Arquivo da Categoria ‘Brasileirão’

Aconteceu em 2003: Criciúma 1×3 Cruzeiro

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Em 2003, foi assim:

  • CRICIÚMA 1×3 CRUZEIRO, domingo, 05set3, 18h. LOCAL: Heriberto Hulse (23 mil), Criciúma. MOTIVO: 34º rodada do Campeonato Brasileiro 2013. PÚBLICO: 14.367 pagantes, 15.849 presentes, R$16.843. JUIZ: Edílson Soares da Silva (RJ). AMARELOS: Leonardo (Cri), Felipe Melo (Cru). GOLS: Leonardo, 44, Marcinho, 60, Aristizábal, 81,  Marcinho, 90. CRICIÚMA: Fabiano Borges, Leo Mineiro, Leo Oliveira e Luciano; Paulo Baier, Cléber Gaúcho, Cléber (Paulo César), Dejair e Alonso; Leonardo (Guilherme) e Tico (Thiago Freitas). T: Gílson Kleina. CRUZEIRO: Gomes, Maurinho, Cris, Edu Dracena e Leandro; Augusto Recife (Marcinho), Maldonado e Wendel (Felipe Melo); Zinho; Márcio Nobre (Mota) e Aristizábal. T: Wanderley Luxemburgo.

O destaque da partida foi Wanderley Luxemburgo. Por quê?

É muita ausência pra tanta exigência

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Médias dos campeões de público dos campeonatos brasieliros entre 1972 e 2010:

  • 1972 Corintiãs 40.719
  • 1973 Fla 33.660
  • 1974 Vasco 36 619    (mais…)

Taça Brasil 1966, Santos 2×3 Cruzeiro: Campeão brasileiro!

sexta-feira, 25 de março de 2011

Cruzeiro, campeão brasileiro de 1966.

Para sempre, Academia Celeste!

Sob pressão

Chuva forte, campo enlameado, poças d’água por todos os lados. Mais experiente, o Santos tratou de lançar bolas longas sobre a área do Cruzeiro para Pelé e Toninho forçarem os erros de William e Procópio.

Para não perder o meio de campo, Lula escalou Amauri no lugar de Dorval. Sua missão era ajudar Zito e Mengálvio a parar Tostão e Dirceu. E Piazza, que havia anulado o Rei no jogo de ida, sem poder recuar demais para não abrir brechas no meio de campo, ficou inoperante no começo do 1º tempo.

(mais…)

Taça Brasil 1966: Cruzeiro 6×2 Santos. Inesquecível!

quarta-feira, 23 de março de 2011

Os novos reis do futebol vestiam azul

Após 22 partidas pelo Campeonato Mineiro de 1965 e 6 pela Taça Brasil 1966, o Cruzeiro começou a escrever, naquele 30nov66, a página mais heróica de sua existência. Pela primeira vez, um clube mineiro podia sagrar-se campeão brasileiro.

A demolição da velha ordem do futebol brasileiro fora iniciada pelo Esporte Clube Bahia que, em março de 1960, tornou-se o primeiro campeão brasileiro de clubes ao vencer o Santos no Maracanã.

(mais…)

Abriram o envelope. E agora?

sexta-feira, 11 de março de 2011

O C13 abriu os envelopes da licitação para a transmissão do Campeonato Brasileiro para o triênio 2012/14.

Ou melhor, abriu o envelope, pois SBT e Band e nem se deram ao trabalho de responder à carta-convite e Globo e Record optaram pela negociação direta com os clubes.

Quem apareceu foi a RedeTV, que arrematou o lote cpor R$516 milhões / ano, quase o mínimo exigido.

(mais…)

CBF não é mais instância jurídica

quarta-feira, 2 de março de 2011

A CBF estava certa. Antes de estar errada, é claro.

O Sport é o único campeão brasileiro de 1987, conforme sempre disse Ricardo Teixeira, antes de mudar de opinião e dividir o título entre o Leão e o Urubu.

(mais…)

Quem vai transmitir?

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Deu na Folha de S. Paulo

Na última reunião da rede com o Clube dos 13, entidade que negocia o campeonato, na semana passada, a Globo pediu que se levasse em conta não só as propostas financeiras das emissoras, como também a experiência na transmissão do Brasileirão. 

(mais…)

Taça Brasil de 1966: Fluminense 1×3 Cruzeiro

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

O Rio aos pés da Academia

Invasão cruzeirense

A torcida cruzeirense fretou dezenas de ônibus para acompanhar o time. Milhares de mineiros moradores do Rio também foram ao jogo.

Torcedores de Botafogo, Vasco e Flamengo engrossaram o coro da torcida celeste. O Cruzeiro dividiu o Maracanã com o Fluminense.

(mais…)

Taça Brasil 1966: Cruzeiro 1×0 Fluminense

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Meio minuto foi mais do que suficiente

Por que não o Flamengo?

Diferentemente dos demais estados, o Rio de Janeiro, então cidade-estado, indicava o Campeão da Taça Guanabara –criada para festejar o IV Centenário da Cidade Maravilhosa, em 1965- e não o campeão estadual para a Taça Brasil.

Assim, o Fluminense, campeão estadual de 1964 e não o Flamengo, campeão de 1965, representou o Estado na 8ª edição do certame nacional de clubes.

(mais…)

Taça Brasil 1966: Cruzeiro 2×1 Grêmio

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Marco Antônio fez um gol e meio

Acidente

Na sexta-feira anterior ao jogo, um caminhão bateu no Fusca dirigido por Wilson Piazza. O centromédio foi atirado a 5 metros do carro na pista da Avenida Antônio Carlos.

Zé Carlos e Tonho escaparam ilesos. Aírton Moreira sofreu pequenas lesões. O carro virou ferro-velho e a diretoria prometeu outro ao Capitão.

Mesmo sem condições ideais, Piazza jogou. E como!

(mais…)