos. Ao menos os que têm mais de US$100 pra gastar.

Ficamos assim: a reciprocidade diplomática rende uma baba de grana pros americanos e merda nenhuma pros sábios brasileiros. Como o Cruzeiro resolveu também ser mauzão vai rasgar uns R$10 milhões só pra dar uma lição no Bokirroto.

JAS: “Perder pra Franga é o fim da bicada!”

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Pitacos de blogueiros e protagonistas acerca do ATLÉTICO-MG 2×0 CRUZEIRO, no Independência, Belo Horizonte, jogo de ida das finais da Copa do Brasil 2014, às 22h de 12nov14.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: O resultado foi merecido. O adversário teve mais equilíbrio. O Cruzeiro não conseguiu jogar como faz normalmente. Falhou na marcação, nas jogadas de ataque envolventes, na técnica e no conjunto. Aconteceu um pouco pelo gol em impedimento, que fez muita diferença num jogo difícil. Mas, mesmo depois, finalizamos pouco. O rival também não finalizou tanto, mas foi mais decisivo. Estamos chateados, mas teremos o jogo de volta, com 50 mil pessoas nos incentivando. Poderemos nos preparar melhor. Os dois gols do jogo saíram de laterais cobrados na área. Tenho falado da preocupação com esse calendário desumano. Os jogadores estão muito cansados. Em quatro meses e meio, jogamos 28 vezes, às quartas e domingos, por isso, o Cruzeiro é um time mal treinado. Sabíamos dessa jogada de lateral e não treinamos. Falo do calendário depois de vitórias também. Podíamos nos proteger melhor, mas os jogadores estavam cansados. Isso ficou evidente na atuação do Goulart, do Ribeiro… O adversário, numa condição diferente no Brasileiro, escalou o time reserva contra o Palmeiras. Isso pode ter influenciado no 2º tempo. Não tem como fugir disso, temos que nos superar. Quanto ao baixo rendimento técnico e tático, ainda não analisei as causas com os jogadores.

JAS: Tensão zero, fúria máxima, foi meu estado de espírito antes, durante e depois do jogo. Perder pra Franga é o fim da bicada! Quando a vaca já estava no brejo, Bob Faria e Rogério Correia começaram a adular a torcida do Cruzeiro falando bem do time. Apliquei um mute neles. Depois do jogo, tudo o que eu queria era mandar um itatiaiófilo tomate cru. Os alvos eram Carpedim, Raé e Vilela, que torcem mais pra “rádia’ do que pro Maior de Minas. O primeiro que encontrei foi o Carpedim e foi nele que despejei uma tonelada de impropérios. Os outros dois ficaram na miúda e só apareceram bem mais tarde. Mandei bala também nos filhos da puta que vestiram a camisa celeste e deram vida mansa à Cocota. Perder clássico e manter o fairplay é pra lordes, coisa que não sou. Por isto, não vou pedir desculpas a ninguém. Fodam-se todos que contribuíram pro vexame desta quarta-feira.

JOHANNES BRAHMS, em algum lugar no passado: E caso eu tenha me esquecido de insultar alguém, por favor me perdoem.

AtléticoMG 2×0 Cruzeiro: Vergonha!

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

CRUZEIRO contra AtléticoMG, no Independência, Belo Horizonte, jogo de ida das finais da Copa do Brasil 2014, às 22h de 12nov14.

BANCO do Cruzeiro: Elisson, Ceará, Alex, Manoel, William Farias, Nílton, Marlone, Júlio Baptista, Dagoberto.

AUSENTES no Cruzeiro: Tinga, Alisson, Borges, Rafael Monteiro, Dedé, lesionados, Marquinhos e Bruno Lopes, que já atuaram nesta CB 2014 por Vitória e Paraná Clube, respectivamente.

PENDURADO no Cruzeiro: Fábio.

BRUNO RODRIGO, beque do Cruzeiro: “Estamos todos 110% preparados. Em momentos decisivos, não tem cansaço. É passar por cima e dar a vida pelo título.”

BANCO da Cocota: Giovanni, Uilson (G), Pedro Botelho (L), Tiago, Edcarlos (B), Eduardo, Rafael Carioca, Pierre (V), Dodô, Paulinho (M), Marion (A).

AUSENTE na Cocota: Maicosuel (A).

PENDURADOS na Cocota: Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson, Josué, Luan.

LEVIR CULPI, técnico da Cocota: “Reforçamos o meiocampo, com Leandro Donizete, mas dá pra manter uma equipe ofensiva, pois temos praticamente quatro atacantes, e nosso laterais são ofensivos. Vamos criar situações”.

O JOGO

20h30. Cruzei com o ônibus do Cruzeiro na barragem da Pampulha. Dezenas de motos e carros acompanhavam a delegação, com fanáticos soltando rojões. Logo depois da barragem, o ônibus escoltado por dois carros da Polícia Militar entrou na canaleta do Move e disparou rumo ao campo do América.

21h55. TIMES em campo, com uniformes tradicionais e uma camiseta do BMG com a frase Selfie da Paz no peito.

21h57. Hino Nacional.

21h59. FRAGAS não lotam o campo do América.

22h01. Cruzeiro, à esquerda das cabines de rádio, dá a saída.

00’30″. FALTA. Jemerson derruba Willian na entrada da área emplumada, a 22 metros da risca do gol.

01. Ricardo Goulart cbra com chute fraco, Victor encaixa.

02. DE GRILA. Bruno Rodrigo chuta de um lado, Jemerson corta do outro, tudo pelo alto.

03. Marcos Rocha joga bola na área celeste, Fábio chega antes de Dátolo e faz a defesa.

04. Henrique faz ligação direta com Marcelo Moreno, Jemerson corta pra lateral.

05. Bruno Rodrigo faz ligação direta, bola sai pela linha de fundo.

06. Lucas Silva tenta acionar Everton Ribeiro, bola fica com Victor.

07. Marcelo Moreno passa por Leonardo Silva, Josué faz o corte, frangas vão ao ataque.

08. GOL. Marcos Rocha cruza, Luan, impedido, se antecipa a Bruno Rodrigo e cabeceia pra rede. ATLÉTICO-MG 1×0.

09. Isto, sim, é falha, torcedor burro! Um nanico se antecipa a toda a defesa e marca de cabeça.

10. Mayke cruza da direita, Jemerson corta pra escanteio.

11. Everton Ribeiro chuta de fora da área, bola desvia numa franga e sobra pra MM que chuta forte. Victor espalma pra corner.

12. Jemerson cobra falta em sua intermediária, bola sai pela lateral, sem escalas.

13. Leo Simões passa a Bruno Rodrigo, que se enrola e obriga Leo a limpar a defesa com um bico.

14. Bruno Rodrigo recua pra Fábio, que sai jogando com Leo.

15. Cruzeiro troca passes, frangas se fecham na defesa.

16. MORUMBI: Paulão, impedido, faz Internacional 1×0 São Paulo.

17. Bruno Rodrigo faz ligação direta procurando Marcelo Moreno, Leonardo Silva fica com a bola.

18. Luan cruza da direita, com pé trocado. Bola sai pela linha de findo, do lado oposto.

19. Lucas Silva chuta de fora da área, Victor encaixa.

20. Marcos Rocha impede jogada de Ricardo Goulart na área emplumada. Cruzeiro fica o lateral, que desperdiça.

21. Leo divide com Carlos na linha de fundo, Bola sai, juiz dá tiro de meta, frangas queriam escanteio.

21’30″. Bruno Rodrigo faz ligação direta. Bola fica com Victor.

22. Leandro Donizete derruba Everton Ribeiro, juiz manda seguir.

23. Marcos Rocha desfila sem marcação pela direita e cruza. Na meialua, Carlos pega de prima, bola passa por cima do travessão.

24. Marcos Rocha cobra lateral acionando Dátolo, que perde a bola pra Henrique, na área celeste.

25. Cadê a pressão da torcida? Só torcedor burro acredita em força de torcida brasileira.

26. Everton Ribeiro dribla Donizete, mas conclui de forma infantil e a boa jogada dá em nada.

27. Mayke cruza da direita, Victor pega a bola, sem dificuldade.

28. SEM APETITE. Cruzeiro está satisfeito com a derrota pelo placar mínimo e não pressiona a Cocota.

29. Carlos consegue se desvencilhar de três marcadores na meialua celeste e aciona Tardelli, sozinho na banheira.

30. Samudio cruza da esquerda, Victor pula, juiz marca falta de Everton Ribeiro sobre ele.

31. CINCO frangas têm dois amarelos, mas o Cruzeiro não pressiona e, assim, não tira nenhuma delas do jogo de volta.

32. Luan cruza da direita, Mayke, na pequena área, cabeceia por cima do travessão. Corner pra Cocota.

33. Datolo chuta forte, rasteiro, Fábio se estica e cede corner.

33’30″. Dátolo chuta, Fábio se estica pra ceder outro corner.

34. ESCANTEIOS: Cocota 3×2.

35. Douglas Santos cruza da esquerda, Leo Simões corta.

36. FINALIZAÇÕES: 4×4.

37. JUNINHO PERNAMBUCANO: “A diferença está na energia que cada time emprega. O AtléticoMG tem mais disposição.”

38. Dátolo tenta se criar na pontesquerda, mas é barrado por Mayke.

39. Leonardo Silva passa por Willian e Goulart e enche o pé. Bola vai na arquibancada.

39’30″. Cruzeiro joga pra perder de pouco e parece estar satisfeito com o placar.

40. Lucas Silva derruba Tardelli na intermediária.

41. Datolo cobra falta, Jemerson, livre, livre, dentro da área cabeceia, Fábio defende. Bandeira deu impedimento, que não existiu.

42. Dátolo enfileira no campo de defesa celeste e rola pra Marcos Rocha, que demora a concluir e perde a bola pra Bruno Rodrigo.

43. Samudio cruza da esquerda, Jemerson corta de cabeça.

44. Carlos recebe em impedimento, juiz apita, ele conclui e não recebe cartão amarelo.

45. FIM de 1º tempo. Cruzeiro foi ridículo. Jogou pra perder de pouco.

WILLIAN, atacante do Cruzeiro: “Temos que ajustar. Eles estão jogando mais do que deveriam, encontrando muito espaço no meio. Precisamos voltar melhor no 2º tempo pra fazermos os gols”.

LEO SIMÕES, beque do Cruzeiro: “Sofremos o gol numa falha, mas o time está bem, conseguindo tocar a bola. Temos que caprichar mais no último passe pra criar oportunidades“.

LUAN, atacante do AtléticoMG: “Foi um 1º tempo intenso, com adrenalina lá em cima. Acreditei na bola e, mais uma vez, fiz um gol importante. Não há nada decidido. Temos que voltar de cabeça erguida pra ampliarmos o marcador”.

INTERVALO

23h02. TROCA: Lucas Silva x Nílton.

23h03. COMEÇA o 2º tempo. Frangas dão a saída.

46. Marcelo Moreno tenta cruzar da direita, bola acerta Douglas e sai pela lateral.

46’30″. Samudio cruza da esquerda, Jemerson corta.

47. Dátolo limpa a jogada sem ser incomodado, na frente da área e chuta forte. Fábio encaixa.

48. Everton Ribeiro rola pra Marcelo Moreno, que é desarmado com extrema facilidade por Jemerson, dentro da área emplumada.

49. Willian rola pra Marcelo Moreno que arremata cruzado, rasteiro, sem pontaria.

50. MORUMBI: Luis Fabiano faz São Paulo 1×1 Internacional.

51. Leo desarma Carlos, que tentava invadir a área celeste.

52. Bruno Rodrigo se antecipa a Tardeli e desfaz um ataque emplumado.

53. Troca de passes do ataque celeste, Victor fica com a bola.

54. Everton Ribeiro tenta sair jogando pela direita, mas é desarmado infantilmente.

55. Everton Ribeiro faz uma virada de bola ridícula. Lateral pra Cocota.

56. Marcos Rocha tenta, mas não passa por Willian. Lateral pra Cocota.

56’30″ SAMUDIO já errou 6 passes. Marcos Rocha, 5. Só que o emplumado cria jogadas e o celeste não produz nada de útil.

57. Marcos Rocha cobra lateral pela direita, Nílton cabeceia pra lateral.

58. GOL. Marcos Rocha cobra lateral na direita, Carlos ajeita, Dátolo recebe dentro da área, limpa e chuta forte, sem chance pra Fábio. ATLÉTICO-MG 2×0.

59. JUSTO. Atuação ridícula do Cruzeiro, placar justo e até econômico.

60. Júlio Baptista vem aí. Pra quê?

61 SALTITANTES. Frangas eufóricas nas arquibancadas do campo do América.

62 Cruzeiro tentou ditar um ritmo lento ao jogo e não conseguiu. Mais descansadas, as frangas impuseram sua correria.

63. Mayke chuveira na área emplumada. Victor defende, sem dificuldade.

64. Tardelli cobra escanteio pela direita, Leonardo Silva sobre mais que a defesa do Cruzeiro, mas cabeceia mal.

65. Cruzeiro sofreu com a marcação sobre seus volantes, ficou sem saída de bola, recorreu à ligação direta e nada criou. Victor só assiste ao jogo.

66. Frangas passeiam em campo,

67. Júlio Baptista aciona Marcelo Moreno, que é desarmado infantilmente por Jemerson. Atuação vergonhosa do boliviano, até agora.

68. VEXAME. Cruzeiro na roda.

69. DAGOL vem aí. Pra quê?

70. TROCA. Ricardo Goulart x Dagoberto.

71. Tardelli chuta de fora da área, bola desvia e sai a escanteio.

72. Dagoberto recebe bola esticada, mas empurra Donizete e estraga tudo.

73. Cruzeiro só dá chutão. Não tem armação, não tem imaginação, não tem coragem.

74. Willian segura a bola, faz cera pra cobrar falta. Depois de muita ensebação, rola pra Mayke, que cruza, mas encontra Júlio Baptista impedido.

74’30″. FALTAS: Cruzeiro 10×5.

75. Willian tenta jogada pela direita, mas é desarmado infantilmente. Ridículo.

76. Ataque emplumado trabalha bola dentro da área celeste, mas não consegue o arremate.

77. MUTE! Perdi a paciência com esse locutor escroto da Globo. VTN*, Rogério Correia!

78. Willian cobra escanteio muito mal, defesa emplumada corta. Cobra outro, Datolo corta. Mais uma cobrança, Donizete corta.

79. CINCO pendurados na Cocota e os jogadores celestes não conseguiram cavar amarelos pra eles. Isto é incrível!

80. Datolo passeia de um lado pra outro na área celeste, perseguido por Samudio e cruza. Pra fora.

81. Frangas estão perdendo a oportunidade de decidir a Copa, hoje. Tá fácil demais.

82. Mayke cruza da direita, Jemerson cede escanteio, que é cobrado de forma vergonhosa.

83. Júlio Baptista comete falta na meiuca.

84. Tardelli passa, de passagem, por Leo. Bruno Rodrigo aparece na cobertura e remedia a situação.

85. Samudio arranca pelo meio e aciona Júlio Baptista, que é desarmado infantilmente por Marcos Rocha.

86. AMARELO. Josué, por derruba Júlio Baptista que puxava contrataque.

87. Bola jogada na área emplumada. Defesa tira sem dificuldade.

88. DEFESAÇA. Carlos dribla bequeira celeste com imensa facilidade e rola pra Tardelli, que enche o pé obrigando Fábio uma defesa difícil.

89. Carlos, da esquerda, cruza pra Marion, que prende a bola na direita.

90. HUMILHAÇÃO. Frangas brincam coma bola, Cruzeiro não reage a nada, nem ao deboche.

90’30″. Fábio salva o terceiro gol.

91. Samudio taca o pau em Marion. Desespero diante do passeio.

91’30″. Marion entra na área celeste, Bruno Rodrigo corta.

92. Cruzeiro prende a bola no meio de campo, com medo de tomar mais um gol. Vexame. Humilhação. Covardia.

92’30”. MORUMBI: São Paulo 1×1 Internacional. Cruzeiro, com um jogo a menos, tem 4 pontos de frente sobre o São Paulo, na tabela do Campeonato Brasileiro.

93. FIM de jogo. Cruzeiro tinha caixa pra tomar 4. Tem que agradecer aos céus pelo placar modesto.

EVERTON RIBEIRO, meia do Cruzeiro: “Faltou agressividade. Agora é focar no Brasileiro e depois fazer um jogo agressivo de volta. Podemos reverter essa vantagem deles.”

TWITTER: Tweets do jogo em todo o Brasil: AtléticoMG, 52%Tweets do jogo em Minas Gerais: Cruzeiro, 55%Jogadores mais citados no Twitter: Luan, 29%, Henrique, 19%.

ATLÉTICO-MG 2×0 CRUZEIRO, quarta-feira, 12nov14, 22h. TEMPO nublado, temperatura 20º, sem vento, umidade 90%. LOCAL: Independência, campo do AméricaMG, com gramado bom de 98x65m, Belo Horizonte. MOTIVO: Jogo de ida das finais da Copa do Brasil 2014. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, ESPNdoB, Fox. PÚBLICO: 18.578 pagantes, R$4.741.300, média R$255. ARBITRAGEM: Marcelo de Lima Henrique (RJ/Fifa), juiz; Emerson Augusto de Carvalho (SP/Fifa) e Rodrigo Henrique Correa (RJ), bandeiras; Igor Junio Benevenuto (MG), 4º A; Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ/Fifa) e Raphael Claus (SP/AspFifa), adicionais; Nilson de Souza Monção (SP), delegado; Juliano Lopes Lobato (MG), assessor. AMARELOS: Samudio (C), Josué (A). GOLS: Luan, 8, Datolo, 58. CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Bruno Rodrigo, Leo Simões e Samudio; Lucas Silva (Nilton) e Henrique; Everton Ribeiro (Júlio Baptista), Ricardo Goulart (Dagoberto) e Willian; Marcelo Moreno. T: Marcelo Oliveira. ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Josué, Leandro Donizete e Dátolo; Tardelli, Luan (Marion) e Carlos. T: Levir Culpi. HISTÓRICO: Foi o 450º RapoCota, segundo as duvidosas estatísticas oficiais. O Cruzeiro venceu 153, empatou 120 e perdeu 177, com 581 gols a favor e 638 contra. Pelo Campeonato Brasileiro foram 60 jogos. O Cruzeiro venceu 20, empatou 18, perdeu 22, marcou 81 gols, sofreu 78. Os dois clubes já se enfrentaram em 20 decisões do Mineiro. O Cruzeiro venceu 12 (40, 67, 72, 77, 87, 90, 98, 04, 08, 09, 11, 14), perdeu 8 (31, 54, 62, 76, 85, 00, 07, 13) e empatou uma (56), quando, por falta de atletas em condições de jogo pra decisão, após longa batalha judicial, os dois foram declarados campeões. Nas duas edições da Copa dos Campeões do Mineiro, a vitória foi do Cruzeiro. Em fases preliminares, o Cruzeiro foi eliminado pelo rival nas quartas-de-final do Brasileiro de 1999 e o eliminou nas semifinais da Copa SulMinas de 2001 e 2002 e do Mineiro de 2005 e 2006. Foram 229 clássicos no Mineirão. O Cruzeiro venceu 84, empatou 72, perdeu 73, marcou 271 gols, sofreu 249. Pelo Mineiro, foram 261 jogos, com 89 vitórias do Cruzeiro, 66 empates, 106 derrotas, 284 gols a favor, 332 contra.

Faturar é o que interessa

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Se torcida ganhasse jogo, Flamengo e Corinthians fariam a final da Copa do Brasil todo ano. E nunca fizeram.

Fez bem o Cruzeiro ao não comprar os 1.800 ingressos de R$400 pra revender à sua torcida assistir in loco ao RapoCota de hoje, no campo do América.

E faria ainda melhor se colocasse 15 mil ingressos a R$500 para as franga,s no segundo jogo.

E se o título estiver difícil, 30 mil a R$600, a fim de fazer caixa às custas das trouxas.

Importante é não perder a chance de faturar com elas.

O título, bem, este será decidido dentro de campo, sem a menor interferência do público berrante.

Carro usado

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Antes de entrar na discussão sobre o extracampo do primeiro RapoCota das finais da Copa do Brasil 2014, peço, ao caro leitor, três respostas:

  1. Vc compraria um carro usado do Bokirroto?
  2. Vc tem notícia de algo útil ou de algum bom exemplo que o Bokirroto tenha dado nesta vida?
  3. Faz sentido o Dr. Gilvan, homem decente, bater boca com vagabundo?

Se a resposta for positiva pras três perguntas, participo da discussão. Se não, não.

Tanto faz

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Pra mim, tanto faz ganhar a Copa do Brasil ou o Campeonato Brasileiro, desde que, no final das contas, o Cruzeiro ponha as mãos em sua segunda tríplice coroa. É tudo o que sei sobre o clássico de amanhã.

Willian deu aula de finalização

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Atuações dos celestes e seus adversários no CRUZEIRO 3×3 SANTOS, na Vila Belmiro, Santos, jogo de volta da Copa do Brasil 2014, às 22h de 05nov14.

TORCIDA CELESTE marcou presença e apoiou o time, debaixo de chuva e num ambiente hostil. Cumpriu sua missão.

FÁBIO não teve culpa nos gols e fez defesas difíceis em bolas chuveiradas no meio da multidão, na área celeste.

CEARÁ fez uma jogada antológica no gol de Marcelo Moreno. Pelo seu lado, sairam dois gols do Santos porque ele não deixou nunca de atacar.

DEDÉ jogou apenas 2 minutos e saiu com dores na coxa.

BRUNO RODRIGO voltou a jogar após cinco meses e vacilou algumas vezes, mas também mostrou a velha eficiência em outras.

LEO SIMÕES foi o mais seguro da defesa. Marcou, combateu, isolou, quando foi preciso e mostrou garra e disposição invejáveis. (Raé)

EGÍDIO jogava razoavelmente, mas perdeu a cabeça, reclamou além da conta do pênalti marcado sobre Rildo, recebeu cartão amarelo no final do primeiro tempo e não voltou pra etapa final.

SAMUDIO marcou e marcou.

HENRIQUE desarmou e armou tantos nos bons quanto nos maus momentos do time. Combinou raça e classe na medida certa num jogo decisivo disputado em cancha pesada.

LUCAS SILVA

EVERTON RIBEIRO

JÚLIO BAPTISTA

RICARDO GOULART

WILLIAN, não apenas pelos 2 gols fundamentais que fez, mas também pelo empenho e disciplina tática. Finalmente, estamos vendo o Willian de 2013, que fez a diretoria investir alto na sua contratação. Esse crescimento do futebol dele pode ser fundamental na fase decisiva da Copa do Brasil e do Brasileiro. (Flávio Carneiro) /// Ele teve uma atuação excepcional. Foi taticamente obediente e extrapolou em todos os quesitos. Foi bem tecnicamente do começo ao fim e conseguiu levar até o final, mesmo com um cartão amarelo. (Marcelo Oliveira)

MARCELO MORENO fez um gol e lutou do início ao fim.

MARCELO OLIVEIRA chega pela terceira vez a uma final de Copa do Brasil. Isto é competência. (Síndico)

CRUZEIRO alcançou uma classificação épica, sensacional. Ótimo, mas cozinhou o jogo desde que conseguiu o empate no 1º tempo. Deu poucos chutes a gol e excessivos toques pra trás, quando poderia atacar. Muitas vezes a bola saia do ataque e voltava aos pés dos beques Leo e Bruno Rodrigo. Willian e Henrique jogaram praticamente sozinhos. (Fábio Velame)

SANTOS

COMBO DE ARBITRAGEM errou ao marcar um escanteio quando Rildo espirrou o taco e mandou a bola pra fora e deu um pênalti discutível a favor do santos. Meu filho e o Rioger Galera aprovaram a marcação. Eu e o Leonardo gaciba, não. E todos vimos o mesmo jogo.Apitar jogo de futebol só é fácil no teclado.

Santos 3×3 Cruzeiro: Na final da CB pela 6ª vez!

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

CRUZEIRO contra Santos, na Vila Belmiro, Santos, jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil 2014, às 22h de 05nov14:

BANCO do Cruzeiro: Elisson (G), Mayke, Samudio (L), Bruno Rodrigo, Manoel (B), Willian Farias, Nilton(V), Júlio Baptista, Marlone (M), Borges, Dagoberto (A).

AUSENTES no Cruzeiro: Marquinhos, por ter jogado pelo Vitória na competição, Alisson, Tinga, Alex, Alan, Rafael Monteiro, lesionados.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “Temos que jogar com humildade e persistência pra conseguir os resultados em cada jogo. Tivemos uma lição contra o ABC, que mostrou muita garra na fase anterior e vendeu caro a vaga. Agora, temos essa grande decisão contra o Santos, adversário de alta qualidade, que tem também muitos talentos. Buscaremos jogar com inteligência pra seguir em frente.”

AUSENTES no Santos: Thiago Ribeiro, doente, Geuvânio, lesionado.

BANCO do Santos: Vladimi (G)r, Neto (B), Caju (L), Serginho (V), Jorge Eduardo (A), Alan Santos (V), Renato (V), Patito Rodriguez (A), Leandro Damião (A).

ENDERSON MOREIRA, técnico do Santos: “Com as contusões de Geuvânio e Thiago Ribeiro, teremos dificuldades, porque são rápidos e precisaremos trocar constantemente de posição. Diego Cardoso também está machucado. Renato pode joga, por questões táticas. Ele sai mais do que Alison, e aí ficaríamos com dois jogadores de meio que dão mais opções ao ataque.”

TRANSMISSÃO: Globo para o estado de São Paulo (com Cleber Machado, Walter Casagrande, Leonardo Gaciba), SporTV 2 (Mílton Leite, Roger galera Flores), PFCI (Milton Leite, Maurício Noriega e Roger Flores), ESPNdoB, Fox.

O JOGO

21h50. CHUVA fina na Vila Belmiro.

21h51. Santos em campo, todo de branco.

21h53. Cruzeiro em campo, todo de azul.

21h55. HINO Nacional.

21h57. Bom público, estádio quase lotado.

21h58. CAPITÃES. Edu Dracena, beque do Santos; Fábio, goleiro do Cruzeiro.

21h59. Marcelo oliveira, MAYKE Siu por desgaste. Cruzeiro não sabe jogar na defesa. Vai atacar.

22h. COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à direita das tribunas. Santos dá a saída.

01. Cruzeiro ataca pela esquerda, com Egídio e Goulart. Defesa santista desfaz o lance.,

02. GOL. Cruzeiro todo no ataque, Dedé sai na marcação, mas não alcança Rildo, que dispara e cruza da esquerda. Estabelece-se a confusão na área celeste e Robinho chuta, bola desvia em Egídio e vai pra rede. SANTOS 1×0.

03. Dedé sente dores na coxa, cai e sai no carromaca.

04. TROCA. Dedé x Bruno Rodrigo.

05. Bruno Rodrigo não joga há 5 meses.

06. Ceará cruza da direita, Willian disputa com a bequeira santista, mas não consegue finalizar.

07. GOL. Ceará dribla Rildo e Mena na direita e chuta forte. Aranha espalma pra frente, Marcelo Moreno empurra bola pra rede. CRUZEIRO 1×0.

08. GOLS NA TEMPORADA: Cruzeiro 128×108 Santos.

09. Marcelo Moreno tenta encobrir Aranha, chutando da intermediária. Goleiro santista defende.

10. Defesa celeste é envolvida pro trama santista, Robinho cruza da direita, de dentro da área, Fábio defende aos pés de Gabriel.

11. Gabriel invade a área celeste, perseguido por Bruno Rodrigo, que cede escanteio, com um carrinho perfeito.

11. MARCELO MORENO, com 4 gols, é o artilheiro do Cruzeiro na CB 2014.

12. Everton Ribeiro puxa contrataque, aciona Marcelo Moreno, que tenta colocar a bola na área do Peixe. Dracena corta.

13. LOUCURA. Cruzeiro não quer nem saber. Ataca furiosamente e deixa espaços pro contrataque santista.

14. Cicinho tenta atacar pela direita, mas deixa bola escapar pela lateral.

15. Marcelo Moreno tabela com Everton Ribeiro, ataque para em Edu Dracena na meialua da área peixeira.

16. Lucas Lima consegue um passe pra Gabriel dentro da área celeste. Bola sai forte, Fábio fica com ela.

17. JUÍZO. Cruzeiro passa a marcar em sua intermediária.

18. Everton Ribeiro cruza da direita, Willian chega atrasado, bola sai do lado oposto.

19. Leo Simões desfaz jogada ofensiva do Santos e se manda. No meio do caminho, é travado por Alisson.

20. Alisson leva a pior na dividida com Leo Simões e recebe atendimento na cancha.

21. Briga intensa pela bola na intermediária celeste. Cruzeiro impede progressão do Santos.

22. Henrique puxa contrataque, aciona Goulart na direita. Meia opta por segurar a bola e o Santos se recompõe.

23. Lucas Silva passa o rodo em Gabriel na meiuca.

24. Uvini recua, Aranha dá um chutão, lateral pro Cruzeiro.

24’30″. PASSES ERRADOS: Santos 15×4.

25. Arouca desce a borduna em Ricardo Goulart na meiuca.

25’30″. Santos vai ao ataque. Robinho cruza da direita, Bruno Rrodrigo corta.

26. BOMBARDEIO santista, Leo Simões cede corner.

27. Bola disputada pelo alto na área celeste. Após vários cabeceios, Henrique limpa o pedaço.

28. Everton Ribeiro arranca da meiuca à área do Peixe e abre a jogada pra Egídio, que cruza da esquerda. Juiz marca toque de mão de Marcelo Moreno, na área santista.

29. Cruzeiro sai em contrataque, que Marcelo Moreno desperdiça devolvendo a bola pra Alisson.

30. Mena cruza da esquerda. Leo Simões corta pra escanteio.

31. Cruzeiro perdeu 10 partidas em 2014: 7 por 1 gol de diferença, 2 por 2 gols, 1 por 3 gols.

32. Mena cruza da esquerda, Leo Simões corta, santistas pedem pênalti. Não foi.

33. URUBU! No Mineirão, Fla 1×0 Franga.

34. COMPLÔ! Rildo recebe lançamento de Robinho, fica livre na cara do gol, espirra o taco, bola sai pela linha de fundo, Juiz marca escanteio equivocadamente.

35. Rildo recebe passe de Lucas Lima, fica na cara do gol, mas está impedido.

36. Arouca passa o rodo em Henrique, na meiuca.

37. Jogadinha do Cruzeiro na esquerda, bola volta pra Lucas Silva, que chuta de longe. Aranha defende, sem problemas.

38. Enderson Moreira reclama muito, Juiz mandou parar, caso contrário, será expulso.

39. Santos aperta cerco, Cruzeiro se defende com firmeza.

40. AMARELO. Willian por entrada forte em Cicinho.

41. Mena leva chute involuntário de Goulart e recebe atendimento fora de campo.

42. 36’30″. FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 4×3.

43. AMARELO. Rildo para arrancada de Egídio com um empurrão.

44. Egídio cruza da esquerda, Aranha tira com os punhos.

45. PÊNALTI. Gabriel deixa Ceará pra trás e cruza rasteiro. Fábio defende parcialmente, Rildo chega antes de Leo Simões e é empurrado pelo beque, na pequena área celeste.

45’30″. LEONARDO GACIBA, comentarista de arbitragem da TV Globo: “Não consigo ver esse empurrão deliberado do Leo.  Ele não impede que o Rildo chegue na bola. Eu não marcaria esta penalidade.”

45+1. GOL. Gabriel cobra rasteiro, no canto esquerdo, Fábio salta pro lado direito. SANTOS 2×1.

45+2. AMARELO. Egídio, por reclamação.

45+3. FIM de 1º tempo. Jogadores do Cruzeiro cercam juiz.

RICARDO GOULART, meia do Cruzeiro: “Não foi pênalti. O Juiz estava perdido no lance”

EDU DRACENA, beque do Santos: “Gabriel é um grande batedor. Teve tranquilidade. Vamos buscar no 2º tempo.”

MARCELO MORENO, centroavante do Cruzeiro: “Um gol que não esperávamos, estamos fazendo uma partida boa. Um lance desse prejudica bastante o futebol lindo que estamos mostrando hoje. Vamos tentar fazer o gol no 2º tempo.”

ROBINHO, atacante do Santos: “Estamos jogando muito bem e pressionando, mas tem de ter atenção e atacar sem dar espaço. Tomara que no 2º tempo a gente consiga fazer o gol da classificação.”

INTERVALO

23h08. TIMES voltam a campo, com mudanças.

00. TROCAS: Egídio x Samudio; Mena x Caju.

23h11. COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.

46. Cruzeiro começa um ataque pela direita, Caju cede lateral, que Ceará cobra jogando bola na área. O lance prossegue e Willian acaba desarmado na pontesquerda.

47. Cruzeiro pressiona no recomeço da partida.

48. DIVIDIDA entre Everton Ribeiro e Rildo. Ambos caem.

49. MÉDICOS em campo. Jogadores recuperados.

50. Triangulação celeste na entrada da área do Santos, bola acaba nas mãos de Aranha.

51. Cicinho recebe passe de Robinho, fica com carreirão aberto na meiadestra, mas chuta mal, alto, pra fora.

52. Rildo recebe bola na área celeste e cruza da direita. Fábio cede corner. Na cobrança, Fábio tira em dois tempos e Leo Simões limpa a área.

53. Santos, de novo, na área celeste. Bruno Rodrigo limpa o pedaço.

54. CHUVA forte.

55. Everton Ribeiro manca.

56. PÚBLICO: 11.952 pagantes, R$444.760, média R$37. Nas bilheterias, form vendidos 10.300 ingressos. Os 5.000 restantes eram dos associados. Mas só 1.652 compareceram à Vila Belmiro.

57. Edu Dracena desfaz trama celeste na entrada da área peixeira.

57’30″. Willian invade área santista, Dracena não permite a finalização.

58. GOL. Santos contrataca, Bruno Rodrigo escorrega, Robinho abre pra Lucas, que cruza da direita. Rildo aparece livre na área e só empurra a bola pra rede. SANTOS 2×1.

59. Robinho, com dores na coxa, sai no carromaca.

60. TROCA. Robinho x Jorge Eduardo.

61, Everton Ribeiro não dá mais conta de jogar. JB vem aí.

61. Cruzeiro desanimado.

62. Everton Ribeiro faz boa jogada e põe a bola na área, Willian não consegue nada com a marcação em cima.

63. TROCA: Everton Ribeiro x Júlio Baptista.

64. Samudio tenta tabela com Júlio Baptista, bola sai pra lateral.

65. AMARELO. Lucas Silva, por derrubar Lucas Lima.

66. Bola na área celeste, Samudio corta de cabeça.

67. CHOCHO. Cruzeiro não pressiona como a ocasião exige.

68. Robinho, na beira do campo, incentiva seu time.

69. Mais uma bola alta na área celeste. Ceará corta.

70. Ricardo Goulart disputa com Caju e ganha lateral na pontadestra. Ceará cobra, Uvini corta, na área peixeira.

71. BOCA DE BODE. Santos fechadaço na defesa. Cruzeiro, devagar, não ameaça a vantagem do time local.

72. Alisson caído, jogo parado.

73. Alisson volta a campo, mas não está bem.

74. URUBU contra as cordas. AtléticoMG vira no Mineirão: 3×1.

75. Jorge Eduardo ataca pela direita e consegue um corner.

76. AMARELO. Lucas Lima, por fazer cera na cobrança de corner.

77. Marcelo Moreno arremata de bicicleta, bola sai sem direção, nem perigo pra Aranha.

78. Ceará tenta construir jogada pela direita com Goulart, mas a defesa santista desfaz o lance.

79. URUBU depenado. Franga faz 4×1, no Mineirão, e vai às finais da CB 2pela primeira vez.

80. Cruzeiro joga lentamente, não consegue sequer chutar uma bola em gol.

81. TROCA. Alisson x Renato.

82. GOL. Bola lançada na área santista bate nas costas de Bruno Uvini e sobra pra Willian, que penetra e chuta rasteiro na saída de Aranha. CRUZEIRO 2×3.

83. Moreno disputa com Dracena na pontadestra, tenta, mas não consegue prender a bola.

84. Lucas Lima faz boa jogada pela direita e consegue um corner. Na cobrança, Henrique corta.

84’30″. Lucas Lima cobra corner pela direita, Uvini cabeceia, Fábio defende.

85. Moreno se choca com Cicinho e aproveita pra fazer cera.

85’30″. Leo Simões espana na entrada da área, após lançamento de Renato pra Gabriel.

86. FIM de jogo no Mineirão: Franga finaliza Urubu: 4×1.

87. Ceará avança pela direita e cruza. Dracena escorrega, mas tira bola da área santista.

88. Fábio, com os punhos, corta bola de falta cobrada por Lucas Lima na esquerda.

89. AMARELO. Fábio, por cera.

90. Bruno Rodrigo erra passe na defesa, Santos ataca, Leo Simões corta.

91. Lucas Silva, na meialua, dá um bico pra tirar a bola da zona do agrão.

92. Jorge Eduardo cruza da pontadestra, Fábio defende pelo alto.

93. Henrique divide com Renato na meiuca e dá um bico pra frente.

94. Jorge Eduardo joga bola na área celeste, Leo Simões corta.

94’30″. Bola pula de cabeça em cabeça na área celeste.

94’45″. Renato tenta acionar Gabriel, defesa celeste corta.

95. GOL. Marcelo Moreno estica bola pra Ricardo Goulart, que dribla Bruno Uvini e rola pra Willian. Sozinho, o Bigode avança e toca rasteiro no canto esquerdo de Aranha. CRUZEIRO 3×3.

96. FIM de jogo. Cruzeiro é finalista da Copa do Brasil pela 6ª vez. Torcida do Santos aplaude seu time. Jogadores do Cruzeiro se ajoelham em roda no meio da cancha pra agradecerem aos céus a classificação.

MELHOR DO JOGO, segundo comentaristas do PHD: Willian [40], Henrique [22], Marcelo Moreno [2], Leo Simões [1], Ceará [1], Gabriel [1], Robinho [1].

MARCELO MORENO, centroavante do Cruzeiro: “A final vai parar Minas Gerais e o Brasil inteiro vai querer ver. Clássico não tem favorito, temos de pensar com calma nos jogos que vamos ter.”

WILLIAN, atacante do Cruzeiro:  “Muitos falaram que a gente não tinha esse ‘tchan’ pra matamata. Precisávamos mostrar que tínhamos condições. Temos um grupo extraordinário. Isso aqui não acontece por acaso. Fico muito feliz. Meu pai está presente e sabe da luta que sempre passamos, sempre me apoiando, vindo me prestigiar aqui. Dedico a ele esse gol, à minha mãe, minha esposa, minhas filhas. Foi um jogo brilhante!”.

ROBINHO, atacante do Santos: “Senti um pouco a coxa, saio triste por não ter classificado pra final. Por outro lado, orgulhoso pelos meus companheiros. Não conseguimos chegar até a final, mas a torcida aplaudiu porque viu um time guerreiro, que lutou”.

SANTOS 3×3 CRUZEIRO, quarta-feira, 05nov14, 22h. TEMPO chuvoso, temperatura 19º, vento 6 Km/h, umidade 100%. LOCAL: Vila Belmiro (16 mil), Santos. MOTIVO: jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil 2014. TRANSMISSÃO: Globo, SporTV, ESPNdoB, Fox. PÚBLICO: 11.952 pagantes, R$444.760, média R$37. ARBITRAGEM: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA/AspFifa), juiz; Bruno Boschilia (PR-Fifa), e Cleriston Clay Barreto Rios (SE/Fifa), bandeiras; Marcelo Aparecido de Souza (SP), 4ºA; Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC) e Antonio Denival de Morais (PR), adicionais; Wilson Luiz Seneme (SP), delegado. Marcio Verri Brandão (SP), assessor. AMARELOS: Rildo e Lucas Lima (S); Willian, Egídio e Lucas Silva (C). GOLS: Robinho, 1, Marcelo Moreno, 7, Gabriel, pênalti, 45+2, Rildo, 58, Willian, 82 e 95. SANTOS: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Bruno Uvini e Mena; Alison (Renato), Arouca e Lucas Lima; Rildo, Gabriel e Robinho (Jorge Eduardo). T: Enderson Moreira. CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé (Bruno Rodrigo), Leo Simões e Egídio (Samudio); Henrique e Lucas Silva; Everton Ribeiro (Júlio Baptista), Ricardo Goulart e Willian; Marcelo Moreno. T: Marcelo Oliveira. HISTÓRICO: Foi o 69º Cruzeiro x Santos. O Cruzeiro venceu 24, empatou 20, perdeu 25; marcou 105 gols e levou 117. Pelo Campeonato Brasileiro, foram 49 partidas. O Cruzeiro venceu 20, empatou 16, perdeu 19; marcou 80 gols e sofreu 85. Nas duas vezes em que decidiram um título brasileiro, o Cruzeiro levou a melhor. Em 1966, o time de Tostão Dirceu e Piazza massacrou o Santos de Pelé, Zito e Carlos Alberto Torres por 6×2 no Mineirão e 3×2 no Pacaembu. Em 2003, sob o comando de Alex, o Cruzeiro colocou 13 pontos de frente sobre seu rival após vencer pro 3×0, no Mineirão, em uma espécie de final antecipada do primeiro campeonato brasileiro de pontos corridos.

Cruzeiro 1×0 Santos: A vantagem é azul

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

CRUZEIRO contra o Santos, no Mineirão, jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil 2014, às 22h de 29out14.

AUSENTES no Cruzeiro: Marquinhos, por ter jogado pelo Vitória na competição, Alisson, Tinga, Borges, Samudio, Alex, Alan, Rafael Monteiro, lesionados.

BANCO  do Cruzeiro: Elisson (G), Ceará (L), Bruno Rodrigo (B), Willian Farias, Nilton (V), Marlone (M), Dagoberto, Marcelo Moreno, Neilton (A).

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “Marcelo sentiu dores musculares. Ele se dispôs a ficar no banco e, caso haja necessidade, vamos usá-lo por menos tempo, correndo menos risco de lesão. Acreditamos no Júlio Baptista.”

AUSENTES no Santos: Thiago Ribeiro, doente, Geuvânio, lesionado.

BANCO do Santos: Vladimir, Bruno Uvini, Caju, Serginho, Jorge Eduardo, Alan Santos, Renato, Patito Rodriguez, Leandro Damião

ENDERSON MOREIRA, técnico do Santos: “Temos de ser eficientes num jogo decisivo como este.”

TRANSMISSÃO: ESPNdoB, com narração do cruzeirense Cledir Oliveira, comentários do palmeirense Paulo Vinícius Coelho e reportagens do sãopaulino André Plihal.

21h55. TIMES em campo. Cruzeiro, com uniforme tradicional; Santos, com camisas de listras verticais pretas e brancas, calções e meias pretas.

22h COMEÇA o jogo. Cruzeiro à direita das tribunas, dá a saída.

01. PÚBLICO não ocupa nem metade das cadeiras do Mineirão.

02. Cruzeiro venceu apenas um jogo nos últimos cinco.

03. ORGANIZADAS do Cruzeiro presentes: FanatiCruz, Geral Celeste, Sangue Azul, Rapozama, FA Lavras, Jovem, Motozeiros, Cachazeiros, China Azul. Máfia Azul e Pavilhão Independente continuam proibidas de exibirem suas faixas no estádio.

04. Julio Baptista tabela com Everton Ribeiro na entrada da área, mas lance não evolui.

05. QUASE. Everton Ribeiro cobra corner pela esquerda, Aranha tira de soco, Leo Simões pega o rebote e chuta, de chapa, pra fora.

06. Ricardo Goulart é travado ao chutar a gol. Escanteio na pontadestra celeste.

07. Mayke lança Julio Baptista na direita da área santista, Aranha sai e fica com a bola.

08. Cruzeiro tem amplo domínio da partida.

09. Lucas Silva chuta de longe, bola explode em Alisson.

10. Júlio Baptista pressiona Aranha, que se livra da bola com um chutão.

11. GOL. Willian chuta cruzado, da direita, Deivid Braz rebate, Willian volta a chutar, desta vez de chapa com a destra. Bola entra à direita de Aranha, que voa, mas não chega a tempo. CRUZEIRO 1×0.

12. FESTA gigantesca da torcida celeste.

13. Com dores nas costelas, Willian sai de campo pra ser atendido.

14. Willian volta a campo.

15. Everton Ribeiro segura a bola na direita, chuta em cima de Arouca e ganha lateral.

16. FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 4×0.

17. Rildo recebe bola na esquerda, passa a Arouca, Dedé se antecipa e cede corner.

18. QUASE. Contrataque do Cruzeiro. Júlio Baptista não consegue finalizar.

19. Santos ameaça sair pro jogo. Cruzeiro ganha espaços pro contrataque.

20. Cruzeiro trabalha a bola em frente à área do Peixe, mas não consegue concluir a jogada.

21. Santos confuso, Cruzeiro tem mais volume de jogo.

21’30”. Leo Simões e Dedé trocam passes na meiuca, sem pressa.

22. Everon Ribeiro e Ricardo Goulart tabelam, mas não conseguem o arremate.

23. Robinho recupera bola na defesa, tenta puxar contrataque, Henrique não permite.

24. Everton Ribeiro cruza de biquinho, da esquerda da área santista, e quase encobre Aranha, que acompanha a bola tenso.

25. POSSE DE BOLA; Cruzeiro, 61%.

26. MARCBSB, no PHD: “Vinte e cinco minutos perfeitos do Cruzeiro. Joga e não deixa jogar. Que diferença faz quando o William resolve jogar. Não só pelo gol. JBtambém  está muito participativo.”

27. DESARMES: Cruzeiro 9×2.

28. FALTOU CANCHA. Lucas Lima toca na linha de fundo pra Cicinho, que sai com bola e tudo.

29. Lucas Lima avança com a bola dominada pela intermediária ofensiva, tenta driblar Leo Simões, mas é desarmado.

30. FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 4×0.

30’30”. PREOCUPAÇÃO.  Willian continua sentindo dores nas costelas.

31. Lucas Lima tenta driblar Leo, na pontadestra, mas é desarmado e comete falta.

32. Lucas Lima abusa das jogadas individuais. Jogadores celestes optam pelo jogo coletivo.

33. Dagoberto no aquecimento. Willian deve sair.

34. Robinho recebe falta de Henrique, próximo à área celeste, fora do lance de bola.

35. Lucas Lima cobra a falta e acerta Júlio Baptista, na barreira

36. Júlio Baptista sente a bolada no rosto, mas não sai de campo.

37. POSSE DE BOLA: Cruzeiro, 66%.

38. David Braz faz lançamento longo, Cicinho, na pontadestra, não alcança a bola.

39. Robinho domina mal na esquerda, bola fica com a defesa celeste.

40. David Braz faz nova ligação direta. Defesa celeste corta.

41. FAIL. Santos já fez 16 lançamentos errados.

42. CALMA, GAROTO! Mayke chega afobado e derruba Lucas Lima. Juiz economiza o cartão amarelo.

43. Robinho volta pra buscar jogo, mas não criatividade o suficiente pra fazer seu time jogar.

44. Leo Simões se atira na bola pcede evitar cruzamento de Cicinho e cede escanteio.

45. Leo Simões, com atuação perfeita, é o nome do jogo.

45+1. FIM de 1º tempo. Cruzeiro “estraçaiou”.

INTERVALO

23h05 COMEÇA o 2º tempo. Santos dá a saída.

46. Time vltaram sem modificações.

47. Duelo retorna embolado no meio-campo

48. Sequência de passes errados de lado a lado tornam o jogo feio nesta segunda etapa

49. QUASE. Everton Ribeiro cobra escanteio, Henrique cabeceia, bola passa por cima do travessão. 50. QUASE. Gabriel cruza da esquerda, Lucas Lima pega de prima, pra fora.

51. Primeiro Rildo, depois Cicinho tentam a sorte pela direita de ataque, mas não avançam no lance

52. ANULADO. Júlio Baptista chuta, Aranha dá rebote, Ricardo Goulart empurra bola pra a rede, mas bandeirinha Rodrigo Joia marca impedimento, equivocadamente.

53. Erro da arbitragem,. Não havia impedimento no lance.

54. QUASE. Rildo cruza rasteiro, defesa celeste não consegue cortar, Robinho, com o gol à disposição, chuta pra fora.

55. AMARELO. Mena.

55’30”.  Torcida celeste continua xingando o combo de arbitragem pelo gol anulado.

56. Rildo cruza da direita, mas não encontra ninguém na área.

57. Santos equilibrou o jogo.

58. POSSE DE BOLA: Cruzeiro, 57%.

59. FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 6×3.

60. URUBU! Victor Cáceres, de cabeça, faz Flamengo 1×0 AtléticoMG, no Maracanã, na outra semifinal. No Mineirão, torcida celeste vibra.

60’30”. CRUZAMENTOS: Cruzeiro 8×5.

61. Cicinho recebe falta de Júlio Baptista, próximo à área celeste.

62. Lucas Lima coloca bola na área celeste, Leo Simões rebate.

63. TROCA: Willian x Dagoberto

64. TROCA: Gabriel x Serginho.

65. Ricardo Goulart cruza da direita, muito fechado, Aranha encaixa.

66. Everton Ribeiro derrubado por Serginho, no bico direito da área santista.

67. Everton Ribeiro cobra falta, bola faz curva, sobe muito e sai à direita de Aranha.

68. Mayke tenta entrar na área santista pelo miolo, Serginho faz o desarme.

69. Serginho encara Mayke, mas rola pra mena que faz a ultrapassagem e cruza da linha de fundo, pela esquerda. Bola sobe muito, Fábio defende.

70. DESARMES: Cruzeiro 26×6.

70’30”. Santos ataca, torcida peixeira canta alto.

71. Marcelo Moreno recebe instruções de Marcelo Oliveira.

72. Arouca recebe lançamento, entra na área celeste, pela direita, mas chuta alto, pra fora.

73. TROCA: Júlio Baptista x Marcelo Moreno.

73. Rildo recebe passe na direita, avança, Leo corre atrás dele e cede corner.

74. TROCA: Rildo x Jorge Eduardo.

75. Robinho rola pra Jorge Eduardo, que cruza da direita. Alison, sem marcação, pega de prima, bola passa rente ao travessão.

75’30″. Marcelo Oliveira se emputece com a falha de marcação da defesa e grita muito à beira do gramado.

76. Robinho disputa com Henrique e deixa o braço. Volante cai, mas logo se levanta.

77. TROCA. Everton Ribeiro x Marlone.

78. URUBU! Chicão, de pênalti, faz Fla 2×0 Frangas, no Maracanã. Torcida celeste vibra.

79. Leo Simões pra Dedé, que enfia o pé na bola, de sua intermediária pra do Peixe.

79’30″. Marlone entra na área santista, pela direita. Mena o persegue e cede escanteio, com um carrinho.

80. Dagoberto cobra corner pela direita, defesa do Peixe rebate.

81. Leandro Damião vem aí. Bequeira celeste terá de ficar atento às chuveiradas.

82. TROCA. Robinho x Leandro Damião.

83. Dagoberto dá combate e impede Lucas Lima de armar ataque do Santos.

83. “VAMOS, GOULART!” Marcelo Oliveira joga com o time.

84. Dagoberto passa por Mena, na direita, corta pro meio, e chuta, de fora da área. Aranha encaixa.

85. Dagoberto joga pela direita, Ricardo Goulart, pela esquerda, Marlone, centralizado.

85’30″. AMARELO. Edu Dracena, por agarrar Marcelo Moreno, na lateral direita do Peixe.

86. Dagoberto cobra falta, Aranha tira com os punhos, Marlone pega rebote de prima, bola ricocheteia na defesa e sai da área do Peixe.

87. Jorge Eduardo cruza rasteiro, da direita. Fábio se joga aos pés de Damião e defende.

87’30”. PÚBLICO: 25.714 pagantes, 27.220 presentes, R$1.029.363, média R$38.

88. Marlone tenta jogada individual, Cicinho faz o desarme, torcida celeste chia com seu jogador.

89. Henrique desarma Lucas Lima, na intermediária celeste, e sai pro ataque.

89’30″. Leandro Damião recebe na área celeste, mas não cosegue o arremate porque Egídio aparece pra desarmá-lo.

90. Mayke cruza da direita, Goulart chega atrasado, Dagoberto cruza da esquerda, Goulart e Moreno não alcançam.

91. Cruzeiro prende a bola na meiuca.

91’30″. Mayke fa ótimo cruzamento pela direita, Dagoberto chega batendo de prima, Cicinho, na pequena área, corta pra escanteio.

92. TENSÃO. Marcelo Oliveira e Enderson Moreia estão doidos na beira do campo.

93. FIM de jogo. Vitória merecida, embora magra, do Cruzeiro.

NÚMEROS: Posse de bola: Cruzeiro, 53%. Desarmes: Cruzeiro 33×13. Finalizações: 7×7. Passes: Cruzeiro 340×318. Cruzamentos: Cruzeiro 14×12. Faltas: Santos 20×17. Impedimentos: Cruzeiro 3×1. Escanteios: Cruzeiro 6×5.

MELHOR DO JOGO, segundo comentaristas do PHD: Leo Simões [29], Willian [18], Henrique [9], Everton Ribeiro [1], Mayke [1], Dedé [1], Júlio Baptista [1], Egídio [1].

WILLIAN, atacante do Cruzeiro: “Foi um gol importantíssimo. Espero que a gente faça um jogo inteligente na próxima quarta-feira pra conseguir a classificação pra final.”

ROBINHO, atacante do Santos: “No 2º tempo, jogamos como se deve jogar. Nosso 1º tempo foi muito abaix do normal. Por um detalhe deixamos de fazer o gol, mas perder de 1×0 pro Cruzeiro, fora de casa, não é um mau resultado.”

CRUZEIRO 1×0  SANTOS, quarta-feira, 29ou14, 22h. TEMPO nublado, temperatura 23º, vento 10 Km/h, umidade 70%. LOCAL: Mineirão (62 mil), Belo Horizonte. MOTIVO: jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil 2014. TRANSMISSÃO: ESPNdoB, Fox. PÚBLICO: 25.714 pagantes, 27.215 presentes, R$1.329.360, média R$38. ARBITRAGEM: Marcelo de Lima Henrique, Rodrigo Pereira Jóia) e Rodrigo Henrique Correa, trio carioca, Igor Junio Benevenuto (MG), 4º A; Leandro Pedro Vuaden  (RS/Fifa) e Anderson Daronco (RS?AspFifa), adicionais; Antonio Pereira da Silva (GO), assessor; Alicio Pena Junior (MG), delegado. AMARELOS: Mena, Dracena (S). GOL: Willian, 11. CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Dedé, Leo Simões e Egídio; Henrique e Lucas Silva; Everton Ribeiro (Marlone), Ricardo Goulart e Willian (Dagoberto); Júlio Baptista (Marcelo Moreno). T: Marcelo Oliveira. SANTOS: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Mena; Alison, Arouca e Lucas Lima; Rildo (Jorge Eduardo), Gabriel (Serginho) e Robinho (Leandro Damião). T: Enderson Moreira. HISTÓRICO: Foi o 68º Cruzeiro e Santos. O Cruzeiro venceu 24, empatou 19, perdeu 25; marcou 102 gols e levou 114. Pelo Campeonato Brasileiro, foram 49 partidas. O Cruzeiro venceu 20, empatou 16, perdeu 19; marcou 80 gols e sofreu 85. Nas duas vezes em que decidiram um título brasileiro, o Cruzeiro levou a melhor. Em 1966, o time de Tostão Dirceu e Piazza massacrou o Santos de Pelé, Zito e Carlos Alberto Torres por 6×2 no Mineirão e 3×2 no Pacaembu. Em 2003, sob o comando de Alex, o Cruzeiro colocou 13 pontos de frente sobre seu rival após vencer pro 3×0, no Mineirão, em uma espécie de final antecipada do primeiro campeonato brasileiro de pontos corridos.

Nesta quarta, tem Cruzeiro no Mineirão

terça-feira, 28 de outubro de 2014

CRUZEIRO contra Santos, nesta quarta, 29out14, às 22h, no Mineirão, Belo Horizonte, jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil 2014.

RELACIONADOS no Cruzeiro: Fábio, Elisson (G), Ceará, Mayke, Egidio (L), Bruno Rodrigo, Dedé, Leo Simões (B), Henrique, Lucas Silva, Willian Farias, Nilton (V), Everton Ribeiro, Julio Baptista, Marlone, Ricardo Goulart (M), Dagoberto, Marcelo Moreno, Neilton, Willian (A).

GORÓ. Nesta quarta-feira (29), o Sócio do Futebol terá desconto de R$0,40 em cada latão de Brahma do Cruzeiro. A promoção é válida pra compras no Supermercados BH, Super Nosso e Carrefour. (Site do Cruzeiro)

SEM CONTUSÃO ADMINISTRATIVA. Marcelo Moreno se ausentou do treino na Toca da Raposa II, na tarde desta terça-feira, para se submeter a exame na coxa esquerda. Ele se queixara de dores no local no treino de segunda. O exame não apontou lesão alguma. O boliviano já marcou 42 gols com a  azulestrelada, sendo o segundo maior goleador estrangeiro do clube, ficando atrás somente do espanhol Fernando Carazo, que anotou 44 tentos. (Site Cruzeiro)

HISTÓRICO: Cruzeiro e Santos já se enfrentaram 67 vezes. O Cruzeiro venceu 23, empatou 19, perdeu 25; marcou 101 gols e levou 114. Pelo Campeonato Brasileiro, foram 49 partidas. O Cruzeiro venceu 20, empatou 16, perdeu 19; marcou 80 gols e sofreu 85. Nas duas vezes em que decidiram um título brasileiro, o Cruzeiro levou a melhor. Em 1966, o time de Tostão Dirceu e Piazza massacrou o Santos de Pelé, Zito e Carlos Alberto Torres por 6×2 no Mineirão e 3×2 no Pacaembu. Em 2003, sob o comando de Alex, o Cruzeiro colocou 13 pontos de frente sobre seu rival após vencer pro 3×0, no Mineirão, em uma espécie de final antecipada do primeiro campeonato brasileiro de pontos corridos.

PALPITE. Não tenho. Vc tem, caro leitor?